De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

60 ruas temáticas em São Paulo para fazer compras

Quem escreveu

Iran Giusti

Data

26 de December, 2018

Share

Apresentado por

Uma das coisas mais legais de São Paulo são as ruas temáticas. Tem rua dedicado aos utensílios de cozinha, às noivas, a decoração e até mesmo às lâmpadas e lustres. Selecionamos alguns dos nossos lugares favoritos para abastecer a casa sem gastar muito.

Utensílios de cozinha

kitchen-791181_1920

1. Rua Paula Sousa
Se você curte cozinhar, ou apenas quer comprar algumas coisas para incrementar a sua cozinha, a Rua Paula Sousa é o endereço certo para você.  A real é que a rua é bem focada em donos de bares e restaurantes, então chegando por lá você pode achar que a viagem foi perdida com todas aquelas máquinas industriais. Porém, dando uma chance e batendo perna pelos 650 metros de rua, você vai encontrar uma infinidade de objetos e promoções ao entrar nas lojas. Destaque para a rede “Di Pratos”, que conta com cinco lojas na rua, e para o Armazém das Cestas totalmente dedicada a produtos de vime.

Como chegar: descendo na estação Luz, metrô linhas azul e amarela, pela saída do lado par da Avenida Prestes Maia.

2. Rua 25 de Março 
Não tem quem não conheça a Rua 25 de Março, porém, com tamanha variedades de coisas é muito fácil de se perder e acabar saindo de lá sem comprar o que desejava inicialmente. Caso a sua necessidade é encontrar utensílios de cozinha você deve ficar no trecho que vai do fim da Ladeira Porto Geral até a praça Parque Dom Pedro.  Por lá você encontra duas grandes lojas: a Doural e a Niazi Chohfi. A primeira conta com apetrechos mais elaborados e produtos importados, já a segunda traz em seu último piso, uma enormidades de opções a preços mais amigos.

Como chegar: entre os vários jeitos de chegar lá, a mais prática é descer na estação São Bento do metrô (linha azul) ou pegar um ônibus que desça no terminal Parque Dom Pedro II.

3. Rua General Carneiro

Agora se você é da turma que curte coisa barata mesmo seu destino é a Rua General Carneiro onde está situada, entre várias outras lojas, a Barracão, no nº 145 da rua. Sério, lá é o lugar onde você vai com R$50 e sai com uma cozinha pronta. Só atentar que muita coisa não tem uma qualidade tão boa, mas vale a pena se você está precisando de utensílios e não está podendo gastar.

Como chegar: existem duas formas, descer na estação São Bento do metrô (linha azul) ou pegar um ônibus até o Terminal Parque Dom Pedro II.

Objetos para casa

lighting-1107770_1920
4. Rua da Consolação 
Lustres, luminárias e lâmpadas são o ponto forte da Rua da Consolação na direção ao Centro. São 4 quarteirões repletos de lojas com produtos de diferentes estilos e origens. A única questão é a alta variação de preços, então vá com bastante paciência e disposição para pegar vários orçamentos e ver qual se encaixa melhor no seu.

Como chegar: desça na estação Paulista do metrô (linha amarela) e siga sentido centro. Você também pode chegar de ônibus até o final da Avenida Paulista ou até a Avenida Rebouças.

5. Rua Santa Efigênia
O lar dos eletrônicos, a Rua Santa Efigênia é abarrotada de lojas de produtos e serviços. Por lá você encontra lustres, luminárias, produtos tecnológicos, de segurança e o que mais você puder imaginar. Assim como a Rua da Consolação é preciso ter paciência na hora da compra e bater bastante perna pesquisando preços. Como muitas lojas estão em grandes galerias não deixe de desbravá-las. A dica é: quanto mais no fundo a loja, mais barato é o produto.

Como chegar: você pode descer na estação São Bento do metrô (linha azul) e ir em direção ao Mosteiro de São Bento, atravessando o viaduto Santa Efigênia, ou na estação Luz (linha azul e amarela), saindo em direção a Rua Santa Efigênia.

6. Rua Direita
A Rua Direita é praticamente um shopping popular em linha reta. Lojas de roupas, brinquedos e calçados dividem espaço com bares, restaurantes populares, bancos e o melhor, as lojas de produtos para a casa como a maravilhosa Daiso Japan, que a gente já falou aqui. Vale caminhar com calma pela rua prestando atenção também na rica arquitetura do lugar.

