Amsterdã, a capital das bicicletas

Data

26 de November, 2014

Share

A Holanda ou Reino dos Países Baixos, é um país bem pequenino localizado no norte europeu com fronteiras delimitadas pela Bélgica, Alemanha e o Mar do Norte, mas culturalmente enorme.  Mundialmente famoso por seus moinhos de vento (8 estão em Amsterdã), tulipas, tamancos, cerâmica de Delft, queijo Gouda, bicicletas e conhecida por seu posicionamento em relação à homossexualidade, drogas, prostituição, eutanásia e aborto. O sistema político holandês é monarquia constitucional – parlamentar democrática e o país é bem seguro e com bastante qualidade de vida. Por ser um país pequeno, anda-se frequentemente de bicicleta e a pé, de toda forma o transporte público é diversificado e eficiente. A Holanda possui as quatro estações, e verão é delicioso, os parques ficam lotados e os canais cheios de barcos.  A primavera é excepcionalmente linda, as ruas são enfeitadas com flores e o famoso jardim Keukenhof é aberto ao público, atraindo visitantes do mundo inteiro. Já o outono é chuvoso, venta bastante e o inverno é bastante frio mas  isso só contribui para a lotação nos cafés e bares, tornando o ambiente mais aconchegante.

BÁSICO

As maiores cidades da Holanda são Amsterdã (capital), Haia (sede do governo) e Roterdã. As cidades Utrecht, Groningen (ao norte) e Maastricht (ao sul) também merecem uma visita. Um fato pitoresco: são consideradas de território holandês também as ilhas: Bonaire, Saba e Santo Eustáquio, localizadas no Caribe. Amsterdã é uma pequena cidade grande: 219 quilômetros e 811,000 habitantes (divididos em 150 nacionalidades), caracterizada por inúmeros canais e o uso predominante da bicicleta como meio de transporte. Ou seja, uma cidade perfeita para quem quer usufruir ao máximo e andar o mínimo. Outra característica charmosa de Amsterdã são os quatro maiores canais (Singel, Herengracht, Prinsengracht e Keizersgracht) que formam o “cinto” de canais, conectando várias zonas da cidade e tornando possível ir de um bairro a outro de barco.

Logo na chegada, o aeroporto oferece wi-fi gratuito – que também é oferecido na maioria dos cafés, bares e restaurantes. É muito fácil comprar um chip de celular e créditos em qualquer supermercados da rede Albert Heijn (no aeroporto mesmo tem um), tabacarias e correios. A moeda local é o Euro, nenhuma outra moeda é aceita como forma de pagamento. Na falta do dinheiro em espécie, são aceitos os cartões de débito Maestro e Visa. Nem toda loja aceita cartão de crédito. Mastercard, Visa e Amex são populares nesta ordem. Aqui, quase nada se resolve no caixa, tudo é feito através da internet e por isso não há fila nas agências.

Desmistificando alguns assuntos, o consumo de álcool não é permitido em muitas ruas da cidade, drogas pesadas são proibidas e não há qualquer tolerância por parte da polícia. O mesmo se aplica a andar de bicicleta embriagado ou sem as luzes – o resultado é uma multa garantida. Também são proibidos animais de estimação sem coleira e o saco higiênico deve estar sempre à mostra – também está sujeito a multa quem não obedecer. Ainda relativo aos animais, a Holanda é o único país no mundo onde existe um partido político dedicado ao desenvolvimento de leis que protegem a fauna: o PvdD (Partido dos Animais), isso quer dizer que não existem animais na rua e os direitos deles são relativamente definidos e protegidos por aqui. Amsterdã é bilíngue, fala-se holandês e inglês nas ruas, já o restante da Holanda não: quanto menor a cidade, maiores são as suas chances de conseguir usar aquela frase cheia de consoantes decorada na viagem. :)

TRANSPORTE

Foto por Ivan Bastien/Shutterstock
Foto por Ivan Bastien/Shutterstock

Amsterdã dispõe de um sistema de transporte público muito eficiente, seguro e relativamente pontual: bondes e metrôs encerram a meia noite, já o ônibus e o trem nacional funcionam 24 horas, depois da meia noite estão disponíveis de hora em hora. Outras opções incluem: alugar uma bicicleta, taxi (custa caro), taxi-bicicleta (no Centro), disco-taxi (incrível), a balsa (para o Norte), alugar um barco ou alugar um carro. A opção do carro está por último de propósito: estacionamento é caríssimo, vagas limitadas e tudo que se move terá mais prioridade que um carro nas ruas estreitas de Amsterdã. Para quem prefere reservar usando apps, as opções são: Uber, DriveUgo e TCA.

HOSPEDAGEM

As opções de hotéis, b&b’s, quartos, Studios e apartamentos em Amsterdã beiram o infinito, então “peneiramos” as possibilidades com base no preço, localização, identidade e conforto. Por ser uma cidade pequena, basicamente todos os bairros de Amsterdã são legais e terão algo para oferecer, com destaque para o Centro (pela história, canais e de fácil acesso), o Westerpark (bairro hipster do momento) e o De Pijp (o bairro boêmio).

