Amsterdã, a capital das bicicletas

Data

26 de November, 2014

Share

As opções de hotéis, b&b’s, quartos, Studios e apartamentos em Amsterdã beiram o infinito, então “peneiramos” as possibilidades com base no preço, localização, identidade e conforto. Por ser uma cidade pequena, basicamente todos os bairros de Amsterdã são legais e terão algo para oferecer, com destaque para o Centro (pela história, canais e de fácil acesso), o Westerpark (bairro hipster do momento) e o De Pijp (o bairro boêmio).

The Flying Pig (Uptown) – Preço de hostel e localização de hotel 5 estrelas: do lado do Vondelpark e a menos de 5 minutos do Leidseplein. Bem organizado e limpo para um hostel onde o perfil do hóspede é bem jovem. É possível alugar skate, bicicleta e armários individuais (dentro dos quartos mistos). Uma boa opção para quem viaja “on budget”. Endereço: Vossiusstraat 46/47, 1071 AJ

The Student Hotel City – Ótimo custo benefício. Apesar do hotel parecer ser uma grande república universitária, os quartos surpreendem pelo espaço e design. Tudo tem uma pitada de bom humor com frases e objetos espalhados por todos os cantos do prédio gigante que o abriga. Perfeito para quem está viajando e trabalhando ao mesmo tempo, pois o hotel conta com áreas de co-working, internet veloz e até estrutura para reuniões se precisar. O bairro não é tão central, mas o metrô fica na porta e o leva até o centro em 15 minutos, além de contar com vários restaurantes, cafés e bares super charmosos longe do burburinho turístico. Tem ar festeiro, mas o silêncio impera no quarto. Perfeito para quem está viajando “on budget”. Endereço: Wibautstraat 129, Amsterdã, 1091 GL.

O quarto modernoso do The Student Hotel. Foto: Divulgação

Winston Hotel & Club – Aqui o perfil do hóspede muda de mochileiro para “festeiro”, pois é um hotel e hostel anexado a um clube. A programação é ótima e isso atrai os locais, então acontece um mix muito interessante de pessoas. É super bem localizado (centro) e um bom lugar para fazer novas amizades. Detalhe: quem se hospeda nele não terá que pagar taxi para a (ou de volta da) balada. Endereço: Warmoesstraat 129, 1012 JA

BackStage Hotel  – é a versão Rockn’Roll do Winston. Fica estrategicamente localizado entre o Melkweg e a Paradiso (palcos obrigatórios para bandas antes que ainda não “estouraram” mas que têm grande potencial para tal). A proposta do Backstage é oferecer uma experiência de palco dentro do quarto do hóspede e por isso é um hotel preferido por muitas bandas ainda no momento pré-fama. É um hotel cheio de personalidade e vida, com um bar maneiríssimo. Endereço: Leidsegracht 114, 1016 CT

Acima fotos do Backstage Hotel abaixo do Winston
Acima fotos do Backstage Hotel, em baixo do Winston Hotel (Fotos: divulgacão)

Kimpton De Witt – Boa opção para quem busca por charme e luxo na medida certa sem deixar um rim na hora de pagar a conta. O hotel butique, recém-aberto (maio 2017), esbanja no design, conforto e serviços. Além de quartos espaços e camas de onde não queremos sair, a localização é ótima para quem quer ficar na região central da cidade. O hotel conta também com happy hour diário, onde acontece degustação de vinho por conta da casa, e empréstimos de bicicletas. Quer mais uma boa notícia? O hotel é pet friendly e tem até um anexo para ser alugado em grupo. Endereço: Nieuwezijds Voorburgwal 5, Amsterdam, 1012 RC.

Lobby Kimpton De Witt. Foto: Kimpton Hotels por Laure Joliet

Conscious Hotel (Museum Square) – o nome já diz tudo: um hotel consciente, que pensa no hóspede e no planeta. Detalhes como: a madeira utilizada na mobília é certificada, os produtos de limpeza são biodegradáveis e todos os ingredientes do café da manhã são orgânicos. Fica localizado no quarteirão dos museus e oferece uma visão diferente sobre o conceito de hospedagem, os quartos são confortáveis, de decoração leve, clara e minimalista. Endereço: Overtoom 519, 1054 LH.

Sir Adam Hotel – o hotel fica no lado norte da cidade, onde atualmente muita coisa boa acontece. A localização é estratégica, com o hotel posicionado exatamente atrás da Estação Central, do outro lado do canal. Uma balsa gratuita faz a travessia em cinco minutos. O hotel chama a atenção pela arquitetura e design, onde no topo tem um restaurante e um bar 360º graus. O Sir Adam Hotel tem a música como tema. No quarto livros, quadros e toca-discos com vinis disponíveis para compor sua própria trilha sonora. O lobby tem uma boa área para trabalhar, ótimo wi-fi e opções de cozinha americana. Endereço: Overhoeksplein 7, Amsterdã, Noord-Holland, 1031 KS.

O quarto do Sir Adam Hotel. Foto: Ola Persson

Faralda Crane – O mega guindaste portuário N.13, desativado em 1984 e que vimos deteriorar-se durante anos ao lado da estação Central, voltou a ativa em forma de um luxuoso hotel, de arquitetura extremamente relevante. O projeto assinado pelo arquiteto Edwin Kornmann Rudi resume o hotel a três suítes: uma localizada na engrenagem, mantendo a característica industrial, as outras duas suítes com paredes estruturais em forma de lâminas de vidro, permitindo uma visão panorâmica do grande canal (IJ). Para não dizer que hotel só tem 3 suítes, a 50 metro do nível do mar está uma jacuzzi também com vista panorâmica e no térreo, um estúdio de tv / música com 60m2 normalmente alugado para a produção de programas de TV, vídeo clips ou eventos. O hotel também oferece Bungee Jump, um salto de 90 metros de altura onde 10 é queda livre. Muito mais que um hotel, essa é uma experiência que aborda hospedagem de forma surpreendente. E claro, tem seu preço. $$$$$ Endereço: NDSM Plein 78, 1033 WB

Faralda Crane Hotel e Jacuzzi a 50 metros do solo
Faralda Crane Hotel com jacuzzi a 50 metros do solo (Fotos: Arquivo pessoal do proprietário e divulgação)

**Atenção: Quer uma dica quente para fazer suas hospedagens renderem? O hoteis.com tem o Programa Rewards, em que a cada dez noites, você ganha uma diária grátis no valor médio das dez noites acumuladas. Veja aqui como funciona.

Data

26 de November, 2014

Share

Assine nossa newsletter