Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

As boas do fim de semana em casa_Vol.6

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

15 de April, 2021

Share

Apresentado por

Mais um fim de semana em casa e a programação continua a todo vapor, não deixando ninguém entediado, especialmente se você tiver um Jack Apple & Tonic geladinho nas mãos.

Para quem se apaixonou pelas lives da Teresa Cristina, vai rolar uma live em sua homenagem por três Cristinas interpretando seu repertório.

A Lei Di Dai comanda o “Gueto pro Gueto” celebrando a cultura do sound system. Separamos três DJs sets perfeitos para aquecer o comecinho da noite armando a pista na sala de casa (ou quem sabe até na cozinha!).

Estreia também esta semana o Festival Sesc Melhores Filmes, com uma viagem pelas últimas décadas através da sétima arte. A programação de teatro, a mais caprichada desse ano, está com várias opções. Nossos destaques vão para “Colônia Penal” e “Sônia, um ato por Tolstói”.

Por fim, deixamos aquela seleção de bares para você garantir os petiscos acompanhados de um refrescante Jack Apple & Tonic.

Voi lá!

Música ao vivo

Festival Nossos Palcos: Giovani Cidreira – Foto: Patricia Almeida

Festival Nossos Palcos
Dias 17 e 18 de abril, a partir das 17h, no Youtube
O festival, promovido pela On Stage Lab, reúne grandes nomes da música contemporânea brasileira. Jup do Bairro, Edgar, Drik Barbosa, Giovani Cidreira são alguns dos nomes do line-up sob curadoria de Luiza Liam.

Cristinas cantam Teresa
De 13 a 18 de abril, às 20h, no Youtube
Uma das maiores rainha das lives brasileiras, Teresa Cristina, ganha um espetáculo em sua homenagem nas mãos de três “Cristinas”: Elen Cristina, Lilith Cristina e Thaís Cristina, que interpretarão suas obras.

Wave Live Act – Imaginação Criativa
De 13 a 18 de abril, às 20h, no Youtube
Projeto da dupla Érica Alves e João Pinaud que apresentará seis lives musicais com instrumentação eletrônica que tem como ponto de partida obras de arte selecionadas do acervo de pinturas do Museu Paulista. Os artistas narram, através da música, pequenos fragmentos da história da região, deixadas como pistas nas imagens que serviram de inspiração. 

Festival SP Choro in Jazz
Dias 15 de abril, às 21h; 16 e 17, às , 16h, 18h e 19h; 18, às 18 e 19h, no Youtube.
Festival inédito idealizado por Adriana Belic reunindo 22 instrumentistas de destaque da cena paulistana do choro, do jazz e da MPB, em 5 shows. No line-up tem Filó Machado Sexteto, Rodrigo Eisinger & Edu Guimarães Duo, Choro pro Santo, Conjunto Retratos e Beba Trio e Convidados. Uma das atrações inusitadas do festival é a possibilidade do público interagir e tocar acompanhado pelo Filó Machado Sexteto.

Mostra Três Pontas: Música em Experimento
De 15 a 18, sempre às 20h, no Youtube
Festival para mergulhar na música autoral produzida no sul de Minas Gerais. Da MPB ao pop, do rock progressivo ao metal, a mostra convida o público a conhecer projetos recém-lançados, em fase de gestação ou finalização. Os artistas que participam são Heitor Branquinho, Stay Clean, Isabela Morais e Compasso Lunnar.

Os Barbapapas
Dia 16 de abril, às 20h, no Youtube
O quarteto instrumental apresenta o show do novo álbum “DooWooDooWoo”, um disco de músicas curtas, inicialmente com o desafio de terem 1 minuto cada, para ouvir digitalmente e sequencialmente, numa toada psicodélica que dura por seus 25 minutos como uma jornada interestelar. Dá uma conferida aqui para sacar a vibe boa da banda.