The Flying Pig (Uptown) – Preço de hostel e localização de hotel 5 estrelas: do lado do Vondelpark e a menos de 5 minutos do Leidseplein. Bem organizado e limpo para um hostel onde o perfil do hóspede é bem jovem. É possível alugar skate, bicicleta e armários individuais (dentro dos quartos mistos). Uma boa opção para quem viaja “on budget”. Endereço: Vossiusstraat 46/47, 1071 AJ

The Student Hotel City – Ótimo custo benefício. Apesar do hotel parecer ser uma grande república universitária, os quartos surpreendem pelo espaço e design. Tudo tem uma pitada de bom humor com frases e objetos espalhados por todos os cantos do prédio gigante que o abriga. Perfeito para quem está viajando e trabalhando ao mesmo tempo, pois o hotel conta com áreas de co-working, internet veloz e até estrutura para reuniões se precisar. O bairro não é tão central, mas o metrô fica na porta e o leva até o centro em 15 minutos, além de contar com vários restaurantes, cafés e bares super charmosos longe do burburinho turístico. Tem ar festeiro, mas o silêncio impera no quarto. Perfeito para quem está viajando “on budget”. Endereço: Wibautstraat 129, Amsterdã, 1091 GL.

O quarto modernoso do The Student Hotel. Foto: Divulgação

Winston Hotel & Club – Aqui o perfil do hóspede muda de mochileiro para “festeiro”, pois é um hotel e hostel anexado a um clube. A programação é ótima e isso atrai os locais, então acontece um mix muito interessante de pessoas. É super bem localizado (centro) e um bom lugar para fazer novas amizades. Detalhe: quem se hospeda nele não terá que pagar taxi para a (ou de volta da) balada. Endereço: Warmoesstraat 129, 1012 JA

BackStage Hotel  – é a versão Rockn’Roll do Winston. Fica estrategicamente localizado entre o Melkweg e a Paradiso (palcos obrigatórios para bandas antes que ainda não “estouraram” mas que têm grande potencial para tal). A proposta do Backstage é oferecer uma experiência de palco dentro do quarto do hóspede e por isso é um hotel preferido por muitas bandas ainda no momento pré-fama. É um hotel cheio de personalidade e vida, com um bar maneiríssimo. Endereço: Leidsegracht 114, 1016 CT

Acima fotos do Backstage Hotel abaixo do Winston
Acima fotos do Backstage Hotel, em baixo do Winston Hotel (Fotos: divulgacão)

Kimpton De Witt – Boa opção para quem busca por charme e luxo na medida certa sem deixar um rim na hora de pagar a conta. O hotel butique, recém-aberto (maio 2017), esbanja no design, conforto e serviços. Além de quartos espaços e camas de onde não queremos sair, a localização é ótima para quem quer ficar na região central da cidade. O hotel conta também com happy hour diário, onde acontece degustação de vinho por conta da casa, e empréstimos de bicicletas. Quer mais uma boa notícia? O hotel é pet friendly e tem até um anexo para ser alugado em grupo. Endereço: Nieuwezijds Voorburgwal 5, Amsterdam, 1012 RC.

Lobby Kimpton De Witt. Foto: Kimpton Hotels por Laure Joliet

Conscious Hotel (Museum Square) o nome já diz tudo: um hotel consciente, que pensa no hóspede e no planeta. Detalhes como: a madeira utilizada na mobília é certificada, os produtos de limpeza são biodegradáveis e todos os ingredientes do café da manhã são orgânicos. Fica localizado no quarteirão dos museus e oferece uma visão diferente sobre o conceito de hospedagem, os quartos são confortáveis, de decoração leve, clara e minimalista. Endereço: Overtoom 519, 1054 LH.

Sir Adam Hotel – o hotel fica no lado norte da cidade, onde atualmente muita coisa boa acontece. A localização é estratégica, com o hotel posicionado exatamente atrás da Estação Central, do outro lado do canal. Uma balsa gratuita faz a travessia em cinco minutos. O hotel chama a atenção pela arquitetura e design, onde no topo tem um restaurante e um bar 360º graus. O Sir Adam Hotel tem a música como tema. No quarto livros, quadros e toca-discos com vinis disponíveis para compor sua própria trilha sonora. O lobby tem uma boa área para trabalhar, ótimo wi-fi e opções de cozinha americana. Endereço: Overhoeksplein 7, Amsterdã, Noord-Holland, 1031 KS.

O quarto do Sir Adam Hotel. Foto: Ola Persson

Faralda Crane O mega guindaste portuário N.13, desativado em 1984 e que vimos deteriorar-se durante anos ao lado da estação Central, voltou a ativa em forma de um luxuoso hotel, de arquitetura extremamente relevante. O projeto assinado pelo arquiteto Edwin Kornmann Rudi resume o hotel a três suítes: uma localizada na engrenagem, mantendo a característica industrial, as outras duas suítes com paredes estruturais em forma de lâminas de vidro, permitindo uma visão panorâmica do grande canal (IJ). Para não dizer que hotel só tem 3 suítes, a 50 metro do nível do mar está uma jacuzzi também com vista panorâmica e no térreo, um estúdio de tv / música com 60m2 normalmente alugado para a produção de programas de TV, vídeo clips ou eventos. O hotel também oferece Bungee Jump, um salto de 90 metros de altura onde 10 é queda livre. Muito mais que um hotel, essa é a uma experiência que aborda hospedagem de forma surpreendente. E claro, tem seu preço. $$$$$ Endereço: NDSM Plein 78, 1033 WB

