Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

5 cidades na Europa onde é barato viajar

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

13 de October, 2015

Share

Quando o dólar está alto, mas a vontade de viajar para a Europa também está lá nas alturas, o que fazer? Cidades como Londres, Paris e Roma ficam com certeza mais distantes do roteiro. Países nórdicos então, nem pensar. Calma, calma, nada de desespero porque o continente é grande e existem várias cidades lindas para você explorar sem coçar muito o bolso. Quer ver?

Praga

praga
Foto: Wikipedia

Para quem gosta de cidades onde as ruas e praças parecem saídos de um conto de fadas, Praga é um prato cheio. A cidade mistura arquitetura barroca, art noveau, gótica e também coisas bem contemporâneas, como a Dancing House, desenhada pelo arquiteto Frank Gehry. Praga sempre é eleita uma das capitais mais bonitas da Europa não é à toa.

Culturalmente, Praga é muito rica. Além dos castelos, palácios e igrejas, por lá já moraram Franz Kafka, Mozart, Rainer Maria Rilke, Milos Forman e Milan Kundera, cujo famoso livro “A insustentável leveza do ser” se passa em Praga.

Foto: Wikipedia
A Dancing House de Praga. Foto: Wikipedia

Praga também é conhecida por ser bem barata. A cerveja é a bebida mais querida da cidade e aqui dá para beber meio litro de Pilsner Urquell (a mais local e comum de todas) por por 40 coroas (R$ 5) . Só para compararmos, hoje em dia em Londres, um pint de cerveja  sai em torno de 25 reais. Faça as contas. No mercado, uma garrafa de meio litro de cerveja sai por 7 coroas (R$ 1), nada mal. Em um bom restaurante, você gasta por pessoa em torno de 300 coroas (R$ 50) mas se a situação estiver realmente apertada, os famosos sanduíches de linguiça que vendem nas ruas de Praga matam a fome por 60 coroas (R$ 10).

Demos uma fuçada no Airbnb e um quarto para 2 pessoas em Praga, com ótimos reviews, sai em torno de 45 dólares para 2 pessoas. Também fomos a sites de hotéis e encontramos alguns com notas altíssimas (4 de 5) por 30 dólares a noite para o casal. Ou seja, é barato mesmo. Esse post aqui do CoP conta porque Praga é uma boa pedida para o ano novo.

Lisboa

Foto: Gaia Passarelli
Foto: Gaia Passarelli

Dizem por aí que Lisboa é a nova Berlim da Europa, com algumas vantagens: o sol que brilha quase o ano inteiro e a culinária maravilhosa. Além disso, é uma das poucas cidades do continente onde você pode beber uma cerveja na calçada em frente ao bar aberto às 3 da manhã.

O céu de Lisboa tem um azul único e as ruas de paralelepípedo e íngremes dão um charme à cidade. As lojas têm uma grande preocupação com o design, porém mantendo as tradições, como A Vida Portuguesa, que deixa encantado todo mundo que visita.

Por causa dos baixos preços, muitos jovens criativos de cidades caríssimas como Paris e Londres estão indo para Lisboa. Então existem espaços artísticos incríveis, como a LX Factory. Festas européias estão abrindo seus olhos para a capital portuguesa, como o Picknic Electronik, que no verão 2015 inaugurou sua filial lisboeta. A Pri Dieb aqui do CoP foi na festa e contou tudo aqui. Ou seja, está bombando.

Na nossa pesquisa para encontrar pechinchas, descobrimos que dá para alugar um quarto bacana no Airbnb em Lisboa por 30 euros (R$ 130) para duas pessoas. É possível encontrar hotéis decentes por 35 euros (R$ 150) para duas pessoas.  Na hora da comida, dá para encontrar diversos lugares com menu do almoço em entre 5 e 10 euros (R$20-R$40) por pessoa.

Atenas

Foto: Renato Salles
Foto: Renato Salles

Se a crise chegou no Brasil agora, ela já está instalada na Grécia faz tempo. Por isso, muitos europeus que estavam meio duros, mas não abrem mão de praias maravilhosas, pegaram um avião para a terra de Zeus. Se você curte história e boa comida, já pensou em ir para Atenas?

Como Lisboa, o clima é maravilhoso. Prepare-se para ver todas as ruínas impressionantes, como a Acrópole. A Lalai foi esse ano para Atenas e se impressionou com a vibe da cidade e dá várias dicas aqui nesse post apaixonado sobre a Grécia. Dá para encontrar quartos em apartamentos ou hotéis em torno de 40 euros (R$ 175) para 2 pessoas e comer pratos típicos restaurantes simples porém deliciosos por 10 euros (R$43).

Budapeste

Buda e Peste são separadas pelo Rio Danúbio e formam uma das cidades mais bonitas da Europa. Opa, e uma das mais baratas também. Por causa dos preços baixos, a capital da Hungria é jovem e agitada. Ah, a gente já falou que os vinhos húngaros são surpreendentemente bons?

Além dos passeios clássicos pelo rio, passando pela Ponte das Correntes e o Castelo Budapeste, a Gaia explica aqui nesse post do CoP porque Budapeste é boa para passar o ano novo.

Foto: Budapest River Cruises
Foto: Budapest River Cruises

Em Budapeste, dá para ter uma refeição em um bom restaurante, comendo comida local (goulash), por 2,500 florins (R$35), nada mal. Um pint de cerveja sai em torno de 500 florins (R$6). Lembra quando falamos lá no início sobre o preço do pint de cerveja em Londres? Pois é.

Nas nossas buscas no Airbnb e nos buscadores de hotéis encontramos quartos com boas referências em torno de 30 euros (R$ 130) para duas pessoas. Uma pechincha para uma cidade com um cenário tão maravilhoso como Budapeste.

Cracóvia

A vibe da Cracóvia é uma grande surpresa. Positiva, claro. Super jovem, é perfeita para quem procura a famosa vida noturna do leste europeu. Com muitos bares abertos até tarde e lotados de gente, a Cracóvia vai agradar baladeiros. Outra surpresa da cidade é a cena indie/electro. Saímos com um local à noite e fomos a muitos bares que tocavam bandas como Rapture e Franz Ferdinand.

Porém se o seu lance é visitar lugares históricos, a cidade é patrimônio da humanidade da UNESCO desde 1978. Com castelos medievais e as impressionantes minas de sal, Cracóvia é linda e interessante. Se você quiser fazer um turismo mais dark, o campo de concentração de Auschwitz fica logo ao lado.

Foto: Wikipedia
Foto: Wikipedia

Com 25 Zloty (R$ 25), você tem uma refeição completa da comida local polonesa. A cerveja custa 1 Zloty, ou seja, 1 real. Nem no Brasil você bebe tão barato. Além disso, você vai estar em uma cidade medieval com uma população jovem e divertida.

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

13 de October, 2015

Share

Sarah Galvao

A Sarah morou em 5 cidades diferentes nos últimos 9 anos, seja a trabalho ou no sabático que tirou em Barcelona. Na hora de planejar uma viagem, gasta 70% do tempo pensando onde vai comer, porém tenta queimar as calorias conhecendo as cidades de bike . Já teve que renovar passaporte por falta de espaço para novos carimbos mas ainda tem a África e Oceania como pendências. Também escreve para o Almostlocals.com, site com dicas bacanas por gente quase local.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.