Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Guia melhores eventos gratuitos em São Paulo de 11 a 16.06

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

11 de June, 2019

Share

Apresentado por

DominUm dos grandes destaques na agenda de eventos gratuitos em São Paulo desta semana é o festival de documentários musicais In-Edit. Serão exibidos 57 filmes nacionais e internacionais contando com lançamentos quentíssimos. A música brasileira toma conta dos palcos da cidade com artistas emergentes.

Quem estiver sozinho no Dia dos Namorados mas busca por companhia, a programação nesta quarta-feira é a mais intensa da semana. Quem sabe uma alma gêmea está à sua espera numa mostra de filmes, numa exposição fotográfica ou mesmo num fórum de fotografia? A pista de dança também está tomada por brasilidades, mas anota aí: no sábado nós, aqui do Chicken or Pasta, faremos uma sunset party “invernal” cheia de soul, disco e house.

O Centro Cultural Olido põe lenha na fogueira em sua programação e traz expoentes da música eletrônica brasileira nacional para tocar o baile. Na programação tem de DJ Marky ao Seu Osvaldo e Sônia Abreu, os primeiros DJs do Brasil. No sábado o destaque no Olido é um encontro com a dramaturga Denise Stoklos. Imperdível!

Para os apaixonados por literatura, neste fim de semana tem o Bloomsday, que homenageia o personagem Leopold Bloom, protagonista de Ulisses, de James Joyce.

Vem com a gente!

Festas

DJ Marky é um dos destaques da semana no Baile dos Namorados, no Olido. Foto: divulgação facebook
DJ Marky é um dos destaques da semana no Baile dos Namorados, no Olido. Foto: divulgação facebook

O Centro Cultural Olido inaugura uma nova fase na programação com curadoria da Claudia Assef, ou seja, espere muita coisa boa vindo aí. Eles já começam esse novo momento com os pés na porta com vários bailes imperdíveis. Vai ser uma ótima oportunidade para percorrer a história da música eletrônica na pista de dança. Olha só que beleza: no Dia dos Namorados tem o DJ Marky comandando o Baile dos Namorados; no dia 13 de junho tem a noite live com Psilosamples acompanhado de VJ Suave; já na sexta-feira, rola o Baile do Vinil com dois pioneiros nas pickups brasileiras, os DJs Charles Team e Tony Hits com muito samba rock moderno, black music nacional e internacional. O finde fecha no domingo com o DJ mais antigo do Brasil, o Seu Osvaldo, e a primeira DJ mulher brasileira, a Sonia Abreu. Os dois tem um repertório maravilhoso, chique e animado. Tudo de graça!!!
Baile dos Namorados com DJ Marky, quarta-feira (12.06), às 19h, na Vitrine de Dança. Gratuito.
Live Act com Psilosamples & VJ Suave, quinta-feira (13.06), às 20h, na Sala Olido. Gratuito, ingresso retirar 1h antes.
Baile do Vinil com Charles Team e Tony Hits, sexta-feira (14.06), às 18h, Vitrine de Dança. Gratuito.
Pioneiros com DJs Seu Osvaldo e Sonia Abreu, domingo (16.06), das 14 às 18h, Vitrine de Dança. Gratuito.
Centro Cultural Olido. Av. São João, 473, Centro.

Happy hour homenageando os anos 90 e a Kate Moss. Vai ter pop, vai ter indie, vai r&b, vai ter pista.
Kate Moss * Anos 90. Sexta-feira (14.06), das 19 às 23h30. Gratuito.
Sputnik Bar. Largo do Arouche, 330, República.

Neste sábado, a galera aqui do Chicken or Pasta faz uma sunset party embalada por disco, soul e house. A festa acontece na varanda mais simpática da Vila Madalena e será regada a bons drinks (os primeiros 60 que chegarem ganham um Smirnoff Tônica) e comidinha por nossa conta. Venha dançar com a gente, dar um alô, porque queremos saber quem é você. Tocam os DJs Giu Viscardi, Claudia Assef e Ola Persson.
Sunset Party Chicken or Pasta. Sábado (15.06), das 16 às 22h. Gratuito.
Cibo. Rua Fidalga, 643, Vila Madalena

Festa pra quem adora um bom hit brega, tecnobrega, cumbia, lambada, guitarrida, carimbó, além de pop e rock repaginados bregamente. No domingo rola a festa “Tu Vens”, dedicada à música brasileira, com show ao vivo a partir das 16h (gratuito até às 19h.
Heavy Brega. Sábado (15.06), das 18 às 22h. Gratuito até às 19h.
Tokyo. Rua Major Sertório, 110, Centro.