Faralda Crane Hotel e Jacuzzi a 50 metros do solo
Faralda Crane Hotel com jacuzzi a 50 metros do solo (Fotos: Arquivo pessoal do proprietário e divulgação)

ONDE COMER

Amsterdã é uma cidade gourmet, mas sem glamour (no bom sentido) nem os preços surreais que encontramos em muitas metrópoles. É fácil conseguir uma mesa e comer bem sem drama. Tantas nacionalidades reunidas em uma cidade pequena influenciaram de maneira muito positiva a oferta e diversidade culinária na cidade. O atendimento nos restaurantes normalmente é feito por estudantes e a gorjeta não é obrigatória, mas por cordialidade, se gostou do serviço é educado deixar 1 ou 2 euros por pessoa, dependendo do que foi pedido, claro! Se você tomar uma água ou café, não faz sentido deixar gorjeta. Selecionamos então lugares ótimos para café da manhã, almoço, jantar e petiscos, espalhados pela cidade.

Café da Manhã

Coffee and Coconuts (Pijp) fica num prédio moderno de três andares decorados com muito bom gosto. Ele é todo aberto, possibilitando ver cada um dos andares. O menu conta com uma várias opções de brunch, a maioria feito com produtos orgânicos. Tem café coado, tem torrada com avocado, sucos e chás especiais, tem wi-fi decente. São duas opções de menu de café da manhã, um que vai até às 13h, com sanduíches, e outro até às 16h30 com ovos feitos de diversas formas, iogurte, granola. Endereço: Ceintuurbaan, 282-284, GK. Tel: 203541104. Funciona diariamente das 8 às 23h.

De Bakkerswinkel (Westerpark) é uma padaria dentro de um prédio antigo, com um anexo para take away. Não oferecem wi-fi, já que o parque disponibiliza. O “scone” com creme de limão e o chá de menta fresca são famosos. Não deixe de dar uma espiadinha no prédio do café, caso não conheça. Se fizer sol, é só sentar numa mesinha na frente do anexo (take away) para economizar na conta, já que não terá taxa de serviço. Endereço: Polonceaukade 1, 1014 DA. Funciona segunda a quinta, das 8h30 às 17h; sexta, 8h30 às 18h; sábado e domingo, das 10 às 18h.

‘t Blawe Theehuis (Vondelpark): Que tal café da manhã em uma casa azul redonda bem no meio de um parque lindo? A Casa de Chá Azul (‘t Blawe Theehuis) foi inaugurada em 1934, e tem muita história para contar: já foi incendiada, esteve fechada por vários anos (após o assassinato misterioso do dono) e finalmente revitalizada, funcionando desde 1998 a todo vapor com um dos maiores terraços da cidade e capacidade para 700 pessoas. Endereço: Vondelpark 5, 1071 AA. Funciona segunda a terça, das 9 às 19h; quarta a domingo, das 9 às 17h.

't Blauw Tee Huis
‘t Blauw Tee Huis (Foto: Wikipedia)

O Two for Joy (Oost) importa grãos de café do mundo inteiro e tem um processo próprio para torrá-los, por isso oferecem um café de excelente qualidade. O cardápio, com sanduíches, sucos, bolos e tortas maravilhosas, muda com uma certa frequência, ótimo para não deixar o paladar  cair na rotina. A loja no Oost (Zona leste) é menor mas bem aconchegante e sempre cheia de gente de bem com a vida. Endereço: Frederiksplein 29, 1017 XL. Segunda a sexta, das 7h30 às 19h; Sábado e domingo, das 8 às 18h.
O Gary’s Deli (Kinkerbuurt) tem uma variedade de bagels caseiros deliciosos, croissants, geléias e transmite aquela “vibe” de bairro por ser totalmente fora da rota turística. Endereço: Kinkerstraat 140, 1053 EG. Segunda a sexta, das 8h30 às 18h30; sábado, das 9 às 18h30 e domingo, das 10 às 18h30.

Almoço

Bazar Amsterdam (Albert Cuijp): Veja esse link, adicione muitas luzes coloridas, 5 lustres marroquinos gigantescos, música, um cardápio em cinco idiomas, atendimento rápido e amigável e pronto: esse é o Bazar Amsterdã. Para duas ou mais pessoas, “Nahár” é uma ótima opção no cardápio pois oferece um conjunto de entradas variadas onde vegetarianos e carnívoros podem se deliciar juntos. Endereço: Albert Cuypstraat 182, 1073 BL. Diariamente, das 10 à 0h. Domingo a quinta cozinha é aberta até às 23h; sextas e sábados, a cozinha fecha às 23h30.

Hannekes Boom (Centro)  foi construído com o apoio da população e financiamento coletivo, um projeto do arquiteto Wouter Valkanier, que através da arquitetura sustentável e adaptativa, conseguiu transformar o que em 1662 era apenas uma palafita de apoio no grande canal (IJ) em um café, restaurante e plataforma cultural. De fácil acesso e fora da rota turística é uma alternativa perfeita para quem tem curiosidade em ver Amsterdã por um angulo diferente. Endereço: Dijksgracht 4, 1019 BS. Funciona domingo a quinta, das 10 à 1h, sexta e sábado, das 10 às 3h.