Como chegar: desça na estação São Bento do metrô (linha azul), e saia sentido Rua Direita.

Cama, mesa e banho

towels-1511875

7. Rua Oriente
A Rua Oriente, localizada no Brás, já foi referência na hora de buscar bons produtos de enxoval a preço acessível.  Hoje em dia as grandes lojas de produtos de cama, mesa e banho disputam espaço com ambulantes e lojas de roupas, mas ainda vale a ida caso você queira variedade com um valor mais em conta.

Como chegar: desça na estação Brás do metrô (linha vermelha), ou então de trem, descendo na mesma estação (linhas safira, coral e turquesa).

8. Rua Maria Marcolina
Também localizada na região do Brás, a Rua Maria Marcolina é outro pólo de concentração de lojas de roupas de cama, mesa e banho. O bom é que nela também é possível encontrar boas lojas de roupa íntima, então você já sai de lá com um lençol, pijama e meia, pronto para uma boa noite de sono.

Como chegar: desça na estação Brás do metrô (linha vermelha), ou então de trem, descendo na mesma estação (linhas safira, coral e turquesa).

9. Rua João Cachoeira

Já bem longe da região central da cidade temos a Rua João Cachoeira, no Itaim Bibi. De difícil acesso, tem a vantagem de não contar com a super lotação das calçadas e lojas. Destaque para a loja Trousseau, localizada no número 118,4 que traz produtos da caríssima marca com até 50% de desconto.

Como chegar: a melhor forma é de carro, mas caso você opte pelo transporte público é preciso pegar um ônibus que passe na Avenida Nove de Julho ou na Avenida Juscelino Kubitschek.

Antiguidades

pots-738172

10. Rua Cardeal Arcoverde
A famosa Rua Cardeal Arcoverde, no bairro de Pinheiros, concentra uma lista imensa de lojas de antiguidades. Com calma e jeitinho para pechinchar, é possível conseguir ótimas peças a preços bem acessíveis. A super feira pop da Praça Benedito Calixto, que rola aos sábados, é também uma ótima pedida para comprinhas de artigos vintages.

Como chegar: descer na estação Clínicas do metrô (linha verde), ou na estação Oscar Freire (linha amarela) ou ainda pegar qualquer ônibus que passe na própria Cardeal Arcoverde.

11. Rua João  Moura
Uma travessa da Rua Cardeal Arcoverde, a João Moura concentra lojas reconhecidas no mercado de antiguidades como a Loja Teo que conta com peças do renomado (e badalado) arquiteto Sérgio Rodrigues, criador da cobiçada poltrona mole.

Como chegar: descer na estação de metrô Oscar Freire (linha amarela) ou pegar qualquer ônibus que desça a Cardeal Arcoverde

12. Praça Dom Orione
A deliciosa Praça Dom Orione, localizada no coração do Bixiga, concentra uma feirinha de antiguidade aos domingos e também o Jardim Secreto em datas específicas (aos sábados). Mais em conta do que feira da Praça Benedito Calixto, só peca pela pouca variedade de itens, em geral muito menos bem conservados do que o comum. Ideal para quem curte reformar móveis.

Como chegar: desça na estação Brigadeiro do metrô (linha verde) e saia sentido Brigadeiro Luis Antônio – lado centro, descendo até a Rua Treze de Maio.

Discos de vinil

vinyl-931450_1920

13. Rua 7 de Abril
O número de lojas que vendem vinil aumentou muito nos últimos anos após a quase extinção do produto. Apesar de espalhadas pela cidade, a região da Praça da República concentra várias preciosidades. Na Rua 7 de Abril tem a Disco 7 Vinil e a Big Papa Records.

Como chegar: desça na estação Republica do metrô (linhas amarela e vermelha). Pegar a saída 7 de Abril.

14. Rua 24 de Maio
Também na Praça da República, a Rua 24 de Maio é uma das principais ruas da cidade para descobrir ou redescobrir essas raridades. O prédio Boulevard do Centro, no número 188, concentra diversas lojas de vinil, como a clássica Tony Hits, com um catálogo repleto de soul, funk e R&B; a Celsom Records, especializada em música brasileira; e a Chico e Zico, que também tem um acervo fenomenal de música brasileira. Outras duas galerias para explorar são as Galeria do Rock e a Galeria Presidente, que é dedicada à cultura black.

Como chegar: desça na estação Republica do metrô (linhas amarela e vermelha).

