Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Paris Obsession

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

27 de August, 2014

Share

Paris é um dos lugares do mundo pelo qual eu sou mais obcecada. Não me canso de passar por lá e estou sempre ansiando a próxima parada. Há tempos eu não piso em Paris, tentando me permitir explorar novos lugares. Na contramão, quanto mais eu vou à Paris, menos vontade eu tenho de morar lá. Ao contrário do que você possa pensar, essa fuga é apenas para eu não me decepcionar com a cidade. Quero manter o encanto, o anseio em da minha próxima visita à cidade. Um medo bobo de me desapontar.

Paris por IM_photo - shutterstock.com
Paris por IM_photo – shutterstock.com

Tenho amigos que moram e muitos outros que moraram por anos em Paris. Cada um tem sua história particular. Uns amam, outros se desiludiram. Paris não é fácil. Extremamente turística, sempre cheia, cara e, muitas vezes, dura.

Como uma apaixonada por Paris, estou sempre colecionando fotos, vídeos, livros e tudo que ver pela frente. Minha paixão começou ainda na escola, quando me deparei com a Revolução Francesa. Depois vieram os poetas como Baudelaire e Rimbaud com todas as histórias vividas na cidade, seguidos de Anaïs Nin e seu tórrido romance com o Henry Miller, também na cidade da luz. E outra lista imensa de artistas, escritores, pintores, músicos, foram se somando à minha paixão. Assisto a qualquer filme que se passa por lá só para matar um pouquinho as saudades. Tento convencer quem foi e não gostou, a voltar e tentar novamente. Não consigo entender quem não gosta de Paris.

Hoje chorei um pouquinho de saudades com esse lindo vídeo mostrando Paris através de um visor de uma Pentax. Se realmente vivemos outras existências, eu tenho certeza de quem um dia morei por lá.


Paris Through Pentax from Maison Carnot on Vimeo.

*Foto destaque Johan Chiron – shutterstock.com

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

27 de August, 2014

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

Comentários

  • Que vídeo maravilhoso!
    - Debbie Corrano
    • você pelo menos tá aí pertinho.... :)
      - Lalai Persson

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.