Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 10.05

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

09 de May, 2019

Share

T.T. Burger & Fazendo Futuro

E a tortura que é olhar pra essas fotos no fim do expediente? SACA SÓ O BABADO: Recém-lançado pela Fazenda Futuro, foodtech brasileira voltada para a produção de alimentos sem origem animal, o hambúrguer de planta que imita o sabor, a textura e o cheiro da carne bovina invade o cardápio do T.T. Burger a partir desta sexta (10/5). A rede foi escolhida pela empresa para apresentar aos consumidores a novidade, que no melhor estilo T.T. ganha montagem com queijo – ou versão da NoMoo para os veganos -, ketchup de páprica, cebola agridoce, tomate e alface romana no pão de batata. TAKE MY MONEY!

T.T. BURGER + FAZENDA FUTURO. R$38 (versão com queijo tradicional) e R$47, (com queijo vegano NoMoo) 
A partir de sexta (10.05) em todas as lojas do T.T. 

Brunch Inaugural do Sud, o pássaro verde

Eu já recomendei o Sud, né? Mais de uma vez. A casa/café da Roberta Sudbrack é um dos melhores cantinhos do Rio hoje, e normalmente não abre domingo. Normalmente. Mas neste dia das mães a chef resolveu fazer um teste e vai abrir para o seu primeiro brunch na casa nova. Pensem. Reflitam. Imaginem o que é um brunch da Roberta. Então é isso.

Primeiro Brunch do Sud. Domingo, (12.05) a partir das 10h. Reservas antecipadas para os horários de 10h e 12h pelo [email protected]. Após às 12h funciona por ordem de chegada.
Sud. Rua Visconde de Carandaí, 35 – Jardim Botânico.

Brunch Especial Dia das Mães

Agora, quem tiver numa vibe mais pompa e circunstância,  pode levar a mãe nesse eventinho nada básico no copa. Tem presente melhor? Eu acho que não. O babado rola no nono Pérgula, que já recomendamos aqui, com direito estação dos restaurantes MEE e Cipriani, além de música ao vivo e um mimo do Copa para todas as mamães que estiverem presentes.

Brunch Especial Dia das Mães. Domingo (12.05) às 13h. Valor por pessoa: R$ 360.
Copacabana Palace. Avenida Atlântica, 1702 – Copacabana. 

Peraí, que tem mais

Se você por algum motivo não pode comemorar o dia das mães no domingo, ou quer comemorar duas vezes, eis aqui uma opção muito clássica.
Chá da Tarde edição especial Mães na Confeitaria Colombo. Sexta (09.05) às 17h. Valor por pessoa: R$ 130. Confeitaria Colombo. Rua Gonçalves Dias, 32 – Centro.  

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

09 de May, 2019

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.