Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Guia: os melhores festivais de música do mundo em 2019

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de January, 2019

Share

A parte mais bacana de fazer este guia de festivais de música é a pesquisa que ele envolve. Fico debruçada nela pelo menos duas semanas para saber o que está acontecendo no mundo dos festivais, quais são as tendências, as novidades e em qual direção as pessoas e os festivais estão indo. Ele estará em constante atualização, já que muitos festivais confirmam suas agendas com poucos meses de antecedência e surgem outros que não dá para ficar de fora. Então fica de olho sempre.

Produzir o guia faz eu perceber também a mudança no meu gosto pessoal por festivais. Dos grandes para os menores, dos tradicionais para os experimentais, dos ensolarados para os mais soturnos. Isso acaba respingando no resultado final do guia, pois por mais que eu tente me distanciar um pouco do que eu gosto, o guia acaba sendo um reflexo das minhas preferências. Mas enfim, é disso também que se trata a curadoria.

Vocês irão notar mais festivais com vocação transformadora, ou seja, festivais em que a música está presente, mas ela não é a única estrela. São festivais que trazem reflexões e incrementam o lineup com outras atividades, como yoga, workshops, comida orgânica. Também tenho me interessado bastante por festivais mais experimentais, que têm crescido bastante. É neles que percebo as tendências mais latentes do futuro da música e das artes. E, finalmente, uma preocupação maior na equidade nos line-ups. O Primavera Sound, por exemplo, tem mais de 50% de mulheres dominando a lista de artistas.

Algumas tendências percebidas ao longo da produção do guia (a maioria já óbvia):

1) Festivais de música experimental aliado às artes visuais ganham cada vez mais espaço e fãs;
2) Festivais para celebrar a cultura de clubs surgindo cada vez mais;
3) Festivais cada vez mais segmentados e nos mais variados estilos (ex.: festival para revisitar a música clássica através da música eletrônica);
4) A arte não é mais cenográfica, ela é parte do lineup;
5) Festivais focados em família;
6) Festivais pequenos até 3 mil pessoas. Há festivais com várias edições no currículo, por exemplo, que querem um público inferior a mil pessoas, mesmo com demanda para triplicar de tamanho;
7) Festivais transformativos com a programação indo muito além da música (yoga, workshops, vivências, etc);
8) A comida é uma das estrelas dos festivais. Alguns levam chefs estrelados para oferecerem uma experiência completamente diferente das quais estamos acostumados;
9) Festivais sustentáveis, alguns totalmente vegetarianos, como o Way Out West, na Suécia;
10) Festivais sem patrocinadores/marcas participantes.

Os festivais Panorama (NYC), Festival Number 6 (País de Gales), UVA (Espanha) não vão ter edições em 2019. Já o Outlook se despede de sua bela locação, o Fort Punta Christo.

Enjoy!

*foto destaque: Meadows in the Mountains por Aronimus Guy and Jack Pasco. 

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de January, 2019

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

Comentários

  • Faltou no mês de Junho 2019 o Tropical Burning Man Natal Brasil
    - Fabio
    • sim, é que vou fazer um só do Brasil (a gente já até escreveu sobre o Tropical Burn aqui)... :)
      - Lalai Persson
  • Prezados, há festival de musica infantil?
    - Milene
    • No Rio tem o "Meu Primeiro Festival", que acontece em novembro, dedicado às crianças. O Lollapalooza Chicago tem um palco dedicado às crianças. Tem um outro que acontece na Inglaterra: https://www.campbestival.net/kids
      - Lalai Persson
  • Parabéns pelo apanhado!
    - delio
    • valeu!
      - Lalai Persson
  • Oi Lalai, que trabalho lindo esta lista!!! ??? O Bilbao BBK está com data de julho mas listado em agosto ;)
    - Mina
    • eita, corrigindo agora... :)
      - Lalai Persson
  • A mais completa seleção de festivais que já vi!!! Amamos o burning man e recomendamos muito apesar da logística surreal, vale cada minuto e centavo investidos!!! Arrasaram, como sempre <3
    - ThaFranklin
    • Opa, que bom que curtiu o guia. :) Quero muito ir no Burning Man esse ano. Vamos ver se vai rolar.
      - Lalai Persson
  • Em Julho rola o North Sea Jazz Festival, em Rotterdam, na Holanda. É uma experiência e tanto :)
    - Ramon Lopes
  • Em Julho rola o North Sea Jazz Festival, em Rotterdam, na Holanda. É uma experiência e tanto :)
    - Ramon Lopes
  • Parabéns, super legal dividido pelos meses ainda. Muitos festivais interessantes, pra todos os gostos. Não lembro se vi o rock in Rio Lisboa na lista, mas rola esse ano também.
    - Carla Salt
    • Sim, eu soube ontem sobre a edição Lisboa. Vou inclui-lo :)
      - Lalai Persson
  • Acho que em julho faltou um festival em Madri, o Mad Cool!
    - alessandra
    • na verdade faltam vários, né? valeu a dica.. .vou dar uma olhada, pois eu não conheço :)
      - Lalai Persson

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.