As boas do fim de semana de Salvador: 14.07

Quem escreveu

Fernanda Slama

Data

13 de July, 2017

Share

Patrocínio

Faces na Rua é uma parceria do Chicken or Pasta? e de Natura Faces para trazer a melhor programação dos fins de semana, para sair na rua e aproveitar a vida da cidade em 6 capitais do Brasil.

Desde que comecei a escrever esse guia, entro num impasse na hora de separar o que é ‘Para Dançar’ e o que é ‘Para ver Show’. Aqui em Salvador é comum no meio da balada subir ao palco um(a) puta artista e começar um show. E você acha que só de releituras?! Nãaaoooo… aqui o papo é sério, é música autoral na veia. E o melhor: na ponta da língua da platéia. É bem comum você entrar num bar para comer uma maniçoba deliciosa e sair encantado e extasiado com um grupo de jazz de ultra mega alto nível técnico e poético! Ah, Salvador. Você definitivamente me ganhou!

Desabafo a parte, o que mais se ouviu na última semana foi a respeito do Projeto de Lei Nº 105/17 que se for aprovado, qualquer artista que pintar pela cidade, vai ser levado para a delegacia como um “vândalo” e poderá ainda, ser multado em R$3.000,00 (três mil reais). Nas redes sociais, pontos de ônibus e bares, o que mais se ouviu foi: como diferenciar um pixador de um grafiteiro? Qual deles é um vândalo (algum é?)? Os policiais vão saber diferenciar? E se tiverem pintando um muro de um terreno baldio ou de uma casa abandonada? Ouvi a opinião das duas partes e mesmo assim, ainda tenho muitos questionamentos. Coincidência ou não, no ‘Para Inspirar’ tem 3 dicas “nas paredes”: a mostra “Azul Invisível”, do artista plástico baiano Eder Muniz, que também tem seus “mutantes” espalhados por vários muros da cidade. Tem A cidade impossível: ação pública de graffiti, que o artista alemão Gunther Schumann convidou 3 artistas baianos para juntos fazerem um mural no Goethe Institut. Acaba de estrear a exposição “Athos Bulcão – Tradição e Modernidade”, que privilegia a produção arquitetônica de murais e azulejaria do artista. Tem show da BaianaSystem e Pedro Pondé, em Lauro. Conexões Sonoras apresenta Flora Matos e IFÁ, no Clube Fantoches e Zé Ramalho – 40 anos de carreira, na Concha. Além de um ‘Para Assistir’ especial com Cine Kurumin – Festival de Cinema Indígena e “Lub Dub”, do Balé Teatro Castro Alves (BTCA). Também não esqueça de dar um saque em todos os ‘Salve a data’ para não ficar chupando dedo em casa durante a semana que vem.

 

 

Quem escreveu

Fernanda Slama

Data

13 de July, 2017

Share

Patrocínio

Assine nossa newsletter