Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Guia melhores eventos gratuitos da semana em São Paulo: 22 a 27.01

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de January, 2019

Share

Apresentado por

A semana está bem concorrida com a chegada dos 465 anos de São Paulo. A agenda está um capricho só, especialmente para quem gosta de shows ao vivo. A Prefeitura de São Paulo preparou uma programação massiva com festas e shows no Vale do Anhangabaú e entorno. Tem Ludmilla, Rael, Rashid com participação especial de Pabllo Vittar, além das festas Gop Tun, Batekoo, Pilantragi, ODD e Mamba Negra. Um dos destaques do aniversário da cidade é o espetáculo de dança “Risco”, do Balé da Cidade, que presenteia a população com uma apresentação gratuita. Mas não para aí…. tem teatro, tem exposições, tem muito bate-papo. Aproveita o feriado prolongado para mergulhar mais nas sonoridades brasileiras e se inspirar para o ano que chegou a todo vapor.

Vem que a gente conta tudo!

Para dançar

Calefação Tropicaos ganha edição gratuita no CCJ. Foto: I Hate Flash / divulgação
Calefação Tropicaos ganha edição gratuita no CCJ. Foto: I Hate Flash / divulgação

Nesta véspera de feriado um time de peso estará nas pickups do Caracol: Davis, Zopelar, Sallum e Benjamin. Prepara para um pouco do melhor que rola da música eletrônica em São Paulo.
Caracol Bar. Quinta (24.01) a partir das 19h. Gratuito 
Caracol Bar. Rua Jaguaribe, 76, Santa Cecília

Festa que promove o encontro dos ritmos brasileiros dos anos 1960 ao 1990 com o pouco do melhor que rolou após os anos 2000. Tem DJ Nuts no line-up. Essa é pra virar a madrugada e a entrada 0800 é na abertura da casa.
Festa Esquema. Quinta-feira (24.1), das 23 às 4h. Gratuito até 0h.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista.

Nova festa prometendo uma pista dançante com house e tech house (que saudades!).
Golden. Sábado (26.1), das 16 às 6h. Gratuito, mas é necessário confirmar a presença no evento no facebook e chegar antes das 22h. 
Trackers Itaim. Av. Nove de Julho, 5871, Itaim Bibi.

Baile alto astral cheio de tropicalidade sonora comandado por Piti Uchôa. Rola show da banda Elo Corrente.
Calefação Tropicaos. Domingo (27.1), das 14 às 21h. Gratuito.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha.

Para encerrar o domingo numa pista de techno.
Underground Movement: SP & Techno de Rua. Domingo (27.1), das 14 às 22h. Gratuito até às 16h.
Point 495 Lounge. Rua Azevedo Soares, 495, Tatuapé.

Esquenta carnaval

O Mundo Pensante recebe o bloco Arrianu Suassunga num ensaio aberto nesta terça-feira.
Ensaio Aberto Arrianu Suassunga. Terça-feira (22.1), das 21 às 23h. Gratuito.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista.

Ensaio aberto de um dos blocos de carnaval mais legal de São Paulo.
Ensaio Aberto da Espetacular Charanga do França. Domingo (27.1), das 11 às 14h. Gratuito
Rua Imaculada Conceição, 151, Santa Cecília.

Para ver show

Drik Barbosa se apresenta no Z no domingão. Foto: divulgação / facebook
Drik Barbosa se apresenta no Z no domingão. Foto: divulgação / facebook

Quinta Independente convida Mis Ivy, uma das maiores referências ragga no Brasil.
Mis Ivy. Quinta-feira (24.1), das 20h30 às 21h30. Gratuito.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha.

Celebração da obra de Tom Jobim.
Tom Jobim Instrumental. Dias 25, 26 e 27.1, às 19h15. Gratuito. Ingressos distribuídos a partir das 9h do dia do espetáculo.
Caixa Cultural São Paulo. Praça da Sé, 111, Centro.

A banda é cria do solo musical fértil de Fortaleza.
Oto Gris. Sábado (26.01) às 18h. Gratuito.
Almanaque Urbano. Rua Martim Carrasco, 110, Pinheiros

Um dos palcos mais bacanas da cidade, o Z, estreia o #VerãoZ com 4 festas produzidas por 4 selos tradicionais da cidade. Cada sábado será dedicado a um estilo musical. Quem abre a programação é o Lab Fantasma (Rap e Hip Hop) convidando um dos nomes expoentes do rap nacional, Drik Barbosa, autora do ótimo álbum Espelho, que faz uma crítica afiada ao machismo e racismo.
#VerãoZ com Drik Barbosa & DJ Faul. Domingo (27.1), das 16 à 0h. Gratuito.
Z. Av. Brigadeiro Faria Lima, 724, Largo da Batata, Pinheiros.

Show do Jaloo de graça! <3
Jaloo. Domingo (27.1), das 15h30 às 17h. Gratuito.
Sesc Interlagos. Av. Manuel Alves Soares, 1100

O show do Grand Bazaar é sempre uma grande festa.
Grand Bazaar. Domingo (27.01) às 18h. Gratuito.
Teatro Décio de Almeida Prado. Rua Cojuba, 45, Itaim Bibi

Exposições

Good Life por Pazza Pennelo, na exposição “A Revolução Bipolar”. Foto: cortesia artista
Good Life por Pazza Pennelo, na exposição “A Revolução Bipolar”. Foto: cortesia artista

A Galeria Houssein Jarouche abre em novo endereço com a exposição “A Revolução Bipolar”, da artista ucraniana Pazza Pennelo. Uma das características das obras de Pazza é a influência da pop art. Alguns de seus trabalhos retratam produtos surgidos na Ucrânia após a queda da Cortina de Ferro.
A Revolução Bipolar, Pazza Pennelo. De 22.1 a 30.3. A abertura acontece nesta terça-feira, das 19 às 22h. Gratuito.
Galeria Houssein Jarouche. Rua Estados Unidos, 2109, Jardim América.
Horário de funcionamento: de terça à sexta -feira das 10h às 19h e aos sábados das 10h às 17h. Até 30 de março de 2019.