Perfumaria e embalagens

hyacinth-747131_1280

15. Rua Silveira Martins
A região da Sé é conhecida por suas ruas temáticas nos mais diversos assuntos. Na Rua Silveira Martins o foco são as essências e embalagens como a Casa das Essências Fortaleza e a Jet Essências e Embalagens. Uma dica é passar por lá para comprar potes para temperos e para guardar coisas em geral.

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linhas vermelha e azul) e descer sentido Rua Anita Garibaldi.

16. Rua Tabatinguera
Uma travessa da Rua Silveira Martins é a Tabatinguera, que também conta com lojas de essências e embalagens. Outro destaque são as diversas papelarias. Você também pode aproveitar a ida na região e ir na Rua do Carmo, que conta com mais lojas e uma unidade do Sesc São Paulo.

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linhas vermelha e azul) e desça sentido Rua Anita Garibaldi.

Fotografia
camera-801924_1920

17. Rua Conselheiro Crispiniano
É também na região da Praça da República que concentra duas grandes ruas de materiais fotográficos. Para começar desbrave a Rua Conselheiro Crispiniano, em especial a Chromur e a Consigo Som e Imagem. Além de câmeras, você encontra lentes, acessórios, filmes e o que mais seu desejo pedir. 

Como chegar: você pode descer em duas estações de metrô, a República ou a Anhangabaú (ambas linha vermelha). Particularmente acho mais tranquilo pela Anhangabaú, saindo pela Rua Xavier de Toledo em direção ao Teatro Municipal.

18. Rua Sete de Abril
A Rua Sete de Abril, próxima à rua Conselheiro Crispiniano, tem também algumas lojas focadas em fotografia. As mais conhecidas são as lojas Angel Foto e Câmera Show. O legal da região é que você também pode ir buscar artefatos vintages e de decoração como carcaças de câmeras.

Como chegar: assim como na Conselheiro Crispiniano, é possível descer na estação de metrô República ou a Anhangabaú (linha vermelha).

Artigos e roupas para festas

19. Rua Barão de Duprat
Sabe todas aquelas bobagens que custam uma fortuna em qualquer loja ou papelaria que você quer para fazer a sua festa? Então, na Rua Barão de Duprat eles custam muito menos. Destaque para a mega loja da rede Matsumoto e para a Festa 25.

Como chegar: Desça na estação São Bento do metrô (linha vermelha) e saia em direção a Ladeira Porto Geral e caminhe duas quadras para baixo da Rua 25 de Março.

20. Rua José Paulino
Algumas ruas da cidade já são conhecidas por todo o país. A Rua José Paulino, que concentra lojas de roupas femininas e vestidos para festa, é uma delas. Para fazer compras por lá vale seguir algumas dicas: vá com foco, pois a variedade é grande. Levar dinheiro em espécie, porque muitas lojas não aceitam cartão e as que aceitam, acabam dando desconto com pagamento em dinheiro. Várias lojas só vendem em atacado e/ou tem dias específicos para venda no varejo.

Como chegar: você pode descer na estação de metrô Tiradentes (linha azul) ou Luz (linhas azul e amarela).

21. Avenida Rebouças
Uma das grandes avenidas da cidade, a Av. Rebouças tem de tudo um pouco, mas é inegável a grande quantidade de lojas de aluguel de roupas para festa. Elas são bastante distantes entre si, então o ideal é ir de carro.

Como chegar: desça na estação Faria Lima do metrô (linha amarela) e vá em direção a Avenida Rebouças ou pegue um ônibus que corta a avenida de ponta a ponta.

22. Rua São Caetano
Outra velha conhecida da cidade é a Rua São Caetano. Nela há uma grande concentração de lojas de vestidos, em especial de noivas. Com os anos ela acabou perdendo o charme e também a variedade de peças, porém procurando bem, é uma das ruas com preços mais baixos.

Como chegar: desça na estação da Luz do metrô (linhas amarela e azul) ou Tiradentes (linha azul) e saia em direção à rua das noivas.

23. Avenida Leôncio de Magalhães
Fora do eixo das ruas temáticas do centro da cidade, a Avenida Leôncio de Magalhães fica em Santana, zona norte de São Paulo. Pela distância e “menor fama” conta com preços mais em conta. Ah, de quebra ainda rolam por lá algumas lojas outlet cheia de promoções.

Como chegar: desça na estação Jardim São Paulo do metrô (linha azul).

