De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana no Rio: 20.10

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

19 de October, 2017

Share

Multiplicidade

Índios Kuikuros, do Xingu. Foto: divulgação

Nesta terceira semana de Multiplicidade, nove indígenas do povo Kuikuro, do Xingu, participam do festival, em palestras, conversas, filmes, workshops, instalações audiovisuais, ritos e linguagens, trazendo a cultura Kuikuro para o Oi Futuro.  Entre os destaques, uma apresentação dos artistas kuikuros, com rituais, danças, cantos, lutas e contação de histórias, no sábado. Confira a programação completa.

Multiplicidade. Quinta-feira a domingo (19 a 22.10), das 11h às 20h. Grátis
Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo – 3131-3060

Cine Art Jazz

O filme ‘João de Deus – O silêncio é uma prece’, de Candé Salles. Foto: divulgação

O evento une gastronomia, música e cinema. No sábado, as atrações são o filme ‘João de Deus – O silêncio é uma prece’ (2017), de Candé Salles, o DJ Tamenpi, a cantora Taryn e o Quinteto Nuclear. Domingo, é a vez do longa ‘Boa sorte’ (2015), de Carolina Jabor, o DJ Gustavo MM e os shows de Quarto e Cozinha + Alma Thomas e Bondesom.

Cine Art Jazz. Sábado (21.10), das 14h à 0h. Domingo (22.10), das 14h às 22h. Ingressos: R$ 50
Planetário da Gávea. Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea

Domingos nas Casas

As Casadas Casadas abrirão ao público aos domingos. Foto: Cyro A. Silva

A partir deste fim de semana, sempre aos domingos, shows de música clássica, hip hop, balé, teatro infantil e contação de histórias aos jardins das Casas Casadas, sede da RioFilme, em Laranjeiras, imóvel tombado pelo patrimônio histórico, erguido em 1880 e que ficou fechada para visita nos últimos anos. A estreia fica por conta da Camerata Laranjeiras, formada por jovens de bairros pobres e da escola alemã Corcovado.

Domingo nas Casas. Domingo (22.10), às 10h. Grátis
Casas Casadas. Rua das Laranjeiras, 307 – Laranjeiras

Ping

A instalação ‘Ambientes infláveis’, de Hugo Richard e Natali Tubenchlak. Foto: divulgação

Realizado no belo espaço onde funcionou a Casa Daros (que hoje abriga uma escola), o evento convida o público a conferir oficinas, vivências, obras interativas, uma feira de trocas, palestras (de nomes como Gringo Cardia), cinema ao ar livre e opções gastronômicas. Confira a programação.

Ping Festival. Sábado (21.10), das 10h às 20h. Domingo (22.10), das 10h às 18h. Grátis
Escola Eleva.  Rua General Severiano, 159 – Botafogo – 4042-2492

Peraí, que tem mais

Integra. Sexta-feira (20.10), das 18h às 23h. Sábado (21.10), das 15h às 21h. Grátis
Centro Metropolitano. Rua Abelardo Bueno, 600 – Barra

Tour Cosme Velho. Sexta-feira (20.10), das 13h30 às 16h30. Contribuição a partir de R$ 10
Ponto de Encontro: Igreja São Judas Tadeu. Rua Cosme Velho, 470 – Cosme Velho

Canto Nordestino no Leme. Sábado e domingo (21 e 22.10), das 13h às 22h
Praça Almirante Júlio de Noronha, Leme

Empodere-se 021. Sábado e domingo (21 e 22.10), das 10 às 18h. Grátis (palco principal) e R$ 30 (peças)
Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa – 2215-0621

FestRio Judaico. Domingo (22.10), das 9h às 17h. Grátis
Praça Nossa Senhora da Paz, Ipanema

Save the date

Exposição ‘Henri Matisse – Jazz’

‘O cavalo com a amazona e o palhaço’, obra de Henri Matisse

A mostra, que abre na próxima terça-feira, reúne 20 pranchas impressas com a técnica au pochoir, feitas especialmente para o álbum ‘Jazz’, publicado em Paris, em 1947. Durante dois anos, o pintor experimentou cores e formas, utilizando folhas de papel que coloria com vivos e brilhantes tons de guache. Recortava até atingir o resultado que pretendia. O processo de edição do álbum, iniciado em 1942, durou cinco anos.

Exposição ‘Henri Matisse – Jazz’. Abertura: Terça-feira (24.10), às 19h. De terça-feira a domingo, das 10h às 21h. Até 22 de dezembro. Grátis
Caixa Cultural. Galeria 1. Av. Almirante Barroso, 25 – Centro – 3980-3815

Somos Tropicália – 50 anos do movimento

Christovam Chevalier, Patricia Mellodi e Alexandre Rabello. Foto: divulgação/Luciana Queiroz

Nesta edição da celebração poético-musical da Tropicália, a cantora Patrícia Mellodi, acompanhada pelo multi-instrumentistas Alexandre Rabello, interpreta canções de Torquato Neto, um dos principais compositores do movimento. poeta e jornalista Christovam de Chevalier, que ao longo da apresentação fará intervenções poéticas com textos autorais e tropicalistas

Somos Tropicália – 50 anos do movimento. Quarta e quinta-feira (25 e 26.10), às 20h. Ingressos: R$ 1
Gabinete de Leitura Guilherme Araújo. Rua Redentor, 157 – Ipanema  – 2523-1553

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

19 de October, 2017

Share

Kamille Viola

Kamille Viola é jornalista cultural, apaixonada por música, comida e viagens. Adora mostrar cantos menos conhecidos do Rio para quem vem de fora - e quem é da cidade também. É daquele tipo de gente para quem escrever não é uma escolha: é a única opção.

Ver todos os posts

Comentários

  • Faltou muito La Cumbia. Festa consagrada e do día especial De los Muertos.
    - Larissa Campos

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.