Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do feriado Corpus Christi no Rio de Janeiro: 19.06

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

19 de June, 2019

Share

Vitrolinha com TataOgan convida Letrux Dj Set

Aê – quem nunca testemunhou um DJ set da Letícia não faz a menor ideia do que está perdendo. Quer dizer, talvez faça. Pra vocês terem uma noção, pelo que ela está postando lá no mural do evento, vai rolar até “No Scrubs”. Isso porque quem também vai tocar é Tata Ogan, na minha modesta opinião uma das melhores DJs brasucas da atualidade. Tava dizendo outro dia que quando meu dia tá ruim, só este set aqui salva. True that, amigos. Pra abrir o feriado, na Lapa, num rooftop lindo. Cheguem cedo cedíssimo se quiserem entrar – avisei.

Vitrolinha com TataOgan convida Letrux Dj Set. Quarta (19.06) às 19h. Gratuito (sujeito a lotação).
Selina Hotel. Largo da Lapa 9 – Lapa (ao lado da Sala Cecília Meirelles).

Velcro @ganjah

Aí vocês já saem da Vitrolinha direto pra Velcro, que também é na Lapa. Sério, a Velcro é um bailão. Bailão sapatão, mas eu sou hétero e amo ir com as amigas. É muito libertador existir numa festa sem homem hétero enchendo o saco. São duas pistas. Toca pop, toca funk feminista, toca clássicos. Tem também um rooftop pra relaxar e flertar. A Tata Ogan sai da Vitrolinha e vai pra lá, e o resto do line up também tá amazing, então é tiro certo.

Velcro @ganjah. Quarta (19.06) às 23h30. Ingressos a partir de 20, aqui.
Ganjah. Rua do Rezende, 82 – Lapa. 

Peraí, que tem mais

Ainda na quarta, na banca mais animada da cidade, um jazz delícia pra quem quiser sair do trabalho direto pro #quartou.
Jazz na Cinelândia. Quarta (19.06) às 18h. Gratuito.
Banca do André. Saída C do metro Cinelândia. Ao lado da Biblioteca Nacional e do Centro Cultural Justiça Federal.

Sabadão quem não quiser ir a festa junina e preferir um bom tuntz tuntz mesmo, cola aqui.
Dissolvë [100.Tempø]. Sábado (22.06) às 23h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui. 
Local a ser divulgado – Centro. 

Festa Junina

(Aqui estão as festas mais raiz. Há “shows juninos” na aba “Pra ver show”, ok?)

O Maior São João do Rio!

A Feira de São Cristovão faz os melhores arraiás da cidade – e os mais tradicionais. Ao longo de junho e julho rolam alguns, mas este certamente será um dos melhores, pois que JOELMA, amigos. Joelma. Não espere conforto, não espere um lance tranquilo, mas espere sim o jambu tremer e aquela vibe louca da feira, que quem gosta gosta mesmo. Eu adoro.

O Maior São João do Rio! Quarta (19.06) às 22h. Ingressos a partir de R$ 30 (apenas no local).
Feira de São Cristóvão. Campo de São Cristovão, s/n – São Cristovão.

Arraiá do Prata Preta

Que o Prata Preta é um blocão de carnaval, todos nós já sabemos. Mas vocês sabiam que também é uma baita festa junina? Pois é. Uma festa clássica, na queridíssima Praça da Harmonia. No dia 21 vai rolar a participação do grupo “Os 03 Forrozeiros” e a quadrilha “Canta Coruja”. É pra ir super à caráter, sim?

Arraiá do Prata Preta (21 e 28 de Junho). Sexta-feira (21.06) às 18h. Gratuito.
Praça da Harmonia – Gamboa. 

Festa Junina na Casa de Mystérios

Estou ouvindo muito burburinho acerca dessa festinha, viu? A Casa dos Mystérios é um pico super descolado, então acho que realmente promete. Vai ter quadrilha, claro, comidas típicas e tudo mais que uma boa festa junina merece. Ahazou.

Festa Junina na Casa de Mystérios. Domingo (23.06) às 17h. Ingressos: (apenas dinheiro) R$ 20 (adultos) R$10 (crianças / crianças até 5 anos não pagam).
Casa dos Mystérios. Rua Pedro Ernesto casa 21 – Gamboa.

Peraí, que tem mais

Claro que ia ter festa no HUB-RJ, né? E claro que os novos blocos de carnaval queridinhos iam querer fazer a sua, né? Então taí – sincretismo puro – o Arraiá do Blocos. Será que toca marchinha em ritmo junino? Aposto que sim!
Arraiá dos Blocos : Candybloco :Eclética :Sai, Hétero RJ Quarta (19.06) às 23h. Ingressos a partir de R$ 20, aqui.
HUB-RJ. Avenida  Professor Pereira Reis, 50 – Santo Cristo. 

E pra quem quer se fantasiar, mas não curte as músicas típicas, tem? Tem sim senhores. Quadrilha indie porque sim, Brasil! ArraIndie da Matriz | Atrações Juninas + Pista Indie & Rock! Sexta (21.06) às 23h. Ingressos a partir de R$ 10, aqui. Casa da Matriz. Rua Henrique de Novaes, 107 – Botafogo. 

Pra quem quiser um arraiá mais chique, com direito a set do João Brasil e canja do Céu na Terra, tem o arraiá babado do Morro da Urca.
Viva São João: O Grande Arraiá do Morro da Urca Sexta (21.06) às 21h. Ingressos a partir de R$ 80, aqui.
Morro da Urca. Avenida Pasteur, 520 – Urca. 

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

19 de June, 2019

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.