Acessórios, uniformes e fantasias

chef-1245676_1920

24. Avenida Tiradentes
Se você está em busca de uniformes, coletes à prova de bala e insígnias, que esperamos que seja para fantasia, a Avenida Tiradentes a partir do número 200 é o lugar certo. O preço não é tão em conta, mas para aquela produção mais elaborada vale o investimento. 

Como chegar: desça ou na estação da Luz do metrô (linhas azul e amarela) ou na estação Tiradentes (linha azul).

25. Rua João Teodoro
Ainda na linha dos uniformes, você pode bater perna no começo da Rua João Teodoro, próxima à Av. Tiradentes. Por ser menos badalada costuma ter preços mais baixos.

Como chegar: desça ou na Estação da Luz do metrô (linhas azul e amarela) ou na Estação Tiradentes (linha azul).

26. Ladeira Porto Geral
Se o negócio é fantasias, a Ladeira Porto Geral é imbatível. São pelo menos uma dezena de lojas com tudo que você pode imaginar. Vale lembrar que praticamente nenhuma delas aceita cartão, então leve dinheiro em espécie.

Como chegar: basta descer na estação São Bento do metrô (linha azul) e sair sentido Ladeira.

27. Rua Quintino Bocaiúva
Existem duas ruas em São Paulo especializadas em bonés, chapéus e acessórios de vestimenta em geral. Uma delas é a Rua Quintino de Bocaiúva.

Como chegar: desça na estação Sé do metrô  (linha vermelha) e saia em direção a Rua Senador Feijó.

28. Rua do Seminário
Um pouco mais distante dali, a Rua do Seminário também é especializada em bonés e chapéus. Lá quem chama atenção é a Chapelaria A Esquina e sua vitrine recheada de chapéus modelo Panamá.

Como chegar: desça na estação São Bento do metrô (linha azul) e atravesse o Viaduto da Santa Efigênia.

Calçados

feet-984260

29. Rua Cavalheiro
Pelo menos quarenta lojas de calçados se espalham ao longo da Rua Cavalheiro, no bairro do Brás. Com foco em produtos populares, é possível encontrar lojas especializadas e também as que vendem em atacado. Ideal para compras maiores. 

Como chegar: a melhor forma é descer na estação de trem Brás (linhas Turquesa, Coral e Safira). A estação também é ligada a estação Brás do metrô (linha Vermelha).

30. Avenida Bem-te-vi
Já a avenida Bem-te-vi, localizada em Moema, traz lojas menos populares, porém concentra uma quantidade considerável de outlet de marcas mais caras como Dumont Capodarte e Crocs.

Como chegar: o mais fácil é ir de carro, mas caso não seja possível, pode pegar um ônibus que passe na Av. dos Bandeirantes ou Av. Ibirapuera.

Jóias e Bijuterias

Foto: Rashid Khreiss - Unsplash. Ruas em São Paulo para comprar bijuterias
Foto: Rashid Khreiss – Unsplash. Ruas em São Paulo para comprar bijuterias

31. Rua Barão de Paranapiacaba
Velha conhecida dos paulistanos, a Rua Barão de Paranapiacaba ficou conhecida como a Rua do Ouro, mas por lá atualmente é possível encontrar qualquer tipo de bijuteria e jóias. Destaque para a Barão das Joias, que produz alianças personalizadas, para a tradicional João Justino Joias e a Vermont que trabalham com pagamentos parcelados.

Como chegar: desça na estação de metrô Sé (linha vermelha) e saia em direção a rua Barão de Paranapiacaba.

32. Ladeira Porto Geral
Já para a turma das bijuterias não existe lugar melhor que a Ladeira Porto Geral. São centenas de lojas que variam de pequenos boxes na altura da rua, até lojas com ar-condicionado e vendedores nos prédios da rua. Como tudo na região da 25 de março é preciso paciência e bater muita perna para não sair no prejuízo.

Como chegar: desça na estação São Bento do metrô (linha azul) e saia em direção a Ladeira Porto Geral.

Artigos Religiosos

bible-1031288

33. Rua Conde de Sarzedas
Com foco em produtos evangélicos como bíblias, becas para colação, cds gospel e camisetas com mensagens religiosas, a Rua Conde de Sarzedas reúne uma centena de lojas para quem se interessa pelo assunto. A ironia é que a rua leva o nome de um antigo conde católico amigo do Frei Lourenço do Caraça. 

