De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana no Rio: 11.05

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

10 de May, 2018

Share

Pré-estreia de “O Processo” no Estação

Nada é mais imperdível neste finde que a estreia do documentário de Maria Augusta Ramos, que narra o processo de impeachment de Dilma Roussef. O filme, que fez sua estreia internacional no festival de Berlim, e ficou em terceiro lugar na escolha do público da seção Panorama, foi exibido no Rio durante o festival “É Tudo Verdade” e causou muito furor e filas – tanto que ganhou até sessão extra. O doc entra em cartaz oficialmente no dia 17, mas quem está tão curioso quanto eu pode ir ver no sábado.

Pré-estreia de “O Processo” no Estação. Sábado (12.05).Ingressos a partir de R$ 10, no site da ingresso.com. 
Estação NET Rio (21h15), Estação NET Gávea (21h40) e Estação NET Ipanema (21h10). 

Circuito Baixada Filma

Quando alguém manda uma real bem mandada, não adianta nem tentar dizer melhor. Eu abro é aspas pro manifesto A Baixada Filma: “Estamos no Recôncavo da Guanabara e temos um recado urgente e necessário pra mandar. A Baixada Fluminense é, já há um bom tempo, um dos maiores pólos de Produção Audiovisual do país. Seu pulsante circuito de produção e difusão independente há décadas resiste e reinventa os modos de fazer cultura, botando na roda artistas, técnicos, produtores e trabalhadores da cultura que compõem o elenco das grandes produções fluminenses e nacionais.”

Circuito Baixada Filma. Quinta e Sábado (10 e 12.05) às 15h. Ver detalhes da programação aqui. Gratuito. Diversos lugares.

Navalha na carne

A intensa encenação da peça “Navalha na Carne”,  que sacudiu a cena teatral carioca ao estrear num prostíbulo na Praça Tiradentes, passou pelos principais festivais brasileiros e chegou a Portugal, onde também foi sucesso de público. Agora, a montagem está volta ao Rio e tem como palco um quarto do Castelinho do Flamengo. Censurado em 1967 pela Ditadura, o texto clássico de Plínio Marcos ganha montagem onde os atores Marta Paret, Rogerio Barros, Danilo Watanabe e Zé Wendell mergulham de forma visceral no universo marginal do autor, dirigidos por Rubens Camelo.

Navalha na carne. Sábado (12.05) às 20h. Ingressos a partir de R$ 40, somente no local.
Castelinho do Flamengo. Praia do Flamengo, 158 – Flamengo.

Quem escreveu

Luiza Vilela

Data

10 de May, 2018

Share

Luiza Vilela

Luiza S. Vilela é paulistana naturalizada capixaba, mas foi parar no Rio pra cursar letras há 12 anos e nunca mais saiu. Fugiu da vida acadêmica pra escrever, produzir conteúdo e, mais recentemente, casar pessoas. Já coordenou a editoria de FVM e Culinária da Revista Capitolina e contribuiu com Matador, Noo, Rio Etc, Modices e tantas outras. Bate um papo reto sobre literatura, claro, mas também sobre moda, culinária, feminismo e esportes. Site: www.luizaescreve.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.