Muita música brazuca e patuscada.
Procissão. Sábado (15.06), das 22 às 4h30. Entrada: 1kg de alimento não perecível ou R$ 10.
Rua Formosa, 65, República.

Shows

Yzalú e Shirley Casa Verde. foto: Thiago Drummond
Yzalú e Shirley Casa Verde. foto: Thiago Drummond

O pianista Chicão e o cantor São Yantó lançam mais um álbum de seu projeto de compactos que homenageiam diferentes compositores da música brasileira. O quinto lançamento da série resgata a obra dos irmãos piauienses Clodo, Climério e Clésio. Para lançamento a dupla está fazendo uma série de shows em praças e calçadas de São Paulo.
São Yantó e Chicão. Quinta-feira (13.06), das 12 às 13h. Gratuito.
Pátio do Colégio, Rua Roberto Simonsen, 122, Sé.

A Arena Tango é um espaço criado pela Adidas para celebrar o futebol. Na programação rola música, bate-papos, comida, chutelaria (?). Na sexta (14.06) rola bate-papo com os ex-jogadores Adriano, Vampeta e Edmundo. No sábado e domingo rolam treinamentos, talks e jogo. Quem encerra o finde, no domingo, é nosso muso Marcelo D2 fazendo show às 21h.
Adidas Arena Tango. De 14 a 30 de junho, diversos horários. Gratuito mediante inscrição – é necessário se inscrever para cada dia que desejar ir.
ARCA – Av. Manuel Bandeira, 360 – Vila Leopoldina, SP.

Maurício Takara (baterista do Hurtmold) apresenta ao vivo a continuação do seu disco Música Resiliente para Pessoas e Lugares com uma formação diferenciada sem bateria acústica, mas com mais elementos eletrônicos e percussões processadas.
Música do Deck com Mauricio Takara. Sábado (15.06), das 19 às 20h. Gratuito.
Sesc Santana – Deck do Jardim. Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo (ao lado do metrô)

Yzalú e Shirley Casa Verde apresentam o show “Quântica” com repertório do EP e também da carreira solo de cada uma, intercalando momentos individuais com voz e violão ou com o DJ Dagoma e o tecladista Alexandre Modesto. As letras retratam as suas caminhadas e vivências no rap, refletindo a realidade de uma boa parte das mulheres e, sobretudo das que fazem parte da cultura hip hop no Brasil e da arte independente.
Yzalú e Shirley Casa apresentam Quântica. Sábado (15.06), às 20h. Gratuito.
Centro Cultural Penha (Largo do Rosário, 20 – Penha de França.

Shows de novos artistas da MPB, “O Som da Casa”, é um projeto que estimula a preservação da memória musical brasileira e toda sua diversidade rítmica. No dia 15 o palco será ocupado pela Bruna Moraes.
O Som da Casa. Sábado (15.06), das 20 às 21h30. Gratuito mediante retirada de ingresso.
Casa dos Trovadores Urbanos. Rua Aimberê, 651, Perdizes.

O Otis Trio tem como inspiração o free jazz, bebop, jazz europeu e experimentalismos. Traz, além de um espírito contemporâneo, uma atitude musical para o cenário da cultura independente e uma nova cara para a cena instrumental brasileira. Eles se apresentam no novo projeto musical da Vila Itororó, o “Domingo na Vila”.
Domingo na Vila: Otis Trio. Domingo (16.06), às 13h. Gratuito.
Vila Itororó. Rua Pedroso, 238, Bela Vista.

Cinema, teatro e circo

O doc sobre Mile Davis é um dos destaques da 11ª edição do In-Edit. Foto: divulgação
O doc sobre Mile Davis é um dos destaques da 11ª edição do In-Edit. Foto: divulgação

