Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana em São Paulo: 27.07

Quem escreveu

Tava Passando

Data

26 de July, 2018

Share

Afrocidade

A Bahia nunca decepciona, ainda mais se o assunto for música. Trazendo toda a rica carga cultural do estado à tiracolo, essa nova geração da música baiana tritura o passado musical do Ilê Aiyê, Timbalada e o próprio axé, misturando com elementos novos e contemporâneos como os beats eletrônicos, guitarras processadas e muito hip-hop. Do mesmo lugar de onde saiu os fantásticos BaianaSystem e ÀTTØØXXÁ, a banda Afrocidade engrossa esse caldo baiano através de uma banda enorme – com ênfase na percussão – e que faz a ponte entre Fela Kuti, Luiz Caldas e o rap, provando que faz total sentido ter referências e influências tão díspares. A banda faz show único nesta quinta e convidou o rapper Rincón Sapiência para apimentar mais ainda essa mistura. Corre que ainda tem ingresso!

Afrocidade. Quinta (26.07) às 21h30. Ingressos: De R$ 6 a R$ 20.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia

Larissa Conforto e Vitor Brauer

Larissa Conforto é mina que faz e acontece. Além de ser uma baterista (canhota!) incrível, Larissa fez parte da já saudosa banda Ventre, dá aulas de bateria para minas e toca com praticamente todo mundo na cena indie brasileira. Seu talento nato e a naturalidade com que alterna momentos de pura demolição de seu kit com passagens altamente melódicas fazem da Larissa uma referência não só para as meninas aspirantes à batera mas também para muitos marmanjos escolados. Nesta sexta ela se apresenta no projeto “Sem Sair na Rolling Stone”, criado pelo seu colega de banda Xóõ, Victor Brauer, onde recriam em formato despido músicas do repertório de ambos e de outras bandas por quais passaram. Ver e ouvir a Larissa tocando é sempre muito bom, vai na fé!

Larissa Conforto e Vitor Brauer. Sexta (27.07) às 21h. Ingressos: De R$ 20 a R$ 30.
Casa do Mancha. Rua Filipe de Alcaçova, s/n, Vila Madalena

Tributo ao filme “Rockers”

Girando em torno da incrível exposição “Jamaica, Jamaica” – que fica até dia 26 de agosto no Sesc 24 de Maio – este tributo ao clássico filme reguêro “Rockers” traz ao Brasil verdadeiras lendas jamaicanas que participaram do filme, seja atuando ou na sua clássica trilha sonora. Nomes como Big Youth e Leroy “Horsemouth” Wallace estarão no palco do Sesc Campo Limpo e Sesc 24 de Maio, interpretando na íntegra todas as músicas que influenciaram toda uma geração de músicos que têm “Rockers” como seu filme de cabeceira. E para quem ainda acha que é pouco tem outro revolucionário do reggae em terras brasileiras neste final de semana, quando King Jammy’s mixa ao vivo seus riddims na sempre deliciosa festa Fresh!, uma das primeiras a levantar a bandeira do dancehall. Sem dúvida nenhuma São Paulo é a verdadeira capital do reggae no Brasil!

Tributo ao filme “Rockers”. Sábado (28.07) às 20h e domingo (29.07) às 16h. Gratuito.
Sesc Campo Limpo. Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 , Campo Limpo
Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, Centro

Peraí que tem mais

Nesta última semana de Centro do Rock vão rolar shows do Macaco Bong, Picanha de Chernobyl e Basalt.
Centro do Rock. Quinta (26.07) às 21h, sexta (27.07) e sábado (28.07) às 19h. Gratuito.
Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Transitando entre o pop e o experimental, a banda tem um dos shows mais legais do novo cenário brasileiro.
Baleia. Quinta (26.07) às 20h. Ingressos:De R$ 15 a R$ 25.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

Pocket show de uma das bandas da cena mais poderosas em cima do palco!
Verônica Decide Morrer. Quinta (26.07) às 22h. Ingressos: R$ 10.
Al Janiah. Rua Rui Barbosa, 269, Bela Vista

O combo cheio de groove convida o mestre Black Alien.
Black Mantra convida Black Alien. Quinta (26.07) às 23h. Ingressos: De R$ 35 a R$ 45.
Cine Joia. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade

Com um disco novinho debaixo do braço, Rashid toca com banda completa no Sesc Belenzinho.
Rashid. Sexta (27.07) às 21h30. Ingressos: De R$ 6 a R$ 20.
Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho

Lançando seu terceiro disco, a diva Ava Rocha se apresenta no suntuoso Auditório Ibirapuera.
Ava Rocha. Sexta (27.07) às 21h. Ingressos: De R$ 15 a R$ 30.
Auditório Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 3 do Pq. Ibirapuera, Ibirapuera

O cantor e compositor traz um formato mais simples para se apresentar junto com a festa Pardieiro.
Silva. Sexta (27.07) às 22h. Ingressos: R$ 60.
Cine Joia. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade

Tributo ao Jimi Hendrix, Ladies Instrumental Band, Al Di Meola e o nosso guitar hero Pepeu Gomes!
4o Festival BB Seguros de Blues e Jazz. Sábado (28.07) às 11h. Gratuito.
Parque Villa-Lobos. Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto de Pinheiros

Quanto mais Hermeto melhor!
Hermeto Pascoal & Grupo. Domingo (29.07) às 11h. Gratuito.
Sesc Parque Dom Pedro II. Praça São Vito, s/n, Brás

Foto da capa: Juliano Sarraf

Quem escreveu

Tava Passando

Data

26 de July, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

Comentários

  • Não entendi, qual foi o espanto da mina ser canhota? Ser canhoto nao dificulta absolutamente em nada, além do preconceito de vcs.
    - Rafael Lourenço

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.