Hannekes Boom. Foto: divulgação facebook

Café de Ceuvel (Noord) um projeto também assinado por Wouter Valkanier, é parte do coletivo Ceuvel, um projeto urbano que pretende ocupar de maneira 100% sustentável, utilizando materiais de demolição como matéria prima. Todos os vegetais utilizados no cardápio são orgânicos e o lugar também tem uma atmosfera bastante especial. Um projeto de vanguarda que acompanha o trendy mundial da necessidade em (re)aproveitar de forma prática, consciente e de bom gosto, materiais que há alguns anos seriam resumidos a lixo. Endereço: Korte Papaverweg 4, 1032 KB. Domingo a quinta, das 11 à 0h; sexta e sábado, das 11 às 2h.

Pllek (Noord) é um espaço múltiplo que abriga um ótimo restaurante, cinema open air durante o verão e shows. O menu é enxuto, mas com boas opções de peixe, saladas, massas e carne. O Pllek chama atenção pela sua construção feita a partir de cointâneirs como estrutura. A frente é toda envidraçada, oferecendo uma boa vista do canal em frente. Tem uma área externa, que no verão vira uma praia. A frequência do lugar é basicamente de locais. Endereço: Tt. Neveritaweg 59, 1033 WB. Funciona de domingo a quinta, das 9h30 à 1h; sexta e sábado, das 9h30 às 3h. 

Pllek. Foto: Amsterdam Top20

Café De Jaren (Centro) para quem está no centro esse é um lugar ótimo para uma paradinha, é espaçoso, tem um terraço ótimo para os dias de sol e a sopa do dia sempre é uma delícia. Endereço: Nieuwe Doelenstraat 20-22, 1012 CP. Segunda a sexta, das 9h30 à 1h30, sextas e sábados, das 9h30 às 2h.

Jantar

Moeders (Centro): Coisa mais linda esse pequeno restaurante que oferece comida holandesa no cardápio e tem as paredes todas preenchidas com fotos de mães. Leve uma foto da sua que eles encontrarão um cantinho para colocar. A comida é simples e gostosa e reservar é aconselhável, principalmente no horário do jantar e se a mesa for para mais de duas pessoas. $$ Endereço: Rozengracht 251, 1016 SX. Segunda a sexta, das 17 à 0h; Sábado e domingo, das 12 à 0h. A cozinha fecha às 22h30.

Mãe, só há uma. ...Ou não! :) (Foto: divulgação)
Mãe, só há uma. …Ou não! :) (Foto: divulgação)

REM Eiland (West/Docas): Em 2011, a antiga estação de transmissão de rádio e TV localizada no meio do Grande Canal (IJ) foi comprada e renovada para acomodar um restaurante de 22 metros acima do mar com uma vista incrível. É possível ter acesso de carro, bicicleta ou transporte público. O que diferencia esse restaurante é, sem dúvidas, o prédio e localização e o custo-benefício. Reserva não é obrigatória mas aconselhável.  $$$. Endereço: Haparandadam 45, 1013 AK. Diariamente, da partir das 12h. Almoço até às 16h, jantar, das 17h30 às 22h.

Antiga estação de rádio e tv pirata transformada no REM Eiland (Foto: Graafstra.nl)
Antiga estação de rádio e tv pirata transformada no REM Eiland (Foto: Graafstra.nl)

Yamazato (Rivierenbuurt)  No térreo do Hotel Okura, você vai encontrar o restaurante japonês mais estabelecido e especializado de Amsterdã. Há trinta anos o Yamazato (* Michelin) se mantém na agenda dos locais e turistas como parada gourmet obrigatória. O ambiente é composto pela decoração com bastante influência Sukiya-zuruki do século XV e XVI e a vista do jardim japonês, complementados pela maneira tradicional e sofisticada com relação ao atendimento. Reservar é aconselhável. $$$$. Endereço: Ferdinand Bolstraat 333, 1072 LH. Diariamente, das 12 às 14h para almoço; das 18 às 21h30 para jantar.

De Kas (Oost) Em 2011, o chef Gert Jan Hageman (* Michelin) conseguiu permissão da prefeitura para transformar uma antiga estufa de vegetais, usada desde 1926 para o cultivo de vegetais e ervas, em um restaurante, sem desativar a estufa, de maneira que as ervas e vegetais utilizadas nas receitas são cultivadas no próprio restaurante. E sabe o melhor? A estufa pode ser visitada por clientes do restaurante. Desde a sua inauguração o De Kas é um dos restaurantes mais celebrados, badalados e procurados de Amsterdã. A comida é excepcional, o atendimento rápido e personalizado e o lugar é incrível. Tudo isso faz do De Kas muito mais que um restaurante. A reserva é basicamente mandatória e com o máximo de antecedência possível (existe lista de espera). $$$$. Endereço: Kamerlingh Onneslaan 3, 1097 DE. Funciona segunda a sexta, das 12 às 14h e 18h30 às 22h; sábado, 18h30 às 22h. Não abre aos domingos.

De Kas, sofisticação sem extravagância. Uma experiência única. (Fotos: Idesign e divulgação)
De Kas, sofisticação sem extravagância. Uma experiência única. (Fotos: Idesign e divulgação)

PARA BELISCAR E TOMAR BONS DRINKS

Pacific Parc é um dos pontos de encontro mais animados da cidade. A proposta vai mudando a medida que a noite cai: o restaurante acaba virando uma pista animadíssima. A programação é ótima e vai de djs tocando gypsy beats e rockabilly até punk rock ao vivo. Um ótimo lugar para experimentar uma porção das famosas Bitterballen e uma “biertap“. Endereço: Polonceaukade 23, 1014 DA. Diariamente a partir das 11h.

