Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Rio de Janeiro: 22.03

Data

21 de March, 2019

Share

Festival Biscoito Fino

Qinho recria obra de Marina | Foto: Pietro Baroni

Pela primeira vez, a gravadora Biscoito Fino prepara um painel intimista do quem vem produzindo recentemente. No diminuto-porém-aconchegante Manouche, no subsolo da Casa Camolese, nomes que despontam na MPB dividem o palco com veteranos consagrados, em duetos e parcerias que dão caldo. Na quinta-feira, é a vez de Moacyr Luz receber Nego Álvaro, do disco “Nego Alvaro canta Sereno & Moa”. Na sexta-feira, Marina Lima encontra Qinho, em celebração ao CD “Qinho canta Marina”. No sábado, é a vez de Leila Mara convidar Fátima Guedes.

Festival Biscoito Fino. Sexta-feira (22.03), às 21h. Sábado (23.03), às 21h. Ingressos a partir de R$ 40, aqui.
Manouche (Casa Camolese). Rua Jardim Botânico, 983 – Jardim Botânico.

Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz

Letieres Leite, na imagem em uma apresentação com a Orquestra | Foto: Divulgação

Em noite movida a baianidade, o Circo Voador será bem desenhado com régua e compasso. A Bahia ensina. Num encontro inédito, a Orkestra Rumpilezz liderada pelo saxofonista e multi-instrumentista Letieres Leite divide o palco com Caetano Veloso, em apresentação embalada por arranjos irreverentes de canções do compositor, numa fusão do jazz moderno com o universo da Tropicália. A gente garante: vai ser um showzaço aço aço aço aço aço. Composta por 19 músicos, a Rumpilezz resgata um lado ultra sofisticado da música baiana na mesma proporção que evoca o sacro e o popular, de Coltrane ao Ilê Ayê, de Hermeto ao Olodum, de samba duro ao blues. Por enquanto, três letras estão confirmadas: “Milagres do Povo”, “Coração Vagabundo” e “Depois que o Ilê Passar”.

Letieres Leite & Orkestra Rumpilezz | Participação de Caetano Veloso. Sexta-feira (22.03), às 22h. Ingressos a partir de R$ 80, aqui.
Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Lapa.

Kamasi Washington

O saxofonista Kamasi Washington | Foto: KW Durimel

Um dos maiores expoentes do jazz na atualidade – considerado “embaixador” do gênero pela prestigiada revista Pitchfork -, o saxofonista Kamasi Washington volta ao Brasil dois anos após as performances que lotaram o Theatro Municipal do Rio (quem aí não lembra?). Presença nos maiores festivais de música do planeta, como Coachella, Primavera Sound e Glastonbury, ele agora sobe ao palco do Circo Voador para apresentar o repertório de “The Epic” (seu elogiado álbum triplo, de 2h53 de duração) e o novo disco duplo “Heaven and Earth” (de 2h30m de duração!). Chance raríssima à vista. Quem ainda não conhece pode ouvir uma prévia aqui.

Kamasi Washington no Rio de Janeiro. Sábado (23.03), às 21h. Ingressos a partir de R$ 160, aqui.
Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Lapa.

Peraí, que tem mais

Nome requisitado no mundo do samba, Pretinho da Serrinha volta a armar uma roda própria, com direito a convidados ilustres: na primeira edição do ano, ele recebe Maria Rita, Lulu Santos e Jorge Aragão. Patente altíssima.
Pretinho da Serrinha e Convidados. Quinta-feira (21.03), às 22h. Ingressos a partir de R$ 50, aqui.
Fundição Progresso. Rua dos Arcos, 24 – Lapa.

Na comemoração de 85 anos do Teatro Rival, Alcione entoa hits atemporais, como “Minha Estranha Loucura”, “Meu Ébano” e “Minha Louca”. A regra é cantar junto.
Alcione | 85 Anos do Teatro Rival. Quinta-feira (21.03) e sexta-feira (22.03), às 19h30. Ingressos a partir de R$ 70, aqui.
Teatro Rival. Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro.

O músico Posada (que agora resolveu andar sem O Clã) apresenta suas canções em formato intimista, acompanhado apenas de sua voz e de seu violão, num show inédito no Rio. O repertório inclui músicas de seus três discos, além de letras inéditas do novo trabalho.
Posada. Sexta-feira (22.03), às 20h. Ingressos a R$ 20.
Audio Rebel. Rua Visconde Silva, 55 – Botafogo.

O quarteto instrumental E A Terra Nunca Me Pareceu Distante volta ao Rio para a turnê de lançamento do disco “Fundação”. Coisa finíssima. Se ainda não conhece, ouça uma prévia aqui.
E A Terra Nunca Me Pareceu Distante. Sexta-feira (22.03), às 22h. Ingressos a partir de R$ 25, aqui.
Aaparelho. Praça Tiradentes, 85 – Centro.

Dupla de sucesso entre adolescentes e jovens crescidinhos, Anavitória volta a desfiar canções autorais para uma plateia que já tem ingressos esgotados, em divulgação da turnê “O Tempo É Agora”. Taí: não dá para negar que as duas são um fenômeno.
Anavitória na Fundição Progresso. Sábado (23.03), às 21h. Ingressos esgotados (os valores variavam de R$ 50 a R$ 100).
Fundição Progresso. Rua dos Arcos, 24 – Lapa.

Data

21 de March, 2019

Share

Filipe Isensee e Gustavo Cunha

Filipe nasceu em Salvador, mudou-se aos 9 anos para Belo Horizonte e, aos vinte e poucos, decidiu encarar o Rio de Janeiro. Há quatro anos conheceu Gustavo, cria da capital fluminense. Jornalistas culturais, gostam de receber amigos em casa e ir ao cinema. Cada vez mais são adeptos de programas ao ar livre - sempre que podem, incluem no passeio Chaplin, esperto vira-lata adotado há um ano.

Ver todos os posts

Comentários

  • Não entendi o texto preconceituoso "não pode reclamar que é na Barra", achei que as Boas do Final de semana seriam para O Rio e não apenas a Zona Sul e Centro :)
    - Anelize
    • concordo Anelize, foi um comentário infeliz... vamos nos atentar mais a isso.
      - Lalai Persson
  • Não entendi o texto preconceituoso "não pode reclamar que é na Barra", achei que as Boas do Final de semana seriam para O Rio e não apenas a Zona Sul e Centro :)
    - Anelize

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.