Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do feriado Corpus Christi em São Paulo: 21.06

Quem escreveu

Tava Passando

Data

19 de June, 2019

Share

Cumbia All Stars

São muitos os paralelos entre a cumbia, nascida na Colômbia e disseminada por toda América do Sul, e o samba, nascido no Brasil. Ambos são fruto da influência da música e da cultura africana no continente, tornaram-se populares nas classes mais baixas e repugnados pelos mais abastados – pois eram considerados estilos musicais de segunda classe – e por muito tempo foram marginalizados. Porém, com a massiva popularidade, tanto a cumbia como o samba se tornaram marcas registradas de seus países de origem, são patrimônios culturais nacionais e respeitados mundo afora. Agora pense numa banda formada pelos maiores sambistas que você possa imaginar, aqueles que estavam lá, que criaram o ritmo como ele é conhecido atualmente. É mais ou menos o que acontece com a cumbia quando falamos do Cumbia All Stars, do Peru, uma reunião de verdadeiras lendas, músicos que estiveram ligados diretamente à criação do ritmo, senhores com mais de 40 anos de estrada que se juntaram e estão rodando o mundo com shows em festivais e feiras musicais. É coisa para assistir de joelhos!

Cumbia All Stars. Sábado (22.06) às 21h30. Ingressos: De R$ 9 a R$ 30.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93. Pompeia

Larissa Luz

Não é arriscado dizer que a cena musical brasileira mais fértil atualmente é a baiana. É de lá que estão saindo algumas das melhores coisas do universo musical brasileiro recente, como Baco Exu do Blues, Giovani Cidreira, Àttooxxá, Xenia França, Luedji Luna, a festa Batekoo, JosyAra, Afrocidade, IFÁ, OQuadro, Maglore e obviamente o BaianaSystem. Não por acaso, Salvador foi a cidade escolhida para sediar a primeira edição brasileira do festival mais cool do mundo, o Afropunk, no ano que vem. Somando nesse rolê, a cantora Larissa Luz desponta entre esta turma boa, muito por conta de ter encarado viver Elza Soares no espetáculo teatral “Elza” e também pelo seu elogiado terceiro disco, “Trovão”, que conta com a participação de dois mestres baianos, Letieres Leite e Lazzo Matumbi, além dos já citados Luedji e Russo Passapusso, do Baiana. Russo inclusive participará dos dois shows da Larissa, neste sábado (22) e domingo (23), para apimentar mais ainda o pop moderno cheio de axé da cantora.

Larissa Luz com part. Russo Papapusso. Sábado (22.06) às 21h e domingo (23.06) às 18h. Ingressos: De R$ 9 a R$ 30.
Sesc Bom Retiro. Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro

A Onda Errada

Se você curte experimentalismo eletrônico, drones sonoros e paisagens e texturas musicais fora do padrão, prepare-se para imersão neste domingo (23), no Centro Cultural São Paulo. O coletivo/gravadora A Onda Errada leva suas “composições voltadas para a experimentação sonora por meio da palavra e do uso de instrumentos eletrônicos” para a Sala Adoniran, desta vez escudados pelos músicos Carla Boregas (Rakta) e M. Takara (Hurtmold, entre inúmeras outras). Nesta mesma linha unindo música, poesia, artes visuais e performance, rola também o projeto TintaPreta, da cantora, artista plástica, DJ e poeta carioca Liana Padilha (da dupla eletrônica NoPorn). Clica no vídeo aí em cima e sente como a parada é intensa!

A Onda Errada. Domingo (23.06) às 18h. Ingressos: De R$ 10 a R$ 20.
Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Peraí que tem mais

Uma programação extensa e riquíssima, serão 11 apresentações com a presença de Wynton Marsalis, fundador e diretor artístico da big band.
Jazz at Lincoln Center Orchestra com Wynton Marsalis. De quarta (19.06) até domingo (30.06) em diversos horários. Ingressos: De gratuito a R$ 40.
Em diversas unidades do Sesc São Paulo.

Um dos melhores bateristas do Brasil e do mundo acaba de lançar disco solo.
Ivan Conti “Mamão”. Quinta (20.06) às 18h. Ingressos: De R$ 7,50 a R$ 25.
Sesc Santana. Avenida Luis Dumont Villares, 579, Santana

A cantora aproveita a boa fase e o lançamento de seu novo EP, em conjunto com o DJ Nyack.
Luedji Luna. Quinta (20.06) às 21h. Ingressos: De R$ 25 a R$ 30.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

A presença de palco de Salma Jô deve ficar ainda maior no luxuoso Auditório Ibirapuera.
Carne Doce. Sexta (21.06) às 21h. Ingressos: De R$ 15 a R$ 30.
Auditório Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão do Parque do Ibirapuera.

As conexões entre o rock, a vanguarda paulista, o carimbó e a música eletrônica do músico paraense.
Felipe Cordeiro. Sexta (21.06) às 21h. Ingressos: De R$ 9 a R$ 30.
Sesc Bom Retiro. Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro

Eles se definem como “o jazz cósmico do Sun Ra com a urgência do hip hop e a escala emocional de Curtis Mayfield”.
Hypnotic Brass Ensemble. Sexta (21.06) às 21h. Ingressos: De R$ 40 a R$ 80.
Cine Joia. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade

Se liga no time que acompanha o MC: Tulipa Ruiz, Thiago França, Marcos Gerez, Archella, Maurício Takara e Guilherme Granado.
Rodrigo Brandão. Sexta (21.06) e sábado (22.06) às 20h30. Ingressos: De R$ 7,50 a R$ 25.
Sesc Pinheiros. Rua Paes Leme, 195, Pinheiros

Sim, ela voltou! Eba!
Escadaria Do Jazz. Sábado (22.06) a partir das 14h. Gratuito.
Escadaria do Bixiga, Bela Vista

Parte da programação do In-Edit 2019, as bandas se apresentam logo após a exibição do doc Guitar Days.
Pin Ups, Wry, Twinpine(s) e Sky Down. Sábado (22.06) às 18h. Gratuito.
Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Psicodelismo profundo em dose dupla.
Ema Stoned + OZU. Sábado (22.06) às 21h. Ingressos: De R$ 20 a R$ 40.
Z. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 724, Pinheiros

Pela primeira vez juntas, show imperdível!
Thalma de Freitas- Iara Rennó – Ava Rocha. Sábado (22.06) às 21h. Ingressos: De R$ 20 a R$ 25.
FauHaus. Rua Faustolo, 983, Água Branca

O metal ainda tem salvação e ainda respira por conta de bandas excelentes como o Baroness.
Baroness. Domingo (23.06) às 19h. Ingressos: De R$ 150 a R$ 300.
Fabrique Club. Rua Barra Funda, 1071, Barra Funda

Foto de capa: Henry Vela

Quem escreveu

Tava Passando

Data

19 de June, 2019

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.