O festival de documentários In-Edit chega em sua 11ª edição brasileira apresentando 57 filmes nacionais e internacionais. Na programação tem lançamento da série “História Secreta do Pop Brasileiro”, de André Barcinski, composta por 8 episódios e será apresentada na íntegra em duas sessões de 96 minutos; “Alceu Valença – Na Embolada do Tempo”, de Paola Vieira, o cantor revisita sua carreira desde seu primeiro contato com a música até os dias atuais. Arrigo Barnabé tem sua carreira revisitada em “Amigo Arrigo”, de Alain Fresnot e Junior Carone. Outros destaques são “O Rap pelo Rap 2”, de Pedro Fávero; “Sound System – A voz da quebrada”, de Fernando Augusto; “Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star”, de Fernando Moraes; “Eletronica:Mentes”, que apresenta o desenvolvimento da música eletrônica no Brasil; “My Generation” narrado pelo Michael Caine; e ainda filmes sobre Studio 54Joan Jett, Mille Davis, New Order, Agnotic FrontRyuichi Sakamoto, Suede, Boy Bands (The Beatles, Backstreet Boys, one Direction e Take That), Nação Zumbi com Rádio S.Amb.a.DOC, Elvis Presley e a história da Trojan Records, que colocou a Jamaica no mapa do mundo da música. Acontecem também palestras, shows, feiras de vinil e discotecagem.
In-Edit Brasil. De 12 a 23 de junho, diversos horários. Gratuito no Spcine Olido, Spcine Lima Barreto (CCSP), Cine Matilha (Matilha Cultural) e Cinemateca Brasileira.
Agenda completa aqui.

Sinopse: Em Greenwich Village, Nova York, L.B. Jeffries, um fotógrafo profissional, está confinado em seu apartamento por ter quebrado a perna enquanto trabalhava. Como não tem muitas opções de lazer, vasculha a vida dos seus vizinhos com um binóculo, quando vê alguns acontecimentos que o fazem suspeitar que um assassinato foi cometido.
CineMário: Janela Indiscreta. Quarta-feira (12.06), das 19 às 21h. Gratuito. Duração 112 minutos
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

O Festival Internacional Sesc de Circo apresenta um panorama diversificado da produção artística do circo contemporâneo, contemplando espetáculos nacionais e internacionais, em diversos espaços do Sesc, além de intervenções e ações formativas para todos os públicos. Programação completa aqui.
CircoS – Festival Internacional de Circo. De 13 a 23 de junho, diversos horários. Gratuito a R$ 50.
Diversas unidades do Sesc São Paulo.

Concebido pela dramaturga Denise Stoklos, o espetáculo consiste da leitura de quatro peças. A proposta conceitual da apresentação é revelar como a linha específica do repertório do “teatro essencial” — método desenvolvido por Denise que coloca o ator no centro de uma cena que dispensa figurino, cenografia e até palco — encontra na palavra um lugar potencialmente criativo de imagens, gestualização e visualização. No jogo, vale-se de tudo que for do “ator” como: personalidade de corpo, voz, pensamento.
Palavras Gestuais com Denise Stoklos. Sábado (15.06), às 21h. Gratuito – retirar ingressos 1h antes. 
Centro Cultural Olido – Sala Olido. Av. São João, 473, Centro.

Exposições e passeios

Píxeles, Alejandro Chaskielberg, obra integrante da expo "Ainda Há Noite", no Itaú Cultural.
Píxeles, Alejandro Chaskielberg, obra integrante da expo “Ainda Há Noite”, no Itaú Cultural.

Um dos maiores fotógrafos da atualidade, Miguel Rio Branco, ganhou uma individual na Galeria Luisa Strina. Nela, o fotógrafo retoma sua série “Maldicidade” (2014), mesclando trabalhos novos e antigos registros feitos por metrópoles ao redor do mundo.
Miguel Rio Branco: Maldicidade. Até 27 de julho, segunda a sexta, das 10 às 19h; sábado, das 10 às 17h. Gratuito.
Galeria Luisa Strina. Rua Padre João Manuel, 755, Jardins.

Ainda Há Noite reúne imagens que recorrem às horas noturnas – seja como conceito, seja como cenário – para pensar a América Latina. Nas séries apresentadas, são abordados temas como a violência, as cicatrizes dos processos de colonização e os atuais movimentos de negação dos conhecimentos histórico e científico. A exposição é oportunidade para conhecer o trabalho da nova geração de fotógrafos que estão fazendo sucesso internacionalmente
Ainda Há Noite. Quinta-feira (13.06) a domingo (11.08), terça a sexta, das 9 às 20h; sábado, domingo e feriado, das 11 às 20h. Gratuito.
Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, Bela Vista.