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linha vermelha) e saia em direção à rua Anita Garibaldi.

34. Rua Senador Feijó
Já a Rua Senador Feijó é especializada em produtos católicos, como santos, missais, terços e diversos outros artigos com temática religiosa como calendários e agendas com passagens bíblicas.

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linha vermelha) e saia em direção à Senador Feijó.

35. Rua Beijamin Constant
Também localizada na região da Sé, a Rua Beijamin Constant é paralela à Senador Feijó e concentra também lojas com temáticas religiosas. 

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linha vermelha) e saia em direção à Senador Feijó.

Artigos de Luxo

mercedes-1327610

36. Avenida Europa
A Avenida Europa é uma daquelas que você passa porque precisa para chegar em algum lugar específico ou só para ficar babando, afinal é preciso ter uma conta bem polpuda para comprar algo em suas dezenas de lojas de automóveis e motos importados. 

Como chegar: de carro, caso vá de transporte público, a forma mais fácil é encontrar um ônibus que pare da Avenida Brigadeiro Faria Lima. Mas acreditamos que se você está indo lá comprar algo, provavelmente não vai de transporte público.

37. Avenida dos Bandeirantes
Outra avenida para milionários é a Bandeirantes, com várias opções de lojas de barcos e jet ski. 

Como chegar: a melhor forma é encontrar um ônibus que passe na avenida.

38.  Avenida Professor Vicente Rao
Já a avenida Professor Vicente Rao, na região do bairro Santo Amaro, concentra lojas de casas pré-fabricadas. Realmente São Paulo tem de tudo. 

Como chegar: a melhor forma é encontrar um ônibus que passe na avenida.

39 . Oscar Freire
A Rua Oscar Freire e suas transversais são conhecidas por suas lojas de luxo, mas muito se engana quem acha que tudo por lá é caro. Na verdade as lojas concentram mais status do que valores exorbitantes, e por serem, em geral, as maiores lojas das redes, acabam recebendo produtos encalhados que ganham precinhos amigos. A região conta também com marcas mais populares como a Riachuelo, Forever 21  (na Haddock Lobo), Melissa e Havaianas. Uma boa dica é o segundo andar meio escondido da Side Walk que conta com calçados com até 50% de desconto (fica na Rua Augusta x Rua Oscar Freire).

Como chegar: descer na estação de metrô Oscar Freire (linha amarela).

40. Rua Gaivota
Para quem ama um outlet, a Rua Gaivota, em Moema, é o paraíso. Cheia de produtos em promoção em lojas próprias de marcas como Lacoste, Jogê e Bob Store. Só precisa ter paciência para procurar o que te serve e agrade.

Como chegar: de carro, ou então encontrar um ônibus que passe na Avenida Ibirapuera.

Tecidos

tissues-996560

41. Rua Joli
Se você costura ou tem uma boa costureira, o melhor passeio de compras com certeza será a Rua Joli, na região do Brás. São centenas de lojas com a maior variedade de tecidos que você vai encontrar na cidade.

Como chegar: a estação de metrô mais próxima é a Brás (linha vermelha), mas são 22 minutos de caminhada. Outra opção é encontrar um ônibus que pare na avenida Rangel Pestana.

42. Rua Almirante Barroso
Outro paraíso dos tecidos é a Rua Almirante Barroso que conta também com lojas especializadas em botões, aviamentos, aplicações e tudo que você precisar para costurar.

Como chegar: descendo na estação Bresser/Mooca do metrô (linha vermelha) você vai ter que caminhar cerca de 15 minutos. Outra opção é encontrar um ônibus que pare na avenida Rangel Pestana.

43. Avenida Rangel Pestana
Agora se você procura tecidos para estofados ou couro não existe lugar melhor que a Avenida Rangel Pestana. Por lá você encontra lojas específicas para determinados materiais. A dica é realmente entrar na maior quantidade de lojas e pesquisar porque o preço acaba variando bastante.

Como chegar: descendo nas estações Brás ou Bresser/Mooca do metrô (linha vermelha) você vai ter que caminhar cerca de 15 minutos. Outra opção é encontrar um ônibus que pare na própria avenida Rangel Pestana.

Pescafishing-1081734

44. Avenida Senador Queirós
Sim, existem ruas especializadas em São Paulo em objetos de pesca. Uma das mais conhecidas é Avenida Senador Queirós, no Centro. A parte legal é que mesmo que você não pesque, é possível encontrar ótimos objetos de decoração. Por lá também têm lojas especializadas em cordas, barbantes e lonas.

