Berlim 24 horas

O dia-a-dia de quem mora em Berlim com dicas culturais, gastronômicas e de passeios para todos os gostos e bolsos.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Para onde viajar em 2022, com Marcel Steiner

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

17 de December, 2021

Share

A pandemia mudou muitos dos nossos hábitos. Não poderia ser diferente com relação às nossas viagens. Ficar sem poder entrar em um avião por tanto tempo também nos forçou a viver mais intensamente o nosso próprio lugar, e talvez aí descobrir que não precisamos ir para longe para encontrar a paz.

Esse é o caso do Marcel Steiner. Arquiteto e sócio do Barouche, ele sempre esteve pelo mundo atrás de referências e inspirações. Agora ele adquiriu uma outra perspectiva sobre viajar em 2022 e, quem sabe, para o resto da vida:

Para onde viajar em 2022, com Marcel Steiner - foto: Julio Tavares
Marcel Steiner – foto: Julio Tavares 

“A minha vida pessoal deu uma boa chacoalhada durante a pandemia. Mudou tudo basicamente. Mas o lado profissional foi consolidado e estou animado com 2022. Continuo firme e forte com meu escritório de interiores. E tenho um projeto de negócio em outro setor. Ainda é cedo para contar porque é relativamente grande e vai levar quase um ano para colocá-lo de pé.

Qual é o destino que está no seu radar, que você já está se organizando para ir no próximo ano, e porque escolheu esse destino?

A pandemia me ensinou que preciso viajar menos do que imaginava. Antes passava muito tempo planejando viagens, querendo estar aqui e ali. E eu me divirto em São Paulo. Nem à praia preciso ir. Se tomar um banho de mar uma vez por ano já estou contente. Consigo relaxar e fugir do cotidiano sem pegar estrada ou pisar no aeroporto. 

Mas não desisti de viajar. Pretendo frequentar mais Buenos Aires, o Rio de Janeiro e, em 2022, quero passar um tempo maior na Turquia. Comecei a estudar turco em 2019 e já se passaram mais de 2 anos. Era para aprender o básico para poder voltar a Istambul com maior desenvoltura. Mas a pandemia não acabava e fui me empolgando. Virou meu hobby. Faço aulas duas vezes por semana e é uma delícia. Agora finalmente com as fronteiras abertas vou poder ficar uns 2 meses na Turquia e gastar o meu turco. O real se desvalorizou muito nos últimos tempos, mas a lira turca conseguiu perder ainda mais valor frente ao dólar. Ou seja, nosso dinheiro ainda vale alguma coisa por lá. Fora as bebidas alcoólicas, tudo é mais barato que no Brasil.

Para onde viajar em 2022, com Marcel Steiner
Istanbul, Turquia – foto: Pixabay

Qual é o lugar de desejo que você gostaria muito de ir? Pode ser um lugar novo que você descobriu, um lugar do coração, um lugar que tem uma história nova para você… e por que?

Não sou daqueles que precisa conhecer o mundo inteiro. Estou feliz com o que já vi e gosto de voltar para lugares que já visitei algumas vezes, como Nova York, Paris ou a Itália no geral. Mas alguns destinos me dão um comichão enorme. Já faz tempo que sou louco para ir a Tânger e, talvez ainda em 2022, consiga colocar o Irã entre os meus destinos de férias.

Tânger, Marrocos. Para onde ir em 2022, com Marcel Steiner.
Tânger, Marrocos – foto: Pixabay

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

17 de December, 2021

Share

Chicken or Pasta

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.