Festival de Mulheres no Hip Hop
Dia 16 de abril, a partir das 19h; dias 17 e 18, das 15 às 20h, no Youtube.
Refletindo sobre a igualdade de gênero, empoderamento feminino e o protagonismo das minas na cena artística nacional, o Festival de Mulheres no Hip Hop contará com a participação de MCs, DJs, B-Girls e grafiteiras entre apresentações e bate-papos.

Para armar a pista na sala de casa

SOUNDKRAKERZ
Toda sexta-feira, a partir das 17h57, no Twitch
O universo das batidas quebradas com os DJ residentes Brown Breaks, Niko, Lika Marques e Mok Groove (PT), além de convidados nacionais e internacionais.

Festa Papoula
17 de abril, das 21 às 6h, via Twitch
Festa comandada pela produtora Liv Massei dedicada ao techno, experimental e “leftfield”.

Gueto pro Gueto Sistema de Som com Lei Di Dai
Dias 16 e 30 de abril, às 20h, no Youtube
Valorizando a cultura Sound System e a música jamaicana, o Gueto pro Gueto leva música, dança e grafite com Lei Di Dai no mic, o DJ Vinnie na seleção musical com produção executiva de Thays Quadros.

Nora en Pure
On demand, no Youtube
Set delicioso para armar a pistinha de casa, pegar um Jack Apple & Tonic e dançar se deleitando com a música e a locação dessa live em Graubünden, na Suíça, da DJ Nora en Pure, da África do Sul. Pode dar o play, porque é irresistível.

Disco Vinyl Sessions com Laura Vasconcelos
On demand no Youtube
A DJ Laura Vasconcelos é brasileira e vive em Berlim. Durante a pandemia ela tem produzido diversos sets reboleiros de house. Recentemente a DJ lançou uma série intitulado “Disco Vinyl Sessions”, com 20 minutos de duração, em que a live alterna entre ela tocando na sala de casa e o bailarino Léo Aquino dançando em espaços públicos de Berlim.

Chris Luno: Desert Vibes
On demad no Youtube
Para quem quer abrir a noite batendo papo, eu recomendo esse set de muito bom gosto do DJ Chris Luno, um melodic house mix. É só dar play que o ombrinho já começa a mexer.

Festivais de filmes

Festival Sesc Melhores Filmes: A Hora da Estrela, de Suzana Amaral

Festival Sesc Melhores Filmes
Até 5 de maio, no Sesc Digital
Criado em 1974, o Festival Sesc Melhores Filmes é o primeiro festival de cinema de São Paulo, trazendo ao público a oportunidade de ver ou rever o que passou de mais significativo pelas telas da cidade. A programação de cada edição é escolhida pelo público e pela crítica e pode ser conferida no site oficial. Alguns dos destaques são “A vida dos outros” (2006), de Florian Henckel von Donnersmarck; “Segredos e Mentiras” (1996), de Mike Leigh; “Meu tio da América” (1980), de Alain Resnais; “A história da eternidade” (2015), de Camilo Cavalcante, “A hora da estrela” (1985), de Suzana Amaral, além de um especial “Abril Indígena”.

Teatro, dança e performance

Teatro_Sonia, um ato por Tolstói por Claudio Gimenez

Sônia, um ato por Tolstói
Até 22 de abril, terças, quartas e quintas-feiras, às 20h, no Youtube
Dirigido por Elias Andreato, o monólogo é vivido pela atriz e bailarina Mariana Muniz, apresentando Sófia Andrêievna Tolstaia (cujo apelido era Sônia), a viúva de Liev Tolstói, a partir de uma visão feminina da relação conjugal que, desde o século XIX, é tema de discussão na filosofia, na sociologia, na psicologia, na política e, claro, na literatura, onde Tolstói deu primazia biográfica para acontecimentos ligados direta ou indiretamente ao seu casamento.