Stanislavski: O Stadsschouwburg Amsterdam seria equivalente ao Teatro Municipal do Rio, e dispõe de um café-restaurante super pitoresco (Stanislavski Café). Peça uma taça de prosecco italiano e uma porção de camarões crocantes ou as especialidades da casa: torta de maça caseira com um café italiano. Endereço: Leidseplein 26, 1017 PT. Domingo a quinta, das 10 à 1h; sexta e sábado, das 10 às 3h.

Cafeteria e restaurante do Stadsschouwburg (Teatro Municipal), o Stanislavski é sofisticado sem ser snob. (Foto: cool-cities.com)
Cafeteria e restaurante do Stadsschouwburg (Teatro Municipal), o Stanislavski é sofisticado sem ser esnobe. (Foto: cool-cities.com)

Trust foi a primeira cafeteria em Amsterdã com o conceito de o cliente pagar o que acha que a sua experiência valeu e funciona com base na ajuda de voluntários. Fica no meio da feira Albert Cuyp e tudo é tão delicioso que você acaba pagando até mais do quê vale! A Coca Cola caseira e os bolos feitos no dia são os destaques. Endereço: Albert Cuypstraat, 210 (tem também uma loja no nº 194). Não indicam horário de funcionamento.

Pata Negra (Oost) é uma casa de tapas espanholas conhecidíssima e adorada pelos holandeses e residentes de Amsterdã. Funcionando desde 1997 e em três pontos da cidade, o Pata Negra serve produtos importados diretamente da Espanha e a cozinha fecha um pouco mais tarde que o normal para os padrões holandeses. Endereço: Reinwardtstraat 1, 1093 GT. Domingo a quinta, das 12 à 1h (cozinha aberta até 23h); sexta e sábado, das 12 às 3h (cozinha aberta até 23h30).

 

SkyLounge Amsterdam: A vista é simplesmente de tirar o fôlego. Como o nome já diz, o Skylounge é um belíssimo bar no topo de um prédio e oferece uma vista panorâmica inesquecível da cidade, especialmente ao pôr-do-sol. Durante o dia é um ótimo lugar para uma reunião de negócios, para um delicioso almoço do seu sofisticado menu ou simplesmente para um café. Durante o entardecer e noite, uma ótima opção para um bom drink com deliciosos petiscos. Endereço: Oosterdoksstraat 4 1011 DK. Domingo a terca, 11 à 1h; quarta e quinta, das 11 às 2h; sexta e sábado, das 11 às 3h.

A vista do Sky Lounge. Foto: divulgação

Drinks

Café Soundgarden é informal, descontraído, jovem e basicamente conhecido e frequentado por residentes de Amsterdã. O café tem o melhor “quintal” da região central de cidade no verão. No inverno, ao invés da cerveja, um chá e uma manta. Vez ou outra dá para ouvir um blues ao vivo, jogando bilhar. Endereço: Marnixstraat 164-166, 1016 TG. Funciona segunda a quinta, das 15 à 1h; sexta a domingo, das 15 às 3h.

Um quintal para chamar de seu em Amsterdã... (Foto: divulgação)
Soundgarden: um quintal para chamar de seu em Amsterdã… (Foto: divulgação)

Wynand Fockink é a destilaria de licores mais antiga (1679) que também oferece provas no balcão e venda dos licores produzidos. Fica pertinho da Dam Square e vale muito a visita pela experiência de como beber do balcão com a boca e quadris nivelados a mesma altura. Endereço: Pijlsteeg 31, 1012 HH. Funciona diariamente das 15 às 21h.

Door74 foi um dos primeiros bares secretos de Amsterdã, e apesar de ter se tornado relativamente conhecido, ainda continua sem o número na porta e reserva por telefone obrigatória. É um cocktail bar com ótimo ambiente, serviço personalizado e um cardápio de drinks super criativo. Uma característica bem legal do lugar: antes do cliente extrapolar, eles suspendem a venda. Um cocktail e hit absoluto do lugar é o Molotov, que vem servido em uma caneca em forma de caveira. Endereço: Reguliersdwarsstraat 74I, 1017 BN. Funciona diariamente, das 20 às 3h; sextas e sábados, das 20 às 4h.

The Butcher é outro bar secreto dentro (nos fundos) de uma hamburgueria. Lá, dá para as duas coisas: comer um hamburger ou ir para os bons drinks. Se quiser a segunda opção informe ao funcionário e ele libera a senha para a entrada. É uma experiência bem engraçada e dá uma sensação de coisa proibida. Endereço: Albert Cuypstraat 129. Funciona diariamente das 11 às 23h.

Brouwerij ‘t IJ – para os amantes da cervejaria artesanal, esta é a primeira parada da lista. É possível provar 25 tipos de cervejas produzidas artesanalmente lá, mas melhor não experimentar todas de uma vez. Das cervejas que mais agradam os visitantes, está a Falamingo I.P.A. Endereço: Funenkade 7, 1018 AL. Funciona diariamente das 14 às 20h.

