Lifestyle

Gadgets que não precisamos, mas queremos agora!

Quem escreveu

Renato Salles

Data

08 de August, 2017

Share

Os inventores não param de inventar coisas malucas e incríveis. Os algoritmos não param de nos mandar propagandas de coisas que não precisamos, mas queremos mais que tudo. Essa combinação explosiva trouxe para a minha timeline algumas novidades muito estranhas, que muito provavelmente nunca vou comprar, mas que me deixaram com o dedo coçando. Tudo bem que algumas não são nada práticas para por na mala na hora de viajar, mas que a vida do viajante seria bem melhor com elas… ah, isso seria.

Capacete do isolamento

No exato momento em que escrevo esse post, estou em um bar no aeroporto com o som no talo tocando clássicos do rock que vão de Creed a Santeria. Tudo que eu queria é um pouco de sossego para conseguir me concentrar sem ouvir a parada de sucesso de 1997. O Helmfon, agora, seria ideal. Esse capacete nada portátil e discreto é uma invenção ucraniana para criar uma bolha de isolamento em qualquer lugar. Você pode ficar parecido com um personagem do Mario Bros, mas pelo menos não vai escutar ninguém de risadinha para cima de você. Tem até um lugar para colocar o telefone e poder falar com toda a privacidade. Você poderia emprestar o teu para a tua colega do escritório que vive brigando com o namorado durante o expediente. Imagina que benção?

Solas de sapato adesivas

Estava eu um dia todo fanfarrão em uma linda praia de cascalhos pretos na Grécia, e eu via que todos aqueles europeus buscando um bronzeado terracota circulavam pela praia de sapato nos pés. Do alto da minha brasilidade praiana, estava achando tudo muito ridículo, e fui mostrar para eles como é que se aproveita a praia com quem entende. O que eu não sabia é que as pedrinhas pretas ferviam no sol, como brasa de churrasco. Claro que paguei maior mico correndo para chegar na segurança da água fria do mar. Eu poderia ter evitado a fadiga se tivesse com um bom par de Naked Foot Fit. Elas não são nada mais que solas colantes que você gruda na sola dos pés e está pronto para ir descalço para onde quiser. Dá para andar na areia quente, nas pedras pontiagudas, no mato cheio de armadilhas, e por aí vai. Elas ainda são resistentes à água e antiderrapantes. E o melhor de tudo é que custam só 30 e poucos reais, e cabem em qualquer mala. Comprando em 3, 2, 1….

Tapete anti-areia

Falando em praia, na próxima vez que você convidar um amigo para ir para o litoral, e a desculpa para não ir for aquela frescura de ‘ai, odeio areia grudando em mim’, você pode rebater mostrando seu maravilhoso tapete anti-areia! O Sandless Beach Mat usa uma tecnologia desenvolvida para fazer helicópteros (??) para você poder tomar sol sem um grão de areia na bunda sequer. A malha dupla de poliuretano engole os grãos de areia como uma peneira ultra eficiente. E é tão grande que cabem até 6 pessoas em cima dela. Achei por um precinho bem amigável na Amazon. Natal está aí, né, minha gente!

Capa de chuva de sapato

Agora saímos do calor dos trópicos e fomos para um dia bem feio e chuvoso. É só ameaçar um toró que a mulherada começa a usar qualquer coisa que estiver à mão para proteger o cabelo, de saco de mercado à própria bolsa (danem-se os documentos, só não pode molhar a escova). Quem está na chuva tem que se molhar, ok. Mas não tem nada mais desagradável que molhar os sapatos. Você quer correr para fugir do aguaceiro, mas teus pés ficam pesados e fazem um barulho que parece squash squash… Os Dry Steppers vieram para resolver exatamente esse drama. São pequenas capas de chuva só para os pés, com sola e tudo, para deixar seus tênis sequinhos. Eles tem uma sola embaixo para você poder continuar caminhando sem se preocupar, e ainda tem versões com tênis desenhados na lateral para você não estragar o look. Custam 20 doletas. Imagino o sucesso que vai ser com os ambulantes quando começarem a vender isso junto com as capuchas na porta dos shows.

Wearable chair

A vida do ser humano segue esse roteiro: nasce, cresce, pega fila, se reproduz, pega mais fila, e morre. Sério, fila acho que é o mal que vai destruir a humanidade um dia. Enquanto isso, parece que acharam um jeito você pegar uma fila sem pelo menos se cansar, porque você vai vestir uma cadeira para poder sentar quando quiser. A Chairless Chair foi desenvolvida pela empresa Noonee para ajudar na produtividade de empresas em que os funcionários tem que levantar e sentar o dia inteiro. Usando ela, você só se agacha e trava na altura que quiser. Assim você pode descansar os pés na fila do check-in do aeroporto, da imigração, e do castelo da Cinderela com as crianças. Tudo bem, não é uma peça nada prática, e você fica parecendo um Robocop andando por aí. Mas quem se importa quando você está aí em pé, e eu estou aqui comodamente sentadinho?

*Foto do destaque: Helmfon

Quem escreveu

Renato Salles

Data

08 de August, 2017

Share

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter