Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana em São Paulo: 10.05

Quem escreveu

Tava Passando

Data

09 de May, 2019

Share

N.Y.C K.I.S.S

NYC Kiss / Foto: divulgação
NYC Kiss / Foto: divulgação

A galera do projeto artístico Rolo Seco realiza essa exposição de arte multimídia com quatro artistas residentes de Nova Iorque, trazendo um recorte atual de uma das mais ativas produções dentro do universo da arte punk internacional. Sam Ryser, Somer Stampley, Eugene Terry e Robin Pak vêm para uma exposição única no Breu, e são artistas que conectam música/arte/DIY/punk em tudo que fazem. Sam Ryser e Eugene Terry são responsáveis pela loja Dripper World e editora Papertown Company e criam arte punk, mas com referências e pesquisas mais amplas, entre flyers, camisetas, pinturas, desenhos, capas de discos, vídeos, livros, fanzines e uma imensa quantidade de objetos híbridos em um mundo de derretimento audio-visual analógico. Já Somer e Robin trabalham com vídeo stop-motion e são responsáveis por alguns dos clipes mais legais no mundo punk atual. Na abertura, no sábado, ainda rolam os shows de Acruz Sesper e Cankro, entre outros.

N.Y.C K.I.S.S. A partir de sábado (11.05) às 16h. Gratuito.
BREU. Rua Barra Funda 444, Barra Funda

Peixe-elétrico-moto-clube

João Loureiro O Tigre Errado / Foto: Guilherme Sorbello
João Loureiro O Tigre Errado / Foto: Guilherme Sorbello

Esta exposição já começa legal só pelo nome: “peixe-elétrico-moto-clube”. O artista João Loureiro chega à Sé Galeria em sua primeira individual, com uma mostra que conta com desenhos, animações e instalações, e que também será apresentada na feira Liste, em Basel, a mais importante das feiras para galerias emergentes do mundo. A expo, que explora os interesses do artista como biologia, arquitetura e história, dialoga com o contexto da galeria: o centro histórico de São Paulo e o tráfego intenso de pessoas e veículos. Assim, os ingredientes presentes são elementos de um universo característico ao centro de São Paulo: os estacionamentos fervilhando de motocicletas, motores, escapamentos, motoboys – aos quais o artista soma referências filmográficas e literárias e ainda linguagens menos comuns ao circuito das artes como animações e quadrinhos.

Peixe-elétrico-moto-clube. A partir de sábado (11.05) às 12h. De terça a sexta das 12h às 19h e sábados das 12h às 17h. Gratuito.
Sé Galeria. Rua Roberto Simonsen, 108, Sé

Ocupação Ray-Ban

As instalações lindas de Avaf estarão presentes na ocupação. Foto: Prêmio Pipa
Ocupação Ray-Ban / Foto: Prêmio Pipa

A Ray-Ban também ocupa um prédio no centro de São Paulo com uma programação cheia de arte e música, para contar mais de 30 histórias de orgulho e pertencimento através de instalações artísticas. São dois fins de semana de ativação, que conta com instalações distribuídas por 21 salas interativas em quatro andares do prédio, como os grafites do Speto, os neons do Alê Jordão, os lambe-lambes do Luis Bueno, os balões da Flávia Junqueira e as instalações de Avaf (Eli Sudbrack), da foto. Além da ocupação artística, rolam vários talks sobre arte, e música em todos os dias, com show de Flora Mattos e festinhas com DJ Balako, Miria Alves, Discopedia e Croma. Contamos mais aqui!

Ocupação Ray-Ban. Sexta (10.05) e sábado (11.05) a partir das 15h. Gratuito (com inscrições).
Rua Roberto Simonsen, 85, Sé

Peraí que tem mais

A acumulação é uma das estratégias favoritas do artista pernambucano Marcelo Silveira: objetos esvaziados de qualquer uso funcional mas que carregam significados.
Coleção Imaginária. De terça a sexta das 10:30 às 21h, sábados e domingos das 11h às 18h. Gratuito.
Sesc Santo Amaro. Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro

Instalação do artista mineiro Afonso Tostes, proposta especialmente para o espaço da Fábrica, que reúne elementos provindos da terra e da água, formando uma espécie de “floresta d’água”.
Afonso Tostes: Floresta d’Água. A partir de terça (07.05) às 20h.Gratuito.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia

Duas novas instalações da artista Giselle Beiguelman, que discutem a perda da memória no espaço público e a relação da cidade com seu patrimônio histórico e cultural.
Chacina da Luz – Monumento Nenhum. Terça a domingo, das 10h às 17h. Gratuito.
Museu da Cidade. Rua Roberto Simonsen, 136, Centro

Cerca de 40 fotografias realizadas pelo fotógrafo Eder Chiodetto, que retrata o cotidiano dos diretores de 30 escolas públicas, em seis estados brasileiros.
Ser Diretor. A partir de terça (07.05) às 19h. Gratuito.
MIS SP. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

Exposição que fala de fatos, pessoas e artistas que fizeram da Bahia a cidade que é.
A Cidade da Bahia, das Baianas e dos Baianos Também. A partir de terça (07.05), de terça  a domingo, das 10h às 17h. Ingressos: R$ 6 e R$ 3.
Museu Afro Brasil. Parque Ibirapuera, Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 10, Ibirapuera

A escola La Gracia Design promove o evento de debates e painéis que pergunta: Como ir além do discurso e, de fato, contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e amorosa?
R:evolucione Somos todos iguais?. Quinta (09.05) das 19h às 21h. Gratuito (com inscrições).
Unibes Cultural. Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré

Ana Barone e Flavia Rios, organizadoras do livro Negros nas Cidades Brasileiras (1890-1950), conduzem um debate sobre a presença e as políticas de pertencimento da população negra nas cidades brasileiras.
Debate sobre o livro Negros Nas Cidades Brasileiras. Quinta (09.05) das 19h às 21:30. Gratuito.
CCSP. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

Partindo de reflexões elaboradas por teóricas do feminismo negro interseccional e por pensadoras indígenas, o encontro convida a curadora e pesquisadora Beatriz Lemos a discutir os desafios de práticas feministas em contextos privilegiados de raça e classe.
MASP Palestra: Práticas curatoriais e feminismos anticoloniais. Sábado (11.05) das 11h às 13h. Gratuito.
MASP. Avenida Paulista, 1578, Bela Vista.

A roda de conversa faz parte da programação do mês da Luta Antimanicomial e discutirá as relações entre a arte e a saúde mental a partir das experiências educativas de usuário de serviços da saúde mental na Pinacoteca.
Roda de Conversa: Educação, Arte e Saúde Mental. Sábado (11.05) das 11h às 13h. Gratuito.
Pinacoteca de São Paulo. Praça da Luz, 2, Luz

Encontro poderoso com a Força para comemorar os 20 anos de fundação do Conselho Jedi São Paulo, com painéis, bate-papo, bazar de itens colecionáveis e exibição de filme.
20 Anos de Conselho Jedi São Paulo. Sábado (11.05) das 13h às 21h. Gratuito.
MIS SP. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

Nove projetos de artistas de diferentes gerações e linhas de pesquisa: trabalhos de suportes distintos que sobrepõem e tencionam novas linguagens artísticas.
Novas Efervescências. A partir de sábado (11.05) às 11h. Terça a sábado, das 10h às 19h, domingos e feriados das 10h às 17h. Gratuito.
Espaço Cultural Porto Seguro. Alameda Barão de Piracicaba, 610, Campos Elíseos

Quem escreveu

Tava Passando

Data

09 de May, 2019

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.