PARA INSPIRAR

Nada melhor que arte para inspirar e refrescar o espírito do viajante, não é? Selecionamos então cinco lugares muito interessantes que oferecem história da arte, pintura, escultura, fotografia, cinema e arquitetura.  O ideal é dividir esse tour em dois ou três dias ou fazer uma lista com os pontos de interesse e visitar de olho no relógio. A parte boa é que os museus e galerias normalmente fecham um pouco mais tarde que lojas, por exemplo. Dica: sempre que possível compre a entrada através do site, assim evita duas filas na hora da entrada.

Stedelijk Museum tem um acervo de aproximadamente 90.000 objetos, datados de 1870 até hoje. O museu é uma parada obrigatória para quem curte arte contemporânea pois apresenta uma coleção distintiva de obras originadas em movimentos como Bauhaus, Amsterdam School, De Stijl, CoBrA, Expressionismo Abstrato, Pop art, Arte Minimalista e Arte Conceitual. Inclui peças de Appel, Cézanne, Chagall, Dijkstra, Van Gogh, Kandinsky, Kienholz, De Kooning, Koons, Matisse, Mondriaan, Picasso, Pollock, Rietveld, Sottsass e Warhol. Sem falar na maior coleção de trabalhos de Malevich disponível ao público, fora da Rússia. O Family Lab oferece atividades para pais e filhos possibilitando a produção de uma obra de arte com direito a levar para casa e tudo. Endereço: Museumplein 10, 1071 DJ. Diariamente, das 10 às 18h. Na quinta até às 22h.

Rijksmuseum, antes de ser declarado oficialmente um museu (em 1800), era chamado de “Galeria Nacional” (Nationale Kunstgalerij) e tem uma história cheia de altos e baixos: parte de coleções em outras cidades, mudanças de prédios, em 1876 o arquiteto Pierre Cuypers assinou o projeto de reforma combinando influências góticas e renascentistas o que lhe rendeu muitas criticas na época. Ao longo dos séculos, o Rijksmuseum superou todas as adversidades e se estabeleceu como um dos museus mais importantes e relevantes museus para a arte nacional e internacional. Em 2013, depois de 10 anos de reforma, o tão celebrado museu dedicado à arte holandesa re-abriu as portas de maneira gloriosa, onde  as propostas originais de Cuypers foram executadas de maneira ainda mais vanguardista para oferecer uma experiência completa relativamente à apreciação de obras de arte.  Endereço: Museumstraat 1, 1071 XX. Diariamente, das 9 às 17h.

Rijksmuseum (Foto: Divulgação, créditos: John Lewis Marshall )
Rijksmuseum (Foto: Divulgação, créditos: John Lewis Marshall )

FOAM: museu, galeria , revista e fundação. A FOAM é o lugar mais incrível de Amsterdã para quem gosta de fotografia. Se estabeleceu bastante nos últimos 5 anos devido ao vanguardismo na curadoria da revista e das exposições. Outros pontos positivos: é localizada em um dos canais mais famosos de Amsterdã (Keizersgracht) e tem uma cafeteria agradabilíssima. Endereço: Keizersgracht 609, 1017 DS. Funciona segunda, terça, quarta e domingo, das 10 às 18h; quinta e sexta, das 10 às 21h.

EYE também é indicado para quem adora imagem, mas principalmente um show de arquitetura. Ele  foi projetado pela empresa austríaca Delugan Meissl que também assinou o proejo do Porsche Museum de Stuttgart. E é sem dúvidas um dos prédios mais incríveis de Amsterdã para visitar, tomar um café ou assistir um filme, já que o acervo do museu conta com “apenas” 46.000 filmes, 35.000 posters e 450.000 fotografias. Para chegar lá, apanhe a balsa com o nome “Buiksloterweg” que sai por trás da Estação Central. Endereço: IJpromenade 1, 1031 KT. Funciona de domingo a quinta, das 10 às 22h; sexta e sábado, das 10 às 23h.

Uma das "curvas" do EYE. (Foto: divulgação, créditos: Ralph Richter)
Uma das “curvas” do EYE. (Foto: divulgação, créditos: Ralph Richter)

Em uma cidade onde “tudo é motivo para museu”, também há um para o conhecimento. O Science Center NEMO é um lugar perfeito para quem adora acompanhar temas relacionados a avanços científicos e tecnológicos. O caráter jovial e a arquitetura explêndida do NEMO fazem dele o 5. museu mais visitado de Amsterdã. No verão é possível tomar um drink no terraço. Endereço: Oosterdok 2, 1011 VX. Funciona terça a domingo, das 10 às 17h30.

Foto por: dabldy / Shutterstock.com
Foto: dabldy / Shutterstock.com

Visite também: Van Gogh Museu (Paulus Potterstraat 7 1071 CX), Cobra Museum (Sandbergplein 1 Amstelveen 1181) e o Museu das Bolsas Tassen Museum (Herengracht 573 1017 CD).