A exposição Ver e Viver é um projeto de arte sensorial inclusivo que levará seus visitantes a experimentar estímulos como o tato, olfato, audição e paladar, muito além da visão. O foco da exposição, produzida pelos artistas Jésus Seda e Clara Aidar, é apresentar um ambiente inclusivo, que pode ser apreendido por pessoas com e sem deficiência. ”
Expo Ver e Viver. De 14 de junho a 14 de julho, quarta a domingo, das 10 às 22h. Gratuito.
Memorial da América Latina. Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Portões 8, 9 e 13, Barra Funda.

Duas exposições abrem as portas na Zipper neste fim de semana. A individual “Autofágico”, Pedro Varela faz releituras de gêneros clássicos da pintura – como natureza morta e paisagem – em trabalhos nos quais se imbricam uma infinidade de personagens, paisagens inventadas, uma “botânica alienígena”, textos, formas abstratas, misturadas às referências europeias de representação dos trópicos e os elementos da história da arte. Já “Crash”, integra o programa Zip’Up, e reúne obras dos artistas Camila Svenson, Enantios Dromos, Henrique Fagundes e Pedro Ferreira.
Autofágico, de Pedro Varela + Coletiva Crash. Abertura sábado (15.06), às 12h – as 2 expos ficam até 27.07. Gratuito.
Zipper Galeria. Rua Estados Unidos, 1494, Jardim América.

A pintura de Fernando Davis é caracterizada por um forte aspecto emocional, introspectivo, soturno e muitas vezes existencial. Além de sua evidente preocupação e atenção estética, é nítido seu flerte com o inconsciente, com os sonhos e o onírico, onde regras são quebradas e situações inusitadas são apresentadas como se pertencessem a um mundo a parte, com sua próprias normas e personagens. O artista trabalha com diversas mídias, mas principalmente pintura a óleo.
Exposição: Mergulho de Fernando Davis. Abertura sábado (15.06), das 14 às 20h. Gratuito, mas é necessário emitir ingresso.
Casa da Luz. Rua Mauá, 512, Luz.

Bate-papos, palestras e oficinas

Fórum Latino-Americano de Fotografia, no Itaú Cultural. Foto: frame de vídeo
Fórum Latino-Americano de Fotografia, dia 12.06 no Itaú Cultural. Foto: frame de vídeo

Dois dias de evento discutindo sobre diversidade. São discussões e palestras sobre cultura inclusive, influencers da diversidade, desafios das pessoas negras nas organizações, cultura LGBT nas ruas, entre outras. A programação completa está no evento.
Respect Summit. Terça e quarta-feira (11 e 12.06), das 9 às 12h30. Gratuito, inscrições aqui.
ESPM Tech. Rua Joaquim Távora, 1240, Vila Mariana.

Celebrando o Dia dos Namorados, o Sesc Pinheiros propõe a ocupação “Corações Livres” para investigar as diversas formas de amor e tecnologias. Acontecem oficinas, vivências e uma rádio que integra a programação. Quem estiver em busca de sua metade da laranja, poderá imprimi-la numa impressora 3D. 
Corações Livres <3. Quarta-feira (12.06), das 14 às 21h30. Gratuito.
Sesc Pinheiros. Rua Paes Lemes, 195, Pinheiros.

Um dos mais importantes espaços para de reflexão e difusão da fotografia que se faz atualmente na e sobre a América Latina, a 5ª edição do “Fórum Latino-Americano de Fotografia” homenageia a noite latino-americana. A abertura será feita pelo Contardo Calligaris que conversará sobre a violência nas noites de cidades latino-americanas. 
V Fórum de Fotografia de São Paulo. De 12 a 16 de junho, diversos horários. Gratuito. Programação completa aqui.
Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, Bela Vista.

O Cantor e compositor Richie, conhecido por sucessos como ‘Menina veneno’ participa de um bate-papo musical sobre sua carreira. Rolam releituras de seus grandes sucessos entre um papo e outro. Ele foi “muso” da galera nos anos 90 (inclusive meu).
Notas Contemporâneas: Richie. Quarta-feira (12.06), às 20h. Gratuito – retirada 1h antes.
MIS. Av. Europa, 158, Jardim Europa

O Seminário O Futuro É Live discute as novas possibilidades, as ferramentas inovadoras e os avanços do mercado audiovisual brasileiro voltados para o conteúdo em vídeo ao vivo e para o streaming.
O Futuro é Live. Quinta-feira (13.06), das 10 às 18h. Gratuito mediante inscrição.
Unibes Cultural. Rua Oscar Freire, 2500, ao lado do metrô Sumaré

