Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do fim de semana no Recife: 21.09

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

20 de September, 2018

Share

MECA Brennand

Letrux sempre arrasa e fará seu terceiro show este ano no Recife. Foto: Antonio Brasil

Merecidamente, Recife entrou no roteiro do MECA, plataforma criativa que promove festivais de música (e outras ações) sempre em lugares com visual incrível. A Oficina Cerâmica de Francisco Brennand é o local onde rolará uma programação certeira, com shows de Letrux, Duda Beat, Mundo Livre S/A, Phalanx Formation, Windy City Classics, Barro, Dirimbó e Madimboo, além de DJs dos coletivos-festas Batekoo, Sem Loção, Maledita e Pop Briseiro. Os portões abrem às 15h e a farra continua até 4h da manhã dentro daquele templo mítico-sensual-surrealista cheio de esculturas.

MECA Brennand. Sábado (22.09) das 15h às 4h. Ingressos antecipados: R$ 45.
Oficina Cerâmica Brennand. Engenho Cosme e Damião, Rua Diogo de Vasconcellos, Várzea.

Peraí que tem mais

Não agressive não… porque nesse telengotengo todo mundo vai ficar envernizado.
Academia da Berlinda. Sexta (21.09) às 22h. Ingressos: R$ 60.
Clube Bela Vista. Avenida Aníbal Benévolo, 636, Alto Santa Terezinha, Água Fria.

Tributo a Lula Côrtes e Luiz Gonzaga em uma festa ao ar livre.
Baião de Lulas. Sexta (21.09) às 21h. Ingressos: R$ 5.
Casa Balea/ Sana. Rua 13 de Maio, 99, Varadouro, Olinda.

Mais um festival de artes para alertar sobre o absurdo que é o abandono de um dos centros culturais mais importantes do Recife, que as autoridades deixaram cair aos pedaços (algo tão irresponsável quanto o incêndio do Museu Nacional).
Virada Cultural do Teatro do Parque. Sábado (22.09) das 12h às 22h. Grátis.
Cine-Teatro do Parque. Rua dos Hospício, Boa Vista, Centro.

MV Bill, ADL, Kmila CDD, DJ KSB e Femigang estão no line up deste grande festival de rap.
Baile de Favela. Sábado (22.09) às 20h. Ingressos antecipados: R$ 50.
Baile Perfumado. Rua Carlos Gomes, 390, Prado.

Melhor lugar para curtir ciranda e ensaio de maracatu rural neste fim de semana.
Projeto Azougue: Sambada no Maracatu Águia Formosa. Sábado (22.09) às 21h.
Terreiro do Maracatu Águia Formosa. Rua Professora Ana Vaz de Andrade (em frente ao Hamburgão do Lula), Tracunhaém.

Festival-ritual em homenagem às divindades e entidades das matas, com Bacamarteiros Mandacaru, Caboclinhos Carijós, Maracatu Malunguinho e shows de Bongar, Pandeiro do Mestre, Bojo da Macaíba e Mestra Ana Lúcia do Coco.
VIII Kipupa Malunguinho. Domingo (22.09) das 9h às 18h. Grátis.
Quilombo cultural Malunguinho. Rua Pitanga II 40, Área 3, Parcela 40, Abreu e Lima (entrada pela Rua Capitão José Primo, no Terminal dos Kombeiros, na entrada de Caetés).

Duelo de improvisações e rimas de rap naquela pracinha do Poço.
Batalha da Quadra. Domingo (23.09) das 15h às 22h. Grátis.

Estrada Real do Poço, perto da igreja, Poço da Panela.

Festival de duetos instrumentais com encontros entre mestres de violão, rabeca, flauta, sax, gaita, piano e outros instrumentos. Spok, Guinga, Claudio Rabeca, João do Cello e Beto Hortis estão entre os participantes.
Malakoff Duos
. Sábado (22.09) às 17h e Domingo (23.09) às 16h. Ingressos: R$ 2 (dois reais).

Torre Malakoff. Rua do Observatório, Praça do Arsenal, Bairro do Recife.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

20 de September, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.