Como chegar: desça na estação da Luz (linhas azul e amarela) pegue a saída em direção à Senador Queirós.

45. Rua Brigadeiro Tobias
Outra rua específica para objetos de pesca é Rua Brigadeiro Tobias. Apesar de ter menos lojas, fica bem ao lado do metrô.

Como chegar: descer na estação da Luz (linhas azul e amarela)

Motos e autopeça

motorbike-407186

46. Rua General Osório
Uma travessa da Avenida São João, a Rua General Osório, é especializada em equipamentos e peças de motocicletas. Por lá vale a pesquisa intensa porque os valores variam bastante. Outra coisa importante é testar tudo que for possível antes de fechar a compra.

Como chegar: descer na estações Luz do metrô (linhas azul e amarela).

47. Avenida Duque de Caxias
Não muito distante, a Av. Duque de Caxias também há várias opções de autopeças.

Como chegar: desça na estação de metrô República (linha amarela e vermelha)

Bricolagem

Foto: Clem Onojeghuo / Unsplash

48. Rua Florêncio de Abreu
Se você está precisando de qualquer ferramenta, qualquer mesmo, na Rua Florêncio de Abreu, no Centro, você vai encontrar. Com muitas opções e variações de preço, é possível encontrar inclusive maquinários específicos. 

Como chegar: desça na estação de metrô São Bento (linha azul) e pegue a saída da Florêncio de Abreu.

49. Rua Paes Leme
Especializada em ferragens, a Rua Paes Leme, em Pinheiros, concentra também uma quantidade considerável de lojas de madeira e marcenaria em geral. Um ótimo lugar para quem quer começar a investir em pequenos projetos. 

Como chegar: desça na estação de metrô Faria Lima (linha amarela) e saia em direção à Teodoro Sampaio.

50. Rua do Gasômetro
Muito mais em conta do que em grandes lojas de mobiliário e materiais de construção, a Rua do Gasômetro, no Brás, é um mar de madeira sem fim. Além de objetos e móveis, é possível encontrar portas, batentes e tudo que você imaginar. A grande questão é que cada loja é especializada em uma coisa, então para encontrar o que quer vai ter que bater um pouco de perna.

Como chegar: Desça na estação Brás do metrô (linha vermelha).

51. Rua Marquês de Itu
Não importa se você é artista ou não, a Rua Marquês de Itu, na Santa Cecília, é uma perdição com suas lojas de artigos para pintura artística: tinta, giz, lápis, pincel, telas. Não são tantas lojas, mas a maioria é bem grande, então vale olhar tudo com calma. 

Como chegar: desça na estação Santa Cecília do metrô (linha vermelha) em direção à Santa Casa.

Produtos regionais

japan-1181608

52. Rua Paulo Afonso
A Rua Paulo Afonso, localizada no Brás, concentra uma dezena de lojas com produtos do norte e nordeste do Brasil como carnes, doces, grãos e também vestimentas e artesanatos locais. Vale levar dinheiro em espécie para dar aquela pechinchada.

Como chegar: desça na estação Brás do metrô (linha vermelha).

53. Rua Galvão Bueno
Todo mundo sabe que o bairro da Liberdade é o lar do comércio japonês. Lá você encontra de um tudo, em especial produtos da culinária oriental e também lindos objetos de cerâmica. A Rua Galvão Bueno conta ainda com grande galerias com todo tipo de coisa que você puder imaginar.

Como chegar: desça na estação Liberdade do metrô (linha azul). 

Ervas, temperos e cereais

spice-370114

54. Rua Santa Rosa
Mais conhecida como Zona Cerealista, a Rua Santa Rosa é o eixo principal das área composta de uma dezena de lojas que vendem grãos, cerais, temperos, embutidos e bacalhau. A loja mais conhecida, e também mais cheia, é o Armazém Santa Filomena. Se for em busca de queijo não deixe de passar na Camanducaia. Aos sábados, chegue bem cedo para não passar horas nas filas dos caixas. 

Como chegar: descer na estação de metrô Parque Dom Pedro II (linha vermelha) ou São Bento (linha azul).

55. Praça da Sé
O coração de São Paulo concentra uma quantidade expressiva de ervas medicinais e homeopáticas espalhadas por todos os lados da praça. Vale levar dinheiro em espécie para dar aquela pechinchada. 