PARA TURISTAR

Molen De Gooyer é o moinho mais próximo do centro da cidade, não é aberto ao público, mas felizmente fica ao lado da cervejaria caseira Brouwerij ‘t IJ (que mencionamos aqui nos Drinks do Guia), ou seja matamos dois coelhos numa tacada só. Endereço: Funenkade 5, 1018 AL

Amsterdam by Candlelight é um tour a noite pelos canais de cidade e tudo de mais lindo, romântico e imperdível na passagem por Amsterdã. Reserve aproximadamente duas horas para esse passeio que custa Eur27,50 (crianças pagam a metade). São servidos vinhos e queijos a bordo e também bebidas não alcólicas. Endereço: Rokin 125, 1012 KK

Foto por S Borisov/Shutterstock
Foto: S Borisov/Shutterstock

Uma vista única de Amsterdã pode se ter do sino da igreja do bairro De Wallen (Luz Vermelha), na Oudekerk Tower. A mini tour dura 30 minutos e termina em cima da torre com a visão  panorâmica da cidade. Funciona das 13:00 as 16:30, dias de Terça, Sexta e Sábado, de Abril a Setembro e usta Eur7,50 por pessoa. Endereço: Oudekerksplein, 1012.

Nem todo viajante procura uma piscina na hora de turistar, mas isso é possível em Amsterdã! A cidade é cheia de piscinas bacanas e a Zuiderbad, localizada no quarteirão dos museus, é um clássico absoluto. Por 3,50 euros, vale a pena dar umas braçadas lá. Endereço: Hobbemastraat 26, 1071 ZC

Existe uma piscina delícia dentro desse prédio, a Zuiderbad! (Foto: iamsterdam.nl)
Existe uma piscina delícia dentro desse prédio, a Zuiderbad! (Foto: iamsterdam.nl)

Hammam (Ladies only), também conhecido como banho turco, localizado por trás do Westerpark tem um interior lindo, ambiente agradável e zen, perfeito para relaxar, tomar um chá e se cuidar um pouco. Uma seção com direito a banho e esfoliação custa Eur30,00 ou Eur10,00 a mais para incluir massagem – em qualquer hotel o preço triplicaria e a experiência não seria tão rica. Endereço: Zaanstraat 88, 1013 RW.

Visite também a casa de Anne Frank (Prinsengracht 263-267, 1016 GV), a casa de Rembrant (Jodenbreestraat 4, 1011 NK),  o Palácio da Rainha (Dam square) e o monumento Nacional que fica logo à frente.

PARA COMPRAR

É muito difícil resumir em apenas algumas dicas a seção de compras, pois cada bairro de Amsterdã possui um comércio muito forte e é praticamente impossível conhecer todas as lojinhas incríveis. Algumas fecham, outras abrem e outras mudam de nome. Indicaremos e continuaremos atualizando essa seção com os pequenos e grandes oásis consumíveis para quem não tem medo de abrir a carteira e viver o momento!

Além de servir como espaço coletivo de trabalho, a Hutspot Amsterdam não só representa marcas estabelecidas como apoia todo tipo de artista independente. São duas lojas a da Van Woustraat, eleita um dos 5 melhores lugares para trabalhar fora do escritório em Amsterdã pelo CoP, estilo galpão e a da Rozengracht, menor mas igualmente interessante. O paraíso na terra para hipsters e anti-hipsters. Endereço: Rozengracht 204, 1016 NL //  Van Woustraat 4, 1073 LL. Diariamente, das 10 às 19h com exceção do domingo, que fecha às 18h.

The one and only. Hutspot. (Foto: divulgação)
The one and only. Hutspot está acima do bem e do mal, agrada a todos que têm bom gosto. (Foto: divulgação)

de Bijenkorf é o que nós chamaríamos de Shopping, mas melhor não, pois os holandeses não só não gostam do termo como também não aprovam o conceito. E isso é bem evidente pois o comércio é na rua e nos bairros, ao ar livre, independente das estações do ano. Mas ok, chamemos a Bijenkorf de um centro comercial com todas as grandes multimarcas da alta costura, joalheria, perfumaria, maquiagem, artigos para cozinha, computadores, malas, livraria, restaurante, duas cafeterias (uma no térreo e outra no último andar) e um cabeleireiro. Bom e prático para quem tem pressa e precisa de alguma coisa, já que lá tem quase tudo e fica a cinco minutos (caminhando) da estação central. Atenção: a partir de Eur50,00 eles emitem o tax-free! Endereço: Dam 1, 1012 JS. Funciona domingo e segunda de 11:00 às 20:00, terça e quarta de 10:00 às 20:00, quinta e sexta de 10:00 às 21:00, sábado de 9:30 às 20:00.

Na loja Concerto, os amantes da música têm que respirar fundo e reservar no mínimo uma tarde para os mais de 1000m² de raridades e atualidades em 7″, 12″ e cds, contendo tudo que é relevante hoje, ontem e amanhã, em rock, pop, soul, funk e eletrônico. Não conseguiu encontrar o que queria? Tem uma cafeteria com a melhor trilha sonora da cidade. Decidiu comprar uma roupa ao invés de música? A American Apparel fica do outro lado da rua. Endereço: Utrechtsestraat 60, 1017 VP. Funciona todos os dias de 10:00 às 18:00, quinta e sexta de 10:00 às 19:00.

Quem curte música tem que reservar pelo uma tarde inteira para a Concerto. (Foto: gratisamsterdam.nl)
Quem curte música tem que reservar pelo uma tarde inteira para a Concerto. (Foto: gratisamsterdam.nl)

Things I like Things I love é uma lojinha, pequenina, aconchegante que vende peças vintage para casa e vestuário, mas também artigos novos, feitos por designers locais. Normalmente as produções são pequenas mas isso não influi no preço, que é acessível. Endereço: Jan Evertsenstraat 106, 1056 EH. Funciona: domingo a terça de 13 às 18, quanta a sábado de 10 às 18.

RESTORED é uma loja na rua mais hipster do momento, que oferece o trabalho de dutch designers, onde tudo é lindo, requintado e pode ser adquirido por um preço intermediário. Acessórios, roupas, mantas e bolsas são o forte da loja. Endereço: Haarlemmerdijk 39, 1013 KA. Funciona: segunda, de 13:00 às 18:00, terça a sábado de 11 às 18; fechado aos domingos.

Zipper Bem, quem ama brechó, vai en-lou-que-cer lá! Duas lojas de puro delírio: Levi’s 501, All Star, jaquetas de couro, casacos de pele, oxfords, dr Martens, lençinhos vintage da YSL tudo a preço camarada, que aumenta de acordo com a condição da peça. Endereço: Nieuwe Hoogstraat 10 WKL, 1011 HE // Huidenstraat 7, 1016 ER. Funciona segunda de 12.00 às 18.30; terça e quarta de 11.00 às 18.30 ; quinta a sábado de 11.00 às 20.00; domingo 13.00 às 18.30.

260370_10150210784419938_2412918_n
A inusitada vitrine da The Otherist (Foto: Jo Machado)

The Otherist – Outra loja super cool da cidade, recheada com uma gama enorme de molduras e quadros de insetos, taxidermia, produtos artesanais, curiosidades modernas e artigos vintage. Um prato cheio para a turma hipster. Endereço: Leliegracht 6 1015DE. Funciona domingo e segunda das 12:00 às 17:00. Quarta a sábado das 11:00 às 18:00.

PARA BADALAR

Disco Dolly é um bar, é um clube ou um café? Disco Dolly é tudo isso e muito mais. Aqui é onde o disco, o funk, o soul, o boogie e o house se encontram para agradar os ouvidos. Efim, Disco Dolly abre 7 dias por semana e com programação variada para você dançar, tomar um drink e encontrar gente bacana. As portam abrem pontualmente as 23h e, geralmente, fecham entrem 4 e 5 da manhã. Endereço: Handboogstraat 11 /HS, 1012 XM. Aberto todos os dias das 23h às 5h.

De Nieuwe Anita é quando a sala de uma casa de estudante transformada em cafeteria  dá certo e com isso a prefeitura libera uma licença para que no porão funcione um dancing. Indie, funk, cool e ultra alternativo, o lugar já foi um hype, sobreviveu ao hype, e continua um lugarzinho ótimo para fugir do mainstream. Endereço: Frederik Hendrikstraat 115, 1052 HN. Não indicam horário de funcionamento.

Canvas – é mais lugar que reflete o resultado do conceito colaborativo que o mundo inteiro é imposto nesse momento; no prédio do VolksHotel, também estão: um cocktail bar, escritórios flexíveis e o Canvas, um espaço que foi aos poucos sendo transformado em dancing, e hoje oferece uma programação super legal e ambiente gostoso para dançar e também conversar. Endereço: Wibautstraat 150, 1091, GR Amsterdam. Aberto sextas e sábados das 22h às 4h.

Paradiso – o clássico dos clássicos. Quem importa já passou, passa ou passará pelo Paradiso. Mas o Paradiso nunca passará. No palco da sala grande com capacidade para 1500 pessoas , já se apresentaram Jerry Lee Lewis, Grace Jones, White Stripes, Lady Gaga entre muitos outros. Na sala pequena, com capacidade para 250 pessoas, já se apresentaram Junior Boys, Franz Ferdinand, Buraka Sound System, FKA Twigs e a lista continua… A antiga igreja 1968 se chamava “Cosmic Relaxation Center Paradiso”, hoje Paradiso, é referência em toda a Europa por servir de pódio para nomes que adicionam ou adicionarão bastante valor ao cenário musical mundial.  Endereço: Weteringschans 6-8, 1017 SG. Aberto 24h diariamente.

Melkweg – como já deu para perceber, Amsterdã é a cidade onde “nada se perde, tudo se transforma”, nesse caso a antiga fábrica de leite foi transformada em Teatro, Cinema, Club e Cafeteria. Outro lugar mítico, onde todas os grandes, médios e pequenos passaram ou passarão. O programa oferece absolutamente tudo para todos os gostos. Um lugar incrível. Endereço: Lijnbaansgracht 234a, 1017 PH. Funciona 24h, 7 dias por semana.

O novo Melkweg, tudo que interessa num só lugar. (Foto: teh.net)
O novo Melkweg, é tudo o que interessa num só lugar. (Foto: teh.net)

Visite também: Sugar Factory (Lijnbaansgracht 238, 1017 PH) , OT301 (Overtoom 301, 1054 HW) , Studio 80 (Rembrandtplein 17, 1017 CT) e Club Air (Amstelstraat 16, 1017 DA).

Números de Emergência:

Polícia, incêndio, emergencia: 112
Polícia (perguntas) 0900 8844
Reportar um crime (Anônimo): 0800 7000
Médico (Emergência):  088 00 30 600
Dentista 24hs: 0900 821 22 30
Farmácia (depois de 23:00hs): 020 – 5923315
Emergência veterinária: 0900 – 210.00.00
Consulado brasileiro em Rotterdã: +31 85 902 2600

*Foto destaque: flickr.com/photos/romanboed/

Data

26 de November, 2014

Share

Assine nossa newsletter