De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

As boas do fim de semana no Recife: 01.06

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

30 de May, 2018

Share

O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu

Renata Carvalho no espetáculo O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu. Foto: Ligia Jardim

Depois de um primeiro fim de semana que gerou altos burburinhos, o Trema! Festival mantém uma pulsação forte nas últimas noites. No encerramento, que será domingo, às 19h, no Teatro Apolo, o público assistirá à peça O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu (SP), que tem a atriz trans Renata Carvalho no papel de Cristo. Em outros estados, o espetáculo tem sofrido perseguições e censura. O que o próprio Jesus acharia disso tudo? A programação também ainda inclui as peças Luzir é Negro! (PE), Alguém pra Fugir Comigo (PE), A Invenção do Nordeste (RN) e DNA de Dan (PR).

Trema! Festival. Diariamente até domingo (03.06). Ingressos: R$ 15 (O Evangelho) e grátis (demais peças).
Teatros Apolo, Hermilo, Arraial, Benfica, Camaragibe e Marco Camarotti.

Peraí que tem mais:

Em pré-estreia, o cineasta argentino Ivan Granovsky conversa com o público recifense sobre seu documentário que registra uma jornada por conflitos políticos internacionais. Na mesma sessão, será exibido o curta The Beast, com a presença do diretor Michael Wahrmann.
Los Territorios e The Beast. Domingo (03.06) às 18h. Ingressos: R$ 7 (meia) e R$ 14.
Cinema da Fundação. Rua Henrique Dias, 609, Derby.

Em sessão matinal, uma chance rara para ver um clássico da fase norte-americana de Michelangelo Antoninoni, com Jack Nicholson no elenco.
Passageiro: Profissão Repórter. Domingo (03.06) às 10h30. Ingressos: R$ 2.
Cinema da Fundação. Rua Henrique Dias, 609, Derby.

Aquele festival altamente questionável ainda existe e continua cheio de bizarrices, embora com alguns filmes interessantes escondidos no meio da programação (tem o doc sobre Henfil, o novo de Luiz Rosemberg Filho e uma retrospectiva de Kátia Mesel).
Cine PE. A partir desta quinta (31.05). Grátis.
Cinema São Luiz. Rua da Aurora, 175, Boa Vista, Centro.

Com ingressos mais baratos, em uma sessão por dia, já entrou em cartaz o bonito longa-metragem da cineasta pernambucana Tuca Siqueira, com Aderbal Freire Filho e Juliana Carneiro da Cunha no elenco.
Amores de Chumbo. Segunda a sexta às 19h. Ingressos: R$ 6 (meia) e R$ 12.
Cinemark Cinemas. Shopping RioMar, Pina.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

30 de May, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.