Colônia Penal
De 13 a 15 de abril, às 20, no Youtube da Cia. Carne Agonizante, depois segue até 28 de abril em outros canais
O espetáculo de dança Colônia Penal, montagem da Cia Carne Agonizante, com direção de Sandro Borelli, propõe que o insólito e o absurdo possam ser percebidos em várias situações: numa detalhada descrição de métodos de tortura dos regimes antidemocráticos abrigando e acobertando assassinos; na cruel e irônica omissão de um observador estrangeiro;  na estranha relação entre o poder oficial e o condenado.

A Genealogia Celeste de uma Dança
Até 28 de abril, às segundas, terças e quartas, 20h. Gratuito com ingresso retirado via Sympla.
Monólogo sobre o efeito do isolamento social interpretado por Luciano Chirolli. A quarentena nos apartou, mas também nos obrigou a identificar outras maneiras de nos sentirmos pertencentes à mesma existência, às mesmas alegrias e medos, aos desejos tremendamente humanos. De repente, muitas das coisas que dávamos por garantidas estavam suspensas. O texto nasce justamente a partir do céu, o real e o imaginado, esse tecido para o qual olhamos desde a ancestralidade em busca de direção, horizonte, futuro.

Condomínio Visniec
De 15 a 25 de abril, quinta a sábado, às 20h; domingo, às 18h, na Plataforma Teatro.
Espetáculo sobre a solidão contemporânea baseado em seis solos reunidos na coletânea “O Teatro Decomposto ou O Homem – Lixo”, do dramaturgo romeno Matéi Visniec. A partir de um mergulho no conflito interno dessa escritora, surgem em cena criaturas híbridas (meio humanas, meio animais), que povoam a imaginação da autora, gerando esse condomínio. Elas trazem à tona a solidão, os desejos, as angústias, as obsessões, os impulsos predatórios e a busca por uma possível redenção.

Colóquio com Personagens I, de Pirandello
Dias 16, 17, 18, 23, 24 e 25 de abril às 20h – exibição online + bate-papo no Youtube
Com direção de Cris Lozano e dramaturgia e atuação de Flávia Bertinelli, monólogo trata da angústia do autor diante da entrada da Itália na Primeira Guerra Mundial, impossibilitando-o de organizar seu universo criador. A teimosa presença de uma das suas personagens, o impede de fugir à própria verdade. O texto acaba se tornando uma reflexão sobre seu próprio processo criativo.

Festival da Tragédia Brasileira com a Cia. Repertório Rodriguiana
De 12 a 14 de abril, às 15h e às 19h, com o espetáculo “Toda Nudez Será Castigada”; de 16 a 17 de abril, às 15 e às 19h, “Viúva, Porém Honesta”, no Youtube.
Para a primeira edição do Festival da Tragédia Brasileira, a Cia Repertório Rodriguiana, dedicado ao dramaturgo Nelson Rodrigues, escolheu três peças para leitura dramática, com diferentes forças e gêneros do teatro rodriguiano: Perdoa-me por me traíres; Álbum de família; A Serpente e também os contos Obsessão preta e A sogra peluda.

Elizeth, a Divina
Dia 17 de abril de 2021, às 20h. Ingresso R$ 40 com compra aqui. O espetáculo é transmitido do Teatro J. Safra.Espetáculo musical de Izabella Bicalho, com direção de Sueli Guerra, conta momentos marcantes da história da cantora Elizeth Cardoso, seus grandes encontros, com amigos, parceiros históricos, as suas paixões e seus shows. Um espetáculo que transborda força poética através da música, do humor, da elegância e carisma, marcas registradas da personalidade da artista.

IRETI, da Cia do Despejo
De 15 a 18 de abril, quinta a domingo, às 20h, no Youtube
Com a missão de dar voz às culturas afrodiaspóricas – que foram depreciadas ao longo da História -, a Cia. do Despejo estreia a videoarte online “IRETI”, inspirada no espetáculo de mesmo nome. A obra é uma crítica à necropolítica brasileira e às violências sofridas pelas mulheres negras em nosso país. A montagem, que tem dramaturgia de Ingrid Alecrim e direção de Thaís Dias, é inspirada na mitologia Iorubá, sobretudo na figura de Nanã Buruku, orixá que cedeu a lama do seu domínio para a criação dos corpos humanos.