O festival GIF – festival de interações, design e comunicação do IED – faz sua nova edição sob o tema Sociedade 5.0, conceito sucessor da Indústria 4.0, na qual avanços como inteligência artificial, big data, e Internet das coisas (IoT) são aplicados na indústria e no mercado voltados para a produção, nesse novo espectro, as inovações tecnológicas servem a humanidade, revolucionando a sociedade ao colocar o ser humano no centro da inovação e transformação tecnológica. A programação conta com palestras e oficinas.
Festival GIF. Sábado (15.06), das 14 às 18h. Gratuito mediante inscrição.
IED SP. Rua Maranhão, 617, Higienópolis.

Com 5 horas de duração, o objetivo da atividade é apresentar alguns modelos de caixas acústicas utilizadas na sonorização jamaicana, os chamados Sound Systens. Quem apresenta a oficina é Cesar Rodrigues Junior e Higor Lopes Navarro.
Raízes Brasileiras: A construção da identidade – as caixas acústicas de um sistema de som. Sábado (15.06), das 15 às 19h. Gratuito – apenas 10 vagas.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

Literatura & Poesia

Chimamanda Ngozi Adichie por Escrivain – é tema do Diálogos do Feminismo Negro, no Sesc Av. Paulista

Nesta terça-feira rola encontro com a escritora Ana Maria Gonçalves, autora do aclamado “Um defeito de cor”. O escritor e professor de literatura Cristhiano Aguiar e a jornalista, tradutora e poeta Stephanie Borges trarão questões sobre sua trajetória de vida e criação, processos de construção de cenários e personagens e sobre as relações entre literatura e sociedade.
Escritora na Biblioteca: Ana Maria Gonçalves. Terça-feira (11.06), das 19 às 21h. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

O Clube da Prosa de junho traz “O sol é para todos”, de Harper Lee, para debate. O livro é sobre racismo e injustiça. Conta a história de um advogado que defende um homem negro de estuprar uma mulher branca nos EUA dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.
Clube da Prosa: O sol é para todos, Harper Lee. Quarta-feira (12.06), das 19 às 20h30. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

O Sesc Av. Paulista lança nesta semana uma série de encontros intitulada “Diálogos do Feminismo Negro” com o objetivo de refletir acerca de obras de autoras negras de tempos, lugares, contextos e identidades diversas. Serão sempre duas autoras apresentadas. Para este primeiro encontro foram escolhidas duas autoras africanas contemporâneas, Paulina Chiziane, autora de “Niketche, Uma História de Poligamia”, e Chimamanda Adichie, do aclamado “Hibisco Roxo”.
Diálogos do Feminismo Negro: As Áfricas de Chimamanda e Chiziane. Terça-feira (11.06), das 19 às 22h. Gratuito.
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista.

“Ricardo e Vânia” nasceu de uma reportagem sobre o mítico personagem Ricardo, conhecido como “Fofão da Augusta”, feita por Chico Felitti. É um livro envolvente, delicado e parte de uma nova descoberta, a trajetória de Vânia, namorada de Ricardo. Nesse encontro vai rolar uma roda de conversa com o escritor, sessão de autógrafos e venda de livros a preços populares.
Lançamento do livro “Ricardo e Vânia”, de Chico Felitti. Sábado (15.06), das 16 às 17h30. Gratuito.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

A Casa das Rosas e a Casa Guilherme de Almeida celebrarão o Bloomsday a partir das relações amorosas na obra de Joyce, por meio, principalmente, das personagens femininas que marcaram sua vida e sua literatura. A programação é bem extensa com palestras, leituras e exibição de filmes.
Bloomsday: James Joyce e o amor. Sábado (15.06), das 14 às 17h (Casa Guilherme de Almeida), e das 19 às 21h30 (Casa das Rosas); domingo (16.06), das 14h30 às 18h (somente Casa das Rosas). Gratuito.
Casa Guilherme de Almeida. Rua Cardoso de Almeida, 1943, Perdizes.
Casa das Rosas. Av. Paulista, 37, Paraíso.

*Esse guia é apresentado pela Catho, multinacional de tecnologia, que tem como missão mudar a vida das pessoas por meio do trabalho e carreira.  

Foto capa: Screen shot de “Decades” doc do New Order que estreará no In-Edit

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

11 de June, 2019

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.