Como chegar: desça na estação Sé do metrô (linhas azul e vermelha).

Móveisliving-room-690174

56. Teodoro Sampaio
Uma das ruas principais para a compra de móveis, a Teodoro Sampaio peca pela pouca variação de produtos, mas ganha nos achados. Batendo muita perna você consegue encontrar verdadeiras pechinchas. Pagamento à vista ajuda bastante nas negociações.

Como chegar: desça na estação Faria Lima do metrô (linha amarela) e suba em direção a Teodoro Sampaio

57. Alameda Gabriel Monteiro da Silva
Já a Alameda Gabriel Monteiro da Silva, no Jardim Europa, concentra lojas de móveis e design mais sofisticadas e caras. Muitas vezes passear pela avenida já vale só para ter alguma inspiração para decorar a sua casa. Vale a pena também ficar atento às promoções que acontecem com frequência. 

Como chegar: de carro, caso opte por transporte público você pode encontrar um ônibus que pare na avenida Brasil ou na Brigadeiro Faria Lima. A estação de metrô mais próxima é a da Rua Oscar Freire (linha amarela)

Comércio Popular

São Paulo- SP- Brasil- 05/12/2015- Movimento na Ladeira Porto Geral, na manhã deste sábado (05/12). A região é o tradicional ponto de comércio popular na região central da cidade e, fica próxima a região da rua 25 de março e do mercado municipal da Cantareira. Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

58. Rua 12 de Outubro
Localizada no bairro da Lapa, a Rua 12 de Outubro é uma mini versão da rua 25 de Março com lojas populares, barracas de produtos espalhadas pelas calçadas e diversas lojas com preço super amigo. No final dela ainda é possível visitar o Mercado Municipal da Lapa com diversas bancas de frutas, grãos e alimentos em geral.

Como chegar: desça na estação de trem Lapa (linha 8 – Diamante ou linha 7 – Rubi)

59.  Rua Silva Bueno

Nos mesmos moldes da 12 de Outubro, a Rua Silva Bueno, no Ipiranga, concentra algumas dezenas de lojas de comércio popular com a vantagem de está próxima ao metrô.

Como chegar: desça na estação Sacomã do metrô (linha verde).

60. Rua 25 de Março
A maior e mais conhecida rua de comércio popular, a 25 de Março não é para fracos. Sempre lotada, vale a pena pelos ótimos preços e variedade enlouquecedora de produtos. A dica é ir com uma demanda específica de compras para não gastar mais do que deve, levar dinheiro em espécie para negociar descontos e sempre checar os preços várias lojas.

Como chegar: estação São Bento do metrô (linha azul).

Update do post feito em 26 de dezembro 2018.

*Foto destaque: ckturistando / Unsplash

Quem escreveu

Iran Giusti

Data

26 de December, 2018

Share

Apresentado por

Comentários

  • Maravilhoso post equipe, muito obrigado ajuda muito a nós visitantes. abs de luz
    - Naura Luciano
  • Faltou o Largo 13 de Maio que é a "mini 25 de março" da zona sul! Mas de qualquer forma parabéns pelo post.
    - Paulo
    • opa, faremos uma segunda versão :)
      - Lalai Persson
  • No item 19, em como chegar, estação São Bento é linha azul, não vermelha como está na matéria.
    - Luiza
    • eita, corrigindo!
      - Lalai Persson
  • no ipiranga a rua é silva bueno e não sílvia.
    - norma
    • Oi Norma... você tem razão! Está corrigido :) Obrigada
      - Lalai Persson
  • Pesca e caça? :(
    - Marcos
    • só pesca... caça foi exagero! corrigimos :)
      - Lalai Persson
  • No ultimo item sobre a 25 de Março, a estação São Bento pertence a linha AZUL e não a vermelha.
    - Aldo Aparecido Rizzo
    • opa, vamos corrigir. Obrigada :)
      - Lalai Persson
  • Onde encontro produtos para artesanato, como: lá, barbante, fio de malha, bastidor??
    - Priscila
    • Priscila, você pode encontrar na região da 25 de março e Avenida Senador Queirós. Abraços
      - Fabio Allves
  • Vc confundiu: a Av São Gabriel n é isso tudo! O correto n seria Rua Gabriel Monteiro da Silva?
    - Jailton Mateus
    • Obrigado pela correção Jailton.
      - Fabio Allves

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.