De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do feriado no Recife: 12.10

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

11 de October, 2018

Share

50 Anos do Mestre Biu

O Coco Chinelo de Iaiá está na programação da festa. Foto: Jan Ribeiro/ Fundarpe

É muito prestígio que esse coquista tem… Nada menos que 17 grupos de coco, afoxé e maracatu estão confirmados para o aniversário de 50 anos do Mestre Biu. A farra percussiva vai rolar na quadra da escola Gigantes do Samba a tarde inteira e noite adentro no domingo do feriadão. É o tipo de festa que só dá pra encontrar no Recife. No line up: Samba da Galinha, Mano de Baé, Afoxé Omô Nilê Ogunjá, Zeca do Rolete, Aurinha, Afoxé Oyá Tokolê Owo, Maracatu Encanto da Alegria, Maracatu Estrela Brilhante do Recife, Coco dos Pretos, Zé de Teté, Mestre Galo Preto, Abe Adu Lofé, Raízes do Capibaribe, Mestra Ana Lúcia, Chinelo de Yayá e Mestre Beto Santos do Coco Pé no Chão.

50 anos do Mestre Biu. Domingo (14.10) a partir das 11h. Grátis.
Gigantes do Samba. Rua das Crianças, 97, Bomba do Hemetério.

Peraí que tem mais

A inesgotável obra de Tom Zé é celebrada por uma banda massa formada por Feiticeiro Julião, Niero, Juvenil Silva e Marcelo Cavalcante.
Tributo a Tom Zé. Quinta (11.11) a partir das 20h. Ingressos: R$ 15.
Terra Café Bar. Rua Monte Castelo, 102, Santo Amaro, Centro.

O faz-tudo Matheus Mota e o cantor Jonatas Onofre são os convidados do projeto que celebra a autossuficiência do artista musical.
Noites Recife Lo-Fi. Sexta (12.10) às 22h. Grátis.
Terra Café Bar. Rua Monte Castelo, 102, Santo Amaro, Centro.

Festa do Maracatu Porto Rico, uma das mais emblemáticas nações do baque virado do Recife.
Noite do Dendê. Sábado (13.10) a partir das 17h. Grátis.
Concentração na Igreja do Pina (Avenida Herculano Bandeira, 471) e cortejo até a sede do Porto Rico (Rua Eurico Vitrúvio, 483).

As bandas Maquinas (CE), Kalouv e Torre reforçam a renovação do rock nordestino.
Bailito. Sábado (13.10) às 20h. Ingressos: R$ 15.
Baile Perfumado. Rua Carlos Gomes, 390, Prado.

Duas sessões musicais ao vivo com Adriana Calcanhoto em pessoa.
A Mulher do Pau Brasil. Domingo (14.10) às 18h e às 21h. Ingressos a partir de R$ 70.
Teatro RioMar. Shopping RioMar, Pina.

Uma das bandas mais invocadas do thrash metal nacional ao vivo em alto e bom som. As pernambucanas Dune Hill e Brutal Order também tocam na noite.
Korzus. Sábado (13.10) às 21h. Ingressos a partir de R$ 40.
Estelita. Avenida Saturnino de Brito, 385, Cabanga.

Das bandas da Paraíba, Seu Pereira é uma das mais arretadas.
Seu Pereira e Juvenil. Sábado (13.10) às 16h20. Ingressos: R$ 15 (antecipado) e R$ 20 (na hora).
Jambo Azul. Rua Bispo Cardoso Ayres, 481, Boa Vista, Centro.

Seu Manuel, Coco dos Velhos, Menestréis Cantador e Dona Del Coco juntos em uma noite pra dançar.
Samba Coco Zé Neguinho. Sábado (13.10) das 18h às 23h. Grátis.
Praça do Morro da Conceição. Casa Amarela.

Mestre Bi e a Ciranda Bela Rosa resgatam a tradição cirandeira do Pátio, com participação do danado Anderson Miguel.
Ciranda Rural. Domingo (14.10) a partir das 16h. Grátis.
Pátio de São Pedro. Bairro de São José, Centro.

Saindo do Recife, quatro horas de estrada (pertinho) levam a um show de Franz Ferdinand.
Festival Mada. Sexta (12.10) e sábado (13.10) a partir das 17h30. Ingressos a partir de R$ 55.
Arena das Dunas. Avenida Prudente de Morais, 5121, Lagoa Nova, Natal (RN).

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

11 de October, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.