Para inspirar

Exposição Shoko Kanazawa @ Japan House

Uma Janela para a América
Duas exposições virtuais ocupam a galeria virtual “Uma Janela para a América”, do Memorial da América Latina, a da paraguaia Claudia Casarino, sobre as questões de gênero e da consciência do corpo, e do paulistano Mateus Silva, que busca um pouco de poesia no dia-a-dia da vida de São Mateus, região periférica de São Paulo.

Festival Afrikanse
Até 18 de abril, sempre às 16h, no Youtube
O Afrikanse promove conversas, vivências artísticas e saraus com artistas de vários países africanos. O objetivo do festival é dar protagonismo ao legado ancestral e diaspórico criando essa conexão Brasil & África.

Conhecendo DŌ: O Caminho de Shoko Kanazawa 
Dia 16 de abril, às 17h no Zoom.
Encontro promovido pela Japan House sobre a arte da caligráfica japonesa Shodō, uma prática que expressa o coração da artista por meio do traço da escrita dos ideogramas. Também será abordado toda a trajetória da jovem calígrafa Shoko Kanazawa, que por ter síndrome de Down encontrou na arte uma maneira de transmitir suas mensagens de amor e esperança. O evento faz parte da exposição de mesmo nome.

Conversa com Jesse Tyler Ferguson (em inglês)
Dia 18 de abril, às 15h (14h ET Time). Gratuito com inscrição.
Os melhores amigos Jesse Tyler Ferguson (Modern Family) e Julie Tanou, escritora sobre comida, se escreveram juntos o livro “Food Between Friends”, uma homenagem às suas cidades natais trazendo receitas com referências da Califórnia e das regiões sul e sudoeste dos Estados Unidos. O encontro será entre Jesse & Matt Brenan (Times) sobre comida, cozinhar e, claro, entretenimento.

Para pedir petiscos & drinks

Banqueta Bar

Banqueta Bar
Durante a pandemia, o conceituado bar de coquetelaria de Moema criou uma carta especial para delivery, que cai muito bem em qualquer happy hour em casa. Os drinks vêm em garrafinhas de 100 ou 200ml, e você ainda pode pedir os cubos de gelo para um preparo refinado. A carta tem desde clássicos como o Old Fashioned, até receitas autorais como o Tataúna, que leva Jack Daniel’s Fire e shrub de morango, e o Jack Apple & Tonic, claro. Para acompanhar, eles ainda servem cubos de frango empanado, burgers e baos que funcionam como ótimos petiscos. 

Cão Véio
Bar do prestigiado chef Henrique Fogaça, proprietário do Sal Gastronomia, tem agora o Jack Apple &  Tonic disponível para delivery. Além disso, o cardápio conta com os deliciosos sanduíches, a batata rústica temperada com alho e alecrim e as saborosas tulipas crocantes de frango.

Jordão Bar
A varanda concorrida do Jordão está fechada há um ano, mas o extenso cardápio deles está disponível para você aproveitar em casa. Os burgers e os pratos estão todos lá, mas é o menu de petiscos que brilha aos olhos. Bolinhos, pastéis, coxinhas, dadinhos, cortes de carne fatiados com ou sem molho, tudo que você precisa para um belo happy hour eles levam até você. E junto você ainda pode pedir alguns drinks e cervejas geladas. 

Martin Bar
Outra estrela do Tatuapé também se adaptou aos tempos de pandemia com uma ótima seleção de comidinhas para você aproveitar em casa. Aqui, o aperitivo ganha uma aura latina, com influência das tapas espanholas e da parilla argentina. Aposte nas croquetas de cupim na cerveja preta, na chapa mista com vários cortes de carne, e se a fome estiver grande vá direto para o sanduíche de pastrami.

*Foto destaque guia: Alessandra Negrini em A Árvore – foto divulgação

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

15 de April, 2021

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.