De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Recife: 20.07

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

19 de July, 2018

Share

Oiticica

Renato da Mata é um dos DJs confirmados no line up da festa. Foto: Felipe Lorega

O pessoal do coletivo artístico Phantom 5 está cada vez mais imerso no circuito das pistas de dança, com uma proposta que combina música, performances-surpresa e toda uma ambiência visual sensorial. O novo experimento do grupo é a festa Oiticica (nome em homenagem ao pioneiro artista brasileiro), que terá o som comandado por Carnalheiros, STV, Allana Marques, Samba do Preto Velho, Orquestra de Carnaval, Renato da Mata e Korossy, em uma imprevisível mistureba de ritmos parangoléticos.

Oiticica. Sexta (20.07) às 22h. Ingressos antecipados: R$ 40.
Bud Basement Recife. Avenida Sul Governador Cid Sampaio, 129-121, Imbiribeira.

Peraí que tem mais

Com 13 atrações (!!!) confirmadas, esta é uma festa pela reabertura de um dos espaços musicais mais marcantes dos últimos meses no Recife.
Somos Todos Arvoredo. Sexta (20.07) às 21h. Ingressos: R$ 10.
Rua do Príncipe, 225, Boa Vista, Centro.

Não tem inverninho que interrompa as sextas do melhor inferninho da cidade. Nesta semana, a mesa de som é controlada por DMingus, André Balaio, Exu-Mulher e Riana Uchôa.
Iraq Club. Sexta (20.07) às 23h. Ingressos antecipados: R$ 15.
Iraq. Rua do Sossego, 179, Santo Amaro, Centro.

DJs Renato da Mata e Clariastra tocarão música black a noite toda.
Estrela Negra no Bailito. Sexta (20.07) às 22h. Ingressos: grátis (até meia-noite) e R$ 10 (depois de 0h).
Baile Perfurmado. Rua Carlos Gomes, 130, Prado.

O aniversário do artista Fernando Peres deve dar uma remexida na festinha mais imprevisível das noites de Hellcife.
Lesbian Bar. Sábado (21.07) às 22h. Ingressos: R$ 5.
Mesbla. Rua Conde d’Eu, 77, Santo Amaro, Centro.

É quase uma Sem Loção SQN: Lala K, Felipe Machado e Fabiana Moraes tocam no pub.
Festa de Lala. Sábado às 23h. Grátis.
Barchef. Avenida 17 de Agosto, 1893, Poço da Panela.

Para quem estiver em Garanhuns, o melhor after com DJs já está garantido todas as noites até o amanhecer.
Quem Trouxe? Na Tora. Todas as noites, a partir desta quinta (19.07), até o sábado da semana que vem (28.07). Ingressos de R$ 5 a R$ 20.
Garambeer. Rua Amaury de Medeiros, 174, Garanhuns.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

19 de July, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.