Lima: o renascimento da capital peruana

Data

04 de November, 2016

Share

Transporte

Foto: Manu Tessinari
Foto: Manu Tessinari

Lima tem um dos piores trânsitos do mundo. Além de muito tráfego, a falta de obediência das leis de trânsito fazem da cidade um lugar difícil para alugar carro. Melhor evitar. Alugue somente se você for surfista e quiser explorar as ondas das praias fora da cidade. O transporte público também não é muito eficaz, os ônibus estão, só agora, passando por uma modernização. Em compensação, Lima tem uma das maiores frotas de táxi do mundo. Eles praticamente dominam as ruas da cidade e são bem baratos. Não possuem taxímetro e a negociação é feita antes que você entre no carro. Dá sempre pra chorar uns S./2 a menos. Se não gosta de negociar ou sente-se inseguro com os táxis de rua, use o Easy Taxi (quem tem o app do Brasil não precisa baixá-lo novamente) ou o Teletaxi Satelital. O Metropolitano, corredor de ônibus no melhor estilo de Curitiba, também atende para ir ao centro da cidade. A bicicleta pode ser usada, com cuidado, para quem quer curtir Miralflores e Barranco. Na orla tem ciclovia, mas tem momentos que a calçada será sua melhor opção. Use somente se tiver intimidade.

Dentro dos bairros, a locomoção pode (e deve!) ser toda a pé. Lima é uma cidade plana e os pontos de interesse são próximos uns dos outros. Além disso, como é uma cidade que está mudando a cada minuto, pode ter sempre uma surpresa no meio do caminho: uma lojinha de artesanato, uma livraria cult, um café bem familiar. Você só vai descobrir se bater perna.

Para se hospedar

O que não falta em Lima é lugar pra ficar. De hostels a hotéis luxuosos, você encontrará um que se adapte mais ao seu gosto e bolso. Se curte mais estar em um bairro bacana, perto de pontos turísticos e sem a muvuca dos turistas, escolha o bairro de San Isidro. Se quer estar no meio de tudo, com toda a infra que um visitante precisa, escolha se hospedar em Miraflores. Mas se seu negócio é arte, lugares descolados e noitada, fique em Barranco.

Foto: Hotel B
Foto: Hotel B

Hotel B encabeça a lista dos hotéis de luxo da cidade. Construído em um antigo casarão no Barranco, o ele respira arte, bom gosto e charme. Já em Miraflores, há o Belmond Miraflores Park Hotel e o JW Marriott Lima com ótimas localizações, vistas incríveis e serviço de primeira. Em San Isidro, o Westin Lima Hotel é a opção. Possui um dos melhores spas da América Latina, um dos grandes restaurantes da cidade e seus quartos são deliciosamente pensados para agradar. Só a localização deixa um pouco a desejar, já que, apesar de ser próximo a tudo, fica na margem na avenida mais movimentada da cidade, em uma área não tão linda.

Para luxo com localização na área residencial de San Isidro, escolha o Swiss Hotel.

Foto: Hilton Miraflores
Foto: Hilton Miraflores

Para quem busca bom serviço e conforto, sem gastar uma pequena fortuna, a escolha pode ser entre o Hilton Miraflores, um prédio bem novo, com quartos espaçosos, serviço ótimo e excelentes restaurantes a dez passos de distancia. O Radisson Decapolis Miraflores é bem procurado por brasileiros. Tem uma excelente relação custo x benefício. Outra opção no coração de Miraflores é o Four Point Miraflores. Bem novo e bacana, o hotel fica ao lado da Plaza Kennedy, centro turístico da cidade e perto de tudo que precisa e não precisa. Para curtir o bom de San Isidro, hospede-se no NH Lima ou no Sonesta El Olivar. Próximo ao parque El Olivar e a uma distância pequenas dos restaurantes estrelados da cidade, você descobre um oásis de tranquilidade e charme na capital nervosa.

Se o caso é economizar sem perder conforto e segurança, o Ibis Larco e a Casa Cielo vão te atender. Localizados em Miraflores, você estará pronto pra curtir tudo que a cidade oferece.

Data

04 de November, 2016

Share

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter