Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.
As boas do fim de semana em São Paulo: 23.08

As boas do fim de semana em São Paulo: 23.08

Quem escreveu

Tava Passando

Data

22 de August, 2019

Share

30º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo

30º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo / Foto: divulgação
30º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo / Foto: divulgação

30 anos de curta-metragens, 30 anos de experimentação, 30 anos de vitrine do que se cria no mundo, 30 anos de amor ao cinema! O Festival Internacional de Curtas Metragens é o maior da América Latina dedicado ao formato, e nesta sua comemoração especial traz novidades como a abertura de uma Mostra Competitiva de curtas brasileiros e a criação da Mostra Limite – inspiração na obra homônima de Mário Peixoto – dedicada a filmes com novos recortes e narrativas ousadas. Rolando em vários espaços da cidade e sempre de graça, o festival vai exibir 324 filmes do mundo inteiro, com sessões temáticas de filmes brasileiros, latino-americanos, internacionais, infanto-juvenis e o recente programa imersivo, trazendo filmes em Realidade Virtual e Games. No programa brasileiro rolam 117 filmes com várias sessões temáticas, como uma coletânea de trabalhos realizados por vários grupos de inclusão audiovisual. Já a mostra internacional este ano mantém seus dez programas, trazendo um total de 61 filmes de 38 países. A nossa dica de sempre é: escolher uma ou mais sessões aleatórias, entrar e aproveitar.

30º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo. A partir de quinta (22.08) até 01.09, várias sessões. Gratuito.
Vários cinemas da cidade

Virada Sustentável

Virada Sustentável - Esparrama / Foto: divulgação
Virada Sustentável – Esparrama / Foto: divulgação

A Virada Sustentável voltou e está cada vez mais focando na sua programação cultural – mas tudo isso sem esquecer a sua vocação para a mobilização e educação sobre sustentabilidade do Brasil. Nos 4 dias em que acontece, em vários lugares da cidade, rolam palestras, debates e atividades sobre Economia Circular, Mobilidade Urbana e Empreendedorismo social. Tem vários talks na Unibes Cultural como Mulheres, Negócios & Impacto, O Futuro da Energia e Soluções para Cidades Resilientes, yoga e meditação na festa matinal Wake, Feira do Bem, Fashion Revolution Talks, Ambulatório de Reiki no Ibirapuera, Caça ao Tesouro: Onde estão as PANCs no Butantã, Picnic no Parque Augusta e a parte cultural em si, que esse ano está muito legal e tem mostra de dança que leva para o Tomie Ohtake a Cia Pé no Mundo e o pianista Fabio Leandro, pré-estréia do filme “Longe da Árvore” no MIS, o projeto muito legal Cine Solar que traz cinema com energia sustentável ao ar livre na Paulista e Esparrama de volta às janelas do Minhocão. Também tem a maior programação de teatral de todas as edições da Virada Sustentável, com “Os Três Sobreviventes de Hiroshima” no Teatro Sérgio Cardoso, programação com oficina de Teatro Narrativo, oficina de Escrita Sustentável e espetáculos no Museu da Diversidade e diversas experiências familiares no Teatro do Ibirapuera. Isso sem falar nos shows e nas intervenções visuais!

Virada Sustentável. Quinta (22.08) a domingo (25.08), vários horários. Gratuito.
Vários locais da cidade

Swinguerra

Swinguerra / Foto: divulgação
Swinguerra / Foto: divulgação

Você já deve ter visto fotos da artista Barbara Wagner por aí (como a série de fotografias de MCs que ficou por muito tempo exposta no IMS Paulista ou a série Brasília Teimosa, com personagens típicos de um dia de praia neste bairro recifense). Em parceria com o artista alemão Benjamin de Burca ela já realizou vários projetos, entre fotografias, videoinstalações e curtas-metragens musicais. E este ano veio o maior deles – o convite para uma obra comissionada que ocupa neste momento o Pavilhão do Brasil na 58ª Bienal de Veneza. A “encomenda” resultou no vídeo “Swinguerra”, sucesso de público e de crítica que acompanha três grupos de dança da periferia recifense e apresenta um retrato complexo e empático do Brasil. Neste sábado temos chance de assistir ao vídeo em sessões que rolam o dia inteiro no Pavilhão da Bienal (a cada 23 minutos) e terão as presenças dos artistas e das dançarinas/protagonistas do filme: Eduarda Lemos (foto) e Clara Santos. Imperdível!

Swinguerra. Sábado (24.08) das 9h às 19h. Gratuito.
Pavilhão da Bienal. Parque Ibirapuera, Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, Vila Mariana

Peraí que tem mais

Filmes selecionados para a Chamada Pública de Cinema Independente do Cine Matilha de 2018.
Cine Matilha no Tendal da Lapa. Quarta (21.08) a sábado (24.08) às 11h, 14h e 15h. Gratuito.
Centro Cultural Tendal da Lapa. Rua Guaicurus, 1100, Lapa

Elogiada atuação de Paulo Miklos nesta adaptação livre da vida de Chet Baker.
Chet Baker, Apenas um Sopro. Quinta (22.08) a sábado (24.08) às 21h, domingo (25.08) às 18h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30.
Teatro FAAP. Rua Alagoas, 903, Higienópolis

Lançamento do documentário, seguido de tour do grafitti por Heliópolis.
Estreia filme “Uma Virada de Cores” + tour por graffitis. Quinta (22.08) das 10h às 20:30. Gratuito.
CEU Heliópolis, Estrada das Lágrimas, 2385, São João Climaco

A juíza americana Ruth Bader Ginsburg construiu um legado que a transformou em um ícone inesperado da cultura pop.
CINE AASP: A Juíza. Quinta (22.08) às 18h. Gratuito.
AASP Unidade CentroRua Álvares Penteado, 151, Centro

Desta vez na Mooca e no Tietê, serão projetados os filmes Mulher Maravilha, Nasce uma Estrela, La La Land, entre outros.
CineAutorama #AcreditaNelas. Sexta (23.08) e sábado (24.08) às 19:15 e 22h, domingo (25.08) às 18:15 e 21h. Gratuito.
Espaço Feira Confinada. Rua dos Trilhos, 869, Mooca

Débora Falabella e Yara de Novaes interpretam as duas personagens principais, com participação da banda boliviana Las Majas.
Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante. Sexta (23.08) e sábado (24.08) às 21h e domingo (25.08) às 18h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10.
Sesc Consolação. Rua Doutor Vila Nova, 245, Consolação 

Na programação de dança do mês tem “Humano” com Pedro Lacerda, “Cinzas ao Solo” com Alexandre Américo e “Gente de Lá” com Wellington Gadelha.
Dança em agosto no Itaú Cultural. Sexta (23.08) e sábado (24.08) às 21h, domingo (25.08) às 20h. Ingressos: gratuito.
Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, Paraíso 

“Uma homenagem ao dia a dia de artistas que dedicam suas vidas ao canto coral operístico”.
Ensaio Sobre o Lírico. Sexta (23.08) e sábado (24.08) às 20h, domingo (25.08) às 18h. Ingressos: a partir de R$ 12.
Theatro Municipal de São Paulo. Praça Ramos de Azevedo, s/n, Centro 

O ciclo da Aliança Francesa junto com a Reserva Cultural exibe o filme que foi destaque em Cannes.
Cinéclub – O Barco da Esperança. Domingo (25.08) às 9:30. Ingressos: R$ 8.
Reserva Cultural. Avenida Paulista, 900, Bela Vista 

Quem escreveu

Tava Passando

Data

22 de August, 2019

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.