De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana no Rio: 20.10

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

19 de October, 2017

Share

Espetáculo ‘Dançando no Escuro’

O elenco de ‘Dançando no escuro’. Foto: divulgação/Nana Moraes

O musical é uma adaptação do filme de Lars von Trier, estrelado pela cantora Björk. Com texto do americano Patrick Ellsworth, direção de Dani Barros e Marcelo Alonso Neves, a adaptação traz ao palco o drama de Selma, uma imigrante tcheca nos Estados Unidos com uma doença degenerativa que a leva à cegueira. Ela quer evitar que o filho tenha o mesmo destino, mas diversos incidentes trágicos se sucedem. Quatro músicos, três deles cegos, tocam a trilha ao vivo.

Espetáculo ‘Dançando no Escuro’. Estreia: Quinta-feira (19.10), às 19h. De quinta-feira a sábado, às 19h. Domingo, às 18h. Até 19 de novembro. Ingressos: R$ 7,50 (Associados Sesc), R$ 15 (jovens até 21 anos, estudantes e maiores de 60 anos) e R$ 30
Sesc Ginástico. Av. Graça Aranha, 187 – Centro – 2279-4027

Espetáculo ‘Josephine Baker — A Vênus Negra’

Aline Delunno é Josephine Baker em cena. Foto: divulgação/Lu Valiatti

Reestreia do elogiado espetáculo, escrito por Walter Daguerre, dirigido por Otávio Müller e estrelado por Aline Deluna, conta a história da cantora negra que sofreu com o racismo em sua terra natal, os Estados Unidos, e foi aclamada na França. Em cena, a atriz é acompanhada pelo trio de jazz formado por Dany Roland (bateria e percussão), Christiano Sauer (contrabaixo, violão e guitarra) e Jonathan Ferr (piano e escaleta).

Espetáculo ‘Josephine Baker — A Vênus Negra’. Reestreia: Quinta-feira, às 19h30. De quinta-feira a domingo, às 19h30. Ingressos: de R$ 50 a R$ 60. Até 17 de dezembro
Teatro Maison de France. Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro

Mostra Jacques Demy: Entre o realismo e a fantasia

Catherine Deneuve em ‘Pele de asno’. Foto: divulgação

Últimos dias da mostra, que traça um painel da carreira do cineasta francês Jacques Demy (1931-1990), associada à música de compositores importantes como Michel Legrand e ao talento de estrelas como Catherine Deneuve, Marcello Mastroianni e Gene Kelly. Entre os destaques, ‘Os Guarda-Chuvas do Amor’ (1964), que passa nesta quinta às 16h, e ‘Pele de Asno’ (1970), atração de domingo às 14h, ambos estrelados por Deneuve. Além disso, a retrospectiva apresenta filmes de cineastas que foram influenciados por sua obra, como ‘Jacquot de Nantes’ (1991), de Agnès Varda, que passa domingo, às 16h.

Mostra Jacques Demy: Entre o realismo e a fantasia. Quitna-feira a domingo. Confira a programação. Ingressos: R$ 2 (meia-entrada) e R$ 4
Caixa Cultural. Av. Almirante Barroso, 25 – cinemas 1 e 2, Centro – 3980-3815

Peraí, que tem mais

Mostra ‘Joias do cinema dinamarquês’. Ver programação. Ingressos: R$ 8. Até 1º de novembro.
Cine Joia: Shopping 680. Av. Nossa Sra. de Copacabana, 680 – Copacabana – 2236-5624

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

19 de October, 2017

Share

Kamille Viola

Kamille Viola é jornalista cultural, apaixonada por música, comida e viagens. Adora mostrar cantos menos conhecidos do Rio para quem vem de fora - e quem é da cidade também. É daquele tipo de gente para quem escrever não é uma escolha: é a única opção.

Ver todos os posts

Comentários

  • Faltou muito La Cumbia. Festa consagrada e do día especial De los Muertos.
    - Larissa Campos

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.