De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

Destino África: 5 razões para ir para o Malawi

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

17 de June, 2016

Share

Já ouviu falar do Malawi, Maláui, ou Malaui? São muitas formas de escrever, mas todos se referem à República do Malawi: um país compridinho na África Oriental, ali entre a Tanzânia, Zâmbia e Moçambique. Olhou no mapa? Pois é, um pulinho de avião se for por Johanesburgo, na África do Sul.

IMG_3551

Durante a INDABA/2016, conversamos com o Salad Nthenda, vice-cônsul do turismo, que fala com uma paixão indescritível sobre o país. Mas sem mais delongas, por que você deveria ir para o Malawi?

1. Um mergulho na história: o Lago Niassa

malawi frankdouwes
Flickr Frankdouwes

O país é praticamente todo coberto por um lago lindo (e gigante): o Lago Niassa (ou Lake Malawi), que representa a própria história e cultura do país. Os Nyanjas, povo local, são chamados assim pois em chinyanja (a língua nativa da região) significa “povo do lago”. Pouco parece que é uma área continental, já que remete facilmente Caribe: com água turquesa e areia branca. Rola também caiaque, mergulho, e tudo que você pode imaginar de esportes na água.

2. O caloroso coração da África: o povo malawi

malawi lars plougmann
Flickr Lars Plougmann

Não é à toa que o slogan de Malawi é  “the warm heart of Africa”:  não tem só a ver com a temperatura. Afinal, o povo é extremamente hospitaleiro, agradável, e disposto a trocar conhecimento. Como o país ainda é bastante subdesenvolvido, então uma das excelentes idéias para imergir profundamente na cultura é se voluntariar em um dos vários programas disponíveis, aprendendo e ainda fazendo o bem.

3. Bichinhos esquisitos: a vida selvagem de Malawi

malawi Thezzthekingoftrees
Flickr Thezzthekingoftrees

O Malawi é menos conhecido que os vizinhos quando se fala em safári, até porque, até 1990, o país era muito desprotegido contra caça. Porém lá há animais realmente únicos que valem a visitação, como esse lagarto de duas cabeças.  Para safari, no Sul, o Liwonde National Park é uma das melhores regiões, onde foram reintroduzidos animais.  No Norte, o Nyika National Park é um dos parques com maior vida selvagem, para estar em meio à natureza.

4. Para o alto, e avante: subir a Montanha Mulanje

Flirckr David Davies
Flirckr David Davies

Se você curte aventura, essa é uma montanha para chamar de sua. Cascatas, formações geológicas, florestas e uma paisagem que você nunca viu antes: vale a pena subir devagar e ainda acampar lá em cima. Você, poucos viajantes, e uma natureza intocada.

5. Música sob as estrelas: O Festival Lake of Stars

Foto Divulgaçao
Foto Divulgaçao

No meio de Malawi, um festival de música de três dias privilegia o novo som africano. Esse ano apresenta Freshlyground , Faith Mussa,  Flo Dee,  Lusubilo BandPatience NamadingoPiksy. Se você gosta de festivais (como a galera aqui do blog), que tal apostar no destino?

Se você ficou com vontade de saber mais sobre Malawi ou se já está pensando em programar uma visita, dê um pulo no site do turismo oficial do país:   http://www.visitmalawi.mw/

 

Essa é uma série especial sobre alguns bons motivos para visitar países africanos. Falamos também sobre o MoçambiqueQuênia, Uganda, RDC e Tanzânia.

 

Foto destaque: Kerim  Ekal/ Flickr

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

17 de June, 2016

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.