Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

#HotHotel: O guindaste do Faralda Crane Hotel

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

23 de June, 2015

Share

Amsterdã, apesar de pequenina, é uma cidade com um número considerável de subculturas e umas das caras da cidade que mais me fascina é o movimento pró up-cycling que começa em pequenas iniciativas individuais e atinge o seu extremo em projetos como o  Faralda Crane Hotel.

Imagine só o que é se hospedar dentro de um guindaste construído em 1951, a 50 metros de altura, em uma das 3 suítes(!) decoradas individualmente, com vista rotativa (o guindaste muda de posição de acordo com a meteorologia)… Não consegue imaginar? Non preocupare, eu e a Lalai conferimos tudo e tentarei descrever a experiência incrível que é se hospedar em um guindaste.

Créditos: atlasandboots.com
Créditos: atlasandboots.com

A história 

Chegamos no Faralda e encontramos o Edwin Kornmann Rudi, sócio majoritário e realizador do projeto que transformou o guindaste em um hotel, alguém com bastante carisma e bom humor. Depois de um tour pelo guindaste com o diretor técnico, o Edwin nos recebeu para uma conversa e nos contou dos vários estágios que esse sonho teve que percorrer até virar realidade.

Photo 29-05-15 1 39 12 p.m.
Cada suíte é avaliada em 1M de euros. Foto: Priscilla Dieb

A história do Faralda Crane Hotel mereceu a nossa atenção: hoje o hotel faz parte do patrimônio industrial da cidade, posicionado como um dos mais ambiciosos projetos desenvolvidos no território holandês por ter sido, até hoje, a reconstrução mais cara e exótica dentro da categoria hotelaria do país. O hotel conseguiu ser erguido sem perder o estatuto mítico que o nome representa: uma homenagem à Faralda, uma beldade holandesa autora de inúmeras bem-feitorais nas colônias asiáticas no anos 50.

O hotel

O casco original precisou passar por uma reforma profunda com custos um “pouco” acima de 3 milhões de euros, financiados por 40 sócios, envolvendo mais de 100 empresas na restauração da fundação e estrutura. Perguntei ao Edwin se ele sabia disso antes de comprar o guindaste: “Claro que não!” (risos) foi a resposta.

Photo 29-05-15 1 40 22 p.m.
Banhada a ouro (literalmente). Foto: Priscilla Dieb

A 13 metros de altura está o estúdio profissional de TV e rádio, onde acontecem os eventos particulares (tipo Boiler Room…) e também onde o CoP foi recebido para um bate-papo sobre a história e as peculiaridades técnicas da estrutura do hotel. No andares de cima estão as suítes, acessíveis por elevador e no topo do guindaste (a 50 metros), está uma jacuzzi Villeroy & Boch ao ar livre. Uau! E de lá também é possível fazer Bungee Jump. Não fizemos, afinal já era emoção demais para um dia só.

Photo 29-05-15 1 50 46 p.m.
Foto: Priscilla Dieb

As suítes

No tour pelas suítes percebemos que a decoração interior, com as muitas peças autorais e únicas, ambientam e harmonizam a estrutura robusta de aço e concreto. Visitamos cada suíte individualmente e comprovamos a singularidade de cada tema… Sim, exclusividade é a característica mais marcante desse hotel que disponibiliza três suítes com características bem individuais.

The Mystique (45 m2)

Dormir sob um teto dourado… Nada mal!

Compilatie Mystique Suite No 1
Créditos: Denise Keus 2014

The Secret (40 m2)
Não é possível tirar os olhos da banheira “de ouro”(.)

Compilatie Secret Suite No 2
Créditos: Denise Keus 2014

The Free Spirit (35 m2)
Lindo o papel de parede (Edward van Vliet) e banheiro feito do latão de um antigo navio.

Compliatie Suite No 3 Free Spirit
Créditos: Denise Keus 2014

Devido à constante rotação do guindaste, é possível uma visão incrível 360° da cidade em todas as suítes, sem falar do nascer do sol, por do sol e luzes da cidade à noite.

A conclusão

Da conversa com o Edwim, saí cheia de certeza de que nada é impossível. Parece cliché, mas com o tempo a gente vai ficando mas cauteloso e até mesmo medroso na caça ao sonho e empresários como ele são uma grande fonte de inspiração e exemplo para que continuemos valentes, corajosos e até meio loucos. Lugares como o Faralda Crane Hotel fazem a gente lembrar dos pontos altos de viver aqui na Terra. É um lugar perfeito para uma lua de mel, uma escapadinha ou só pra gastar uns (muitos) euros que estejam sobrando.

Photo 29-05-15 1 38 47 p.m.
Lalai depois de um trans-atlantico e eu mega animada por um after :D Créditos: Dominique

* Imagem destacada – Koen van Weel / Getty Images 

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

23 de June, 2015

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.