De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

As boas do feriado em São Paulo: 31.05

Quem escreveu

Tava Passando

Data

30 de May, 2018

Share

22ª Parada do Orgulho LGBT + 1ª Marcha do Orgulho Trans

Feriadão de Corpus Christi em São Paulo virou sinônimo de feriadão de Parada Gay. A cidade ganha as cores do arc0-íris, um monte de programações pré e pós tomam conta e, no domingo mesmo, é dia de ocupar a Avenida Paulista inteirinha com fervo, festa e luta. Em sua 22ª edição, o tema da parada é importantíssimo: eleições, com o slogan “Poder pra LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz”, um chamado para levar a consciência também para a hora do voto. Esse ano a madrinha é Fernanda Lima, a apresentadora oficial é a Drag Queen Tchaka e a festa rola com atrações como Pabllo Vittar, Preta Gil, Mulher Pepita, Lia Clark e April Carrion, terminando no Anhangabaú com vários shows. Além da parada oficial, uma novidade esse ano é a estreia da Marcha do Orgulho Trans, que acontece na sexta no Arouche, e briga pela visibilidade das demandas de direitos e cidadania de travestis e transexuais no Brasil. Fervo também é luta!

22ª Parada do Orgulho LGBT de SP. Domingo (03.06) das 10h às 18h. Gratuito.
Avenida Paulista
1ª Marcha do Orgulho Trans de São Paulo. Sexta (01.06), das 14h às 20h. Gratuito.
Largo do Arouche, República

Vazios Povoados

O Farol Santander continua trazendo experiências de arte imersiva bem diferentes e atraentes, como é o caso da nova exposição que inaugura essa semana, novamente com direção artística de Facundo Guerra. Em Vazios Povoados, os brasileiros Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti exibem a obra exclusiva Tubo, e o inglês Haroon Mirza apresenta a instalação /\/\/\/\/\/\ (ou “Aquarius”) pela primeira vez no Brasil. As instalações, distribuídas em dois andares com 330m² cada, têm em comum o objetivo de provocar reflexões sobre novas formas de interagir com o mundo, por meio do experimentalismo da arte contemporânea. Pode se preparar para ver muitas imagens das duas no Instagram!

Vazios Povoados. De terça (29.05) a 09.09, de terça a sábado das 9h às 20h, domingos das 9h às 18h. Ingressos: R$ 20.
Farol Santander. Rua João Brícola, 24, Centro

Oscar Oiwa no Paraíso – Desenhando o Efêmero – Últimos dias

Últimos dias para visitar a belíssima exposição Desenhando o Efêmero, que traz uma seleção de trabalhos e uma instalação inédita que mostram o estilo único do artista plástico nissei Oscar Oiwa. Exclusiva para o Brasil, a instalação Paraíso é um desenho em 360 graus de uma paisagem projetada dentro de um balão inflável, onde o visitante pode entrar e se integrar ao imaginário do artista. E o mais legal: para celebrar o fim da exposição, nessa sexta e sábado tem visita guiada especial com o próprio artista, que dá uma palestra e passeia com o público pelas obras. Corre!

Oscar Oiwa no Paraíso – Desenhando o Efêmero – Últimos dias. Até domingo (03.06), terça a sábado das 10h às 22h, domingos e feriados das 10h às 18h (com visitas guiadas especiais do artista na sexta e sábado). Gratuito.
Japan House. Avenida Paulista, 52, Paraíso

Peraí que tem mais

Primeira exposição do artista franco-tunisiano Ismail Bahri na América Latina.
Instrumentos, de Ismaïl Bahri. De terça a sábado das 10h às 19h, domingos e feriados das 10h às 17h, até 22.07. Gratuito.
Espaço Cultural Porto Seguro. Alameda Barão de Piracicaba, 610. Campos Elíseos

Batalha com poemas próprios de até 10 segundos, 3 segundos e 1 segundo!
Menor Slam do Mundo – 6 anos. Quarta (30.05) às 20h. Gratuito.
Estúdio Lâmina. Avenida São João, 108, Centro

Festa, pocket show da Alice Caymmi e leilão de obras e objetos, tudo com renda revertida para a incrível Casa 1!
Leilão Casa 1. Quinta (31.05) das 16h às 21h. Ingressos (renda revertida para a Casa 1): R$ 50.
Teatro Oficina. Rua Jaceguai, 520, Bela Vista

Sarau LGBTQIA+ de micro-performances com artistas, escritores, poetas etc.
Sarau Bixaria Literária. Sexta (01.06) das 19h às 21h. Gratuito.
Casa das Rosas. Avenida Paulista, 37, Paraíso

Mostra coletiva dos fotógrafos Mateus Silva, Toni William Crosss, Daniela Cordeiro e Diego Aliados.
Olhos da Caminhada. Sábado (02.06) das 15h às 21h, até 07.07. Gratuito.
Favela Galeria. Archangelo Archina, 587, Cidade São Mateus

Primeira aula do curso sobre discos, filmes e livros que criaram o mundo de hoje com o jornalista Alexandre Matias.
Curso Cabeça Aberta: The Velvet Underground and Nico. Sábado (02.06) das 14h às 17h. Inscrições: R$ 80 (aula avulsa) e R$ 320 (curso completo).
Unibes Cultural. Rua Oscar Freire, 2500, Sumaré

Quem escreveu

Tava Passando

Data

30 de May, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

Comentários

  • Na programação lgbt faltou mencionar a tradicional caminhada lésbica que acontece no sábado na paulista ;)
    - Carol

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.