Exposição sobre a divulgação de bandas nos anos 80 e 90, resgatando zines, fitas K7, discos de vinil, cartazes de shows, entrevistas, cartas, fotos etc.
Não Temos Condições de Responder a Todos. A partir de quinta (24.01) às 20h, de segunda a sexta das 10h30 às 21h, sábados e feriado das 10h30 às 18h30. Até 05.03. Gratuito.
Sesc Consolação. Rua Doutor Vila Nova, 245, Consolação

Exposição imersiva (em realidade virtual) concebida pelo artista Robert Lepage que proporciona uma viagem por 10 bibliotecas ao redor do mundo, algumas reais e outras fictícias.
Biblioteca à Noite. Até 10 de fevereiro 2019, terça a sábado, das 10h30 às 21h; domingo, das 10h30 às 18h. Gratuito, mas é necessário se inscrever no site
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista.

A exposição “Lasar Segall: ensaio sobre a cor” investiga a produção do artista a partir do uso das cores como elementos que traduzem um estado de espírito. A mostra conta com mais de 80 obras de Lasar Segall.
Lasar Segall: Ensaio sobre a Cor. Até 05 de março 2019. Gratuito.
Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, República.

A exposição “Claudia Andujar: a luta Yanomami”, retrospectiva da fotógrafa que dedicou sua vida para estudar e proteger um povo indígena ameaçado de extinção, promete ser uma das mais concorridas deste verão.
Claudia Andujar: a luta Yanomami. Até 7 de abril 2019. Gratuito.
Instituto Moreira Salles. Av. Paulista, 2424, Cerqueira César.

Exposições de casas conceituais desenvolvidas para cachorros com curadoria do designer japonês Kenya Hara. Na abertura, dia 19.01, rola uma palestra com o curador e Julia Huanga.
Arquitetura para Cães. Até 07.04. Terça a sábado, das 10 às 20h; domingo, das 10 às 18h. Gratuito.
Japan House. Av. Paulista, 52, Bela Vista.

Cinema, teatro e dança

Frequência Ausente 19Hz no Centro Histórico de São Paulo. Foto: divulgação
Frequência Ausente 19Hz no Centro Histórico de São Paulo. Foto: divulgação

A mostra “a_ponte: cena do teatro universitário” acontece por 12 dias apresentando a produção teatro emergente de várias cidades brasileiras. São 14 espetáculos de 11 estados.
a_ponte: cena do teatro universitário. De 24.1 a 4.2, de quinta a domingo, às 15h30. Gratuito com distribuição de convites com 1h de antecedência.
Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, Bela Vista.

Exibições ao ar livre de filmes com cara de verão.
CinePraia. Quinta (24.01) às 19:30. Gratuito.
Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho

Lançamento da animação que foi pré-indicada ao Oscar.
“Tito e os Pássaros”. Sexta (25.01) às 11h. Gratuito.
Cinearte Petrobras. Avenida Paulista, 2073, Cerqueira césar

Peça conta a história de amigos que tentam organizar um atentado contra a FFLCH, Usp. Os desencontros e a falta de sentido dessa e de tantas outras ações revelam a idiotização de nossos tempos e a necessidade de buscarmos e discutirmos algum imaginário possível sobre os ideais de revolução que permearam a América Latina nos anos de 1960 e 1970.
Argumento Contra a Existência de Vida Inteligente no Cone Sul. De 25.1 a 24.2, sexta e sábado, das 21 às 22h30; domingo, das 20 às 21h30. Gratuito, ingressos distribuídos 1h antes.
Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1.000, Liberdade.

Que tal participar de uma experiência artística, unindo passado e presente pelo centro histórico de São Paulo, e ainda ter a oportunidade de conhecer o primeiro arranha-céu de São Paulo, o Edifício Sampaio Moreira? Essa é a proposta do espetáculo FREQUÊNCIA AUSENTE 19HX, da ExCompanhia de Teatro, uma experiência vivida com fones de ouvidos e smartphone, onde o público é guiado individualmente por um personagem invisível pelas ruas da cidade.
Frequência Ausente 19hx. De 26.1 a 17.2, sábados e domingos, das 13 às 17h. Gratuito mediante inscrição aqui.
Edifício Sampaio Moreira / Secretaria Municipal de Cultura. Rua Líbero Badaró, 346 – Centro

Debates, palestras, leituras e cursos

Fundação de São Paulo, Oscar Pereira da Silva.
Fundação de São Paulo, Oscar Pereira da Silva.

Para começar a semana refletindo: “A (in)visibilidade do Negro na Moda” reúne Paloma GS Botelho (consultora de estilo pessoal) e Gabi monteiro (fashion designer) num bate-papo sobre a presença pequena de negros no mercado da moda.
A (in)visibilidade do Negro na Moda. Terça-feira (22.1), das 19h30 às 22h30. Gratuito – inscrições com 30 minutos de antecