Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.
As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 12.07

As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 12.07

Data

11 de July, 2019

Share

MangoLab – Fervo Julino

A cantora Duda Beat | Foto: Divulgação

Laboratório cultural e vitrine artística para a nova geração da música brasileira, o MangoLab volta a esquentar a cidade. No evento Fervo Julino, que ocupa o BCo, no Santo Cristo, a música pop se une com o cancioneiro regional do país num festão regado a comidas típicas, xote e carnaval fora de época. O headliner da noite será o MangoBaile, uma banda que recriará em forró grandes sucessos, com convidados no palco. Saca só essa lista: passarão por ali Duda Beat, a banda Biltre, a cantora Illy e os ícones LGBT Potyguara Bardo e Mateus Carrilho. Depois, o Sexteto Sucupira ainda fará uma mistura de baiões, xaxados e ijexás com jazz. A noite se encerra com um set de Omulu, uma performance do bloco Minha Luz é de Led e os DJs Facchinetti, Rafa Canholato e DJ Dudu Jardim. O que não falta é tempo para tudo isso! Aliás, abaixo você confere um listão com as festas juninas deste finde.

MangoLab | Fervo Julino. Sábado (13.07), às 22h. Ingressos a partir de R$ 50, aqui.
BCo. Rua General Luís Mendes de Morais, 210 – Santo Cristo.

Sopa

A última edição da festa Sopa no cinema | Foto: LastNite

Nem vem de garfo, que esse tempinho frio está pedindo uma Sopa… Após uma irreverente edição no cinema, a festa comandada por Armando Babaioff e Marcello H volta ao mesmo lugar, para uma nova dose de música pop e brasileira + maratona cinematográfica. Tudo ao mesmo tempo agora. Isso mesmo. No Estação Net Rio, em Botafogo, a madrugada de sábado para domingo será assim: no amplo saguão do espaço, o povo dança como se não houvesse amanhã; nas poltronas da sala 5, o povo assiste a um filme na telona (serão três produções de um mesmo diretor — surpresa — exibidas em sequência, enquanto o som rola lá fora). A entrada é gratuita. Como não amar?

Sopa no Estação. Sábado (13.07), às 23h30. Ingressos gratuitos até meia-noite (com nome aqui) e R$ 20, aqui.
Estação Net Rio. Rua Voluntários da Pátria, 35 – Botafogo.

Climão

O produtor Carrot Green, nome que desponta na cena eletrônica brasileira atual | Foto: Divulgação

Em solo tupiniquim, a gente bebe música regional, come música eletrônica e vomita uma mistura mais gostosa do que os ingredientes do início. É mais ou menos essa cartilha antropofágica que a festa Climão tem seguido. Em épocas juninas/julinas, o processo se torna ainda mais potente e saboroso. Em edição “São João”, a noite comandada pelos DJs Carrot Green e Gigios ganha força com a participação do grupo Forró Red Light (quem aí não se lembra da performance que eles fizeram no último Queremos Festival?). Coisa bem boa.

Climão de São João. Sábado (13.07), a partir das 19h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui.
O local será divulgado apenas no dia do evento, aqui.

Sango

O DJ Sango | Foto: Divulgação

O produtor e DJ americano Sango volta ao Rio para performar sobre suas músicas originais, num live set único, especialmente elaborado para a tour atual. Em 2014, o artista surpreendeu brasileiros ao lançar o elogiado disco “Da Rocinha 2”, repleto de citações ao som de bailes funks. Uma curiosidade: até então, ele nunca havia vindo para o país, e apenas tinha como referência o que ouvira no game “Call of Duty”. Nesta apresentação, ele traz consigo Ant Blue Jr e artistas locais escolhidos por si a dedo, como Marginal Men, Larinha, Carlos Do Complexo, Bia Marques e VHOOR. Dá para conferir o som do moço de 27 anos aqui, ó.

Sango. Sábado (13.07), às 22h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui.
PortoLab. Via Binário do Porto, 310 – Santo Cristo.

Peraí, que tem mais

O ano começa a acabar (eis o segundo semestre aí), e iniciamos uma nova fase: nesta semana, rola a boa e velha Querida Intriga, para geral dançar ao som que geral gosta. A música eletrônica é garantida pelos DJs Dani Milk, Jabour, Guerrinha e Abréia.
Querida Intriga. Sexta-feira (12.07), às 23h. Ingressos a R$ 15, com nome na lista (aqui), e R$ 20.
Geral. Rua Teotônio Regadas, 13 – Lapa.

O Circo Voador volta aos anos 70 e 80 com mais uma edição da festa Ploc. Desta vez, participam do dançante retorno ao passado Rafael Ilha e Alex Gil (a dupla é ex-Polegar), Luciano (do Trem da Alegria), Silvinho Blau Blau, João Penca, Dr. Silvana, Banda Ploc, entre outros.
Festa Ploc. Sexta-feira (12.07), às 22h. Ingressos a partir de R$ 60, aqui.
Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Lapa.

Sensação recente na noite carioca, o evento Samba nas Ruínas volta a ocupar um dos endereços mais deslumbrantes da cidade, com uma roda no alto de Santa Teresa. É para dançar. É para sambar. É para cantar. É para ver. É para assistir.
Sambas nas Ruínas. Sexta-feira (12.07), às 18h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui.
Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa.

Festa dedicada ao samba e à black music – charme, hip hop, passinho -, a Balaio Bom ocupa a Praça Tiradentes com um evento incrementado por expositores de gastronomia artesanal.
Balaio Bom. Sexta-feira (12.07), a partir das 18h. Gratuito.
Praça Tiradentes, s/nº – Centro.

O grupo Candombaile Carioca promove um espetáculo dançante com músicas latino-americanas. Prepare o remelexo nos quadris!
Candombaile Carioca. Sexta-feira (12.07), às 20h30m. Ingressos a R$ 25.
Trapiche Gamboa. Rua Sacadura Cabral, 155 – Gamboa.

Dedicada a experimentações sonoras entre o eletrônico, o deep techno e a música regional, a Gruta – Portal da Caixa Preta recebe, neste finde, os DJs Meraki (da ZARAGATA – SP), Artimpakt (da Casulo-Floripa), Yas Zyngier (da Finalmente / Aquete – se) e TSFN.
Gruta – Portal da Caixa Preta. Sábado (13.07), às 23h. Ingressos a partir de R$ 10, aqui.
O local será divulgado no dia do evento, aqui.

A primeira edição da Festa Tropicana mistura música eletrônica, black music e funk. De gra-ça.
Festa Tropicana. Sábado (13.07), às 22h. Gratuito.
A Garagem. Rua da Carioca, 85 – Centro.

Experimentação multicultural, trans-histórica e ligada aos efeitos passados, presentes e futuros da diáspora negro-africana, a Mariwô ocupa a Quadra do Fala Meu Louro com apresentação de MC Catenn e discotecagem de Alada, Bbwju, Caio Rosa, Ciana, Glau Tavares, Pedra Pomes e Wc do Karatê.
Mariwô. Sábado (13.07), às 23h. Ingressos a partir de R$ 15, aqui.
Quadra do Fala Meu Louro. Rua Dr. Waldemar Dutra, 19 – Santo Cristo.

Peraí, que tem festa junina

A festa Caufuçu organiza um arraiá atrás do IFCS, o Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ, no Centro.
Arraiá Cafuçu. Sexta-feira (12.07), às 22h. Gratuito.
Largo de São Francisco de Paula, 1 – Centro.

E a festa julina da Lagoa segue firme e forte, no Lagoon. Neste finde, as atrações são: Forró de Rabeca (sexta-feira); Mestre Marro (sábado); e Trio de Janeiro, Chico Santos e Forro de Rabeca (domingo). Haverá barraquinhas com quitutes.
Festa Julina da Lagoa. Sexta-feira´(12.07), das 16h às 23h. Sábado (13.07) e domingo (14.07), do meio-dia às 23h.
Lagoon (terraço). Av. Borges de Medeiros, 1424 – Lagoa.

O bloco Amigos da Onça organiza o Arraiáwww Amigos da Onça, com as participações de Júlia Vargas, Forróçacana e Mestrinho. A Companhia Folclórica do Rio também realiza uma performance por lá, numa espécie de “carnajunino”. Afinal, nunca é demais o carnaval… Uma observação importante: os ingressos estão chegando ao fim.
Arraiáwww Amigos da Onça. Sábado (13.07), às 20h. Ingressos a R$ 50, aqui.
HUB. Avenida Professor Pereira Reis, 50 – Santo Cristo.

O arraial do Galpão Ladeira das Artes tem shows dos grupos Cordel Negro, Coconomã e Tupife.
Arraiá do Galpão. Sábado (13.07), das 15h às 23h. Ingressos a R$ 15, com nome na lista (aqui), e R$ 20.
Galpão Ladeira das Artes. Rua Conselheiro Lampreia, 225 – Cosme Velho.

…E depois da festa do Galpão, rola After do Galpão. No Casarão Floresta, também no Cosme Velho, a farra vira a madrugada, com apresentações de Coconomã, Trio Rapina e Bailique.
After do Galpão. Sábado (13.07), às 22h. Ingressos gratuitos para quem for ao Arraiá do Galpão e R$ 20 para quem não for ao Arraiá do Galpão.
Casarão Floresta. Rua Conselheiro Lampreia, 115 – Cosme Velho.

O Leão Etíope do Méier põe para frente uma arretada festa em praça pública, que tem como ápice o show de Carlos Malta & Pife Muderno (às 21h).
Leão Etíope do Méier – 25 Anos de Carlos Malta & Pife Muderno. Sábado (13.07), a partir das 18h. Gratuito.
Praça Agripino Grieco, s/nº – Méier.

O grupo Forró de Pife é a atração principal do arraiá do Espaço Mova. A banda Rabecaria também participa do baile que contará com expositores artesanais. Para os iniciantes na dança: haverá aula de forró ao longo de toda a noite!
Arraiá do Mova. Sábado (13.07), a partir das 19h. Ingressos a R$ 10 até 22h e R$ 20 após.
Espaço Mova. Rua Hermenegildo de Barros, 73 – Glória.

Taí a opção de arraial mais inusitado e fofíneo deste finde. No Parque Guinle, um arraiauau transforma cadelas e cachorros em cãopiras. Bora dançar quadrilha (ops, cãodrilha) com os pets?
Arraiá Vet Care. Sábado (13.07), das 10h às 13h. Gratuito.
Parque Guinle. Rua Gago Coutinho, s/nº – Laranjeiras.

Rodrigo Maranhão e Mariá Pinkusfeld são convidados especiais do Arraiá da Vizinha, em Botafogo. Forrozinho dos bons…
Forró da Vizinha. Domingo (14.07), das 17h às 22h. Gratuito.
Vizinha 123. Rua Henrique de Novais, 123 – Botafogo.

Data

11 de July, 2019

Share

Filipe Isensee e Gustavo Cunha

Filipe nasceu em Salvador, mudou-se aos 9 anos para Belo Horizonte e, aos vinte e poucos, decidiu encarar o Rio de Janeiro. Há quatro anos conheceu Gustavo, cria da capital fluminense. Jornalistas culturais, gostam de receber amigos em casa e ir ao cinema. Cada vez mais são adeptos de programas ao ar livre - sempre que podem, incluem no passeio Chaplin, esperto vira-lata adotado há um ano.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.