Berlim 24 horas

O dia-a-dia de quem mora em Berlim com dicas culturais, gastronômicas e de passeios para todos os gostos e bolsos.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Para onde viajar em 2022, com Marina Valle

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

13 de January, 2022

Share

Lembro-me do meu primeiro encontro com a Marina Valle num café na Vila Buarque há alguns bons anos. A sua assessoria Press Pod estava nascendo, eu estava mergulhada de cabeça no Chicken or Pasta e uma amiga em comum insistiu que deveríamos nos conhecer, pois tínhamos muita figurinha para trocar. Foi assim que nasceu nossa amizade, que depois se misturou um pouco com negócios, rendendo sempre ótimos encontros, conversas profundas e muita troca.

Marina Valle em Montenegro

A Press Pod nasceu, properou e acabamos ficando mais próximas. A Marina é uma excelente relações públicas no segmento de turismo, hotelaria e gastronomia, filha de agente de viagens, o rolê está no sangue e estilo de vida desde que nasceu. No nosso papo, ela contou que a pandemia aumentou ainda mais a sua necessidade de conexão com a natureza. A Marina adora esportes, então afirma que suas próximas viagens, sem exceção, incluem atividades outdoor, Parques Nacionais, surf e um pouco de agitação, afinal ela adora festas, shows e festivais (ainda mais depois de quase dois anos de pandemia).

 Qual é o destino que está no seu radar, que você já está se organizando para ir no próximo ano, e porque escolheu esse destino?

Estou em Florianópolis, numa troca de casas com minha amiga residente no Sul da Ilha, na praia do Campeche. Ela fica na minha casa São Paulo, eu fico lá na dela. Uma ideia boa de viagem econômica, já que estamos vivendo tempos ainda desafiadores nesta retomada pós pandêmica. Ali vou surfar, comer bem (a comida de herança açoriana em Floripa é incrível), ler e relaxar. Já em 2022 o rolê inicia com duas semanas na Colômbia em janeiro, incluindo uma visita ao Parque Nacional Tayrona, com uma fileira de praias intocadas aos pés da Sierra Nevada de Santa Marta. A ideia é estender até o estado de Guajira – a ponta mais ao Norte das Américas – e pernoitar acolhida pela aldeia Wayuú – ficaram conhecidos pela produção e exportação de suas bolsas artesanais repletas de cores e  grafismos. Outro motivo da escolha da Colômbia: sempre amei música latina e aquele país é um celeiro de estrelas da Latin Music, de Carlos Vives e estrelas como Shakira e Juanes, aos “reggaetoneros” como J. Balvin, Maluma, e Karol G. 

Eu só consigo tirar férias de até duas semanas nos meses de férias escolares, por conta do meu filho Jorge, de 5 anos, quando ele fica com o pai e eu consigo fazer estas viagens mais longas e imersivas. Acho que o futuro do turismo vai ser este, passar mais tempo nos lugares. Em  julho, o meu o plano é voltar à Ásia, acredito que será Bali ou Filipinas. E, num dos vários feriados que vão rolar em 2022, a partir de setembro, quando é época da vazante, quando as praias de rio se formam, eu volto para a Amazônia –meu lugar FAVORITO NO MUNDO – mas desta vez para o Pará, em Alter do Chão. Por conta do meu trabalho de comunicação junto ao hotel Mirante do Gavião Lodge e a Expedição Katerre, desde 2017 eu tenho o privilégio de ir todo ano ao Rio Negro e o Parque Nacional de Anavilhanas, uma região protegida por Unidades de Conservação no coração do Amazonas.

Marina Valle no seu lugar favorito no mundo, a Amazônia

Qual evento/festival/acontecimento você quer ou vai participar no próximo ano? O que ele tem de tão especial?

Em 2022, gostaria de retornar em outubro para o ACL Festival, em Austin. Acho o SXSW muito hypado, caro e difícil de conseguir hospedagem. O Austin City Limits tem um line-up incrível, e tem a cidade fica com a mesma vibe do outro evento. Isso se eu conseguir renovar meu visto americano – já estou na fila da renovação, cujos agendamentos na teoria só iniciam em 21/06/2022. Contratei um despachante para acelerar o processo.

Qual é o lugar de desejo que você gostaria muito de ir? Pode ser um lugar novo que você descobriu, um lugar do coração, um lugar que tem uma história nova para você… e por que?

Lugar de desejo: Myanmar. Mas no momento, a situação política lá voltou a ficar delicada com os militares no poder em conflitos armados, culminando na condenação de dois anos de prisão a ex-líder do país, ganhadora do prêmio Nobel da Paz, Aung Sou Kyi. Rezando pela paz lá, para que a população fique bem e se recupere, para em breve podermos visitar. 

Um lugar novo que eu descobri: Montenegro, nos Balcãs. Muita natureza, praias idílicas no Adriático, cidades medievais cheias de bares e restaurantes deliciosos com preços honestíssimos a Euro, e uma moçada linda e bacana. Estive lá em julho deste ano (2021).

Um lugar do coração: São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira. Cidadezinha na divisa de SP e MG, que vou desde pequena, acolheu meu filho e eu na pandemia hospedados numa cabana com wifi-potente pro meu “remote office”, com suas trilhas, escaladas, riachos e gente acolhedora. 

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

13 de January, 2022

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.