Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 07.06

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

06 de June, 2019

Share

É o coração de tudo por Daniela Paoliello

Abertura da exposição “É o coração de tudo”, individual da mineira Daniela Paoliello, que sempre traz poesia em suas imagens. Nessa expo, nas imagens é estabelecida uma relação entre a fotografia, o vídeo e a auto performance, em que o corpo da própria artista atua exclusivamente para a câmera, distante do olhar direto do público. Fotografar sem ver a cena: é uma imagem da ordem do antes (imagem-projeção) e do depois (imagem ao acaso).

É o coração de tudo, Daniella Paoliello. Abertura quinta-feira (06.06), das 18h30 às 21h30. Gratuito.
Galeria Ibeu. Rua Maria Angélica, 168, Leblon.

Harun Farocki por Sérgio Martins

Paralelo I, 2012. Videoinstalação, 16′ © Harun Farocki GbR

O crítico de arte Sérgio Martins discorre sobre “Contramúsica” (2004), obra integrante da exposição “Harun Farocki: quem é responsável”, que reúne filmes e videoinstalações do artista alemão Harun Farocki (1944-2014), realizados entre 1969 e 2014. Com curadoria da cineasta alemã Antje Ehmann e de Heloisa Espada, do IMS, a mostra discute o papel das imagens (fotografias, criptogramas, jogos eletrônicos e realidade virtual) e das formas de produção de imagens em conflitos sociais e bélicos.

Harun Farock por Sérgio Martins. Sábado (08.06), das 17 às 19h. Gratuito por ordem de chegada.
IMS Rio. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea.

O Rio dos Navegantes

Rio dos Navegantes. Imagem: Iemanjá na praia por Evandro Teixeira
Rio dos Navegantes. Imagem: Iemanjá na praia por Evandro Teixeira

A mostra “Rio dos Navegantes” traz uma abordagem transversal da história do Rio de Janeiro como cidade portuária, do ponto de vista dos diversos povos, navegantes e imigrantes que desde o século XVI passaram, aportaram e por aqui viveram. São 550 peças históricas e contemporâneas, entre pinturas, fotografias, vídeos, instalações, objetos, documentos, esculturas, etc. Para celebrar a exposição, a maior do ano, o MAR está com entrada gratuita para todas as suas exposições até 25 de junho.

Rio dos Navegantes. Terça-feira, das 10 às 19h; quarta a domingo, das 10 às 17h. Gratuito até 25.06.
MAR. Praça Mauá, 5, Centro.

Peraí que tem mais

Bate-papo sobre design thinking, um ótimo jeito de organizar projetos.
Organizaê: design thinking para organizar a vida. Quinta-feira (06.08), das 19h30 às 21h30. Gratuito.
Rua Nascimento Silva, 331, Ipanema

“50 anos de realismo” faz um recorte inédito da realidade na arte e tem espaços exclusivos destinados a obras tridimensionais de escultores de diferentes gerações do hiper-realismo, modelos em 3D e realidade virtual.
50 anos de realismo: do fotorrealismo à realidade virtual. Até 29 de julho, de quarta a segunda, das 9 às 21h. Gratuito.
CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro.

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

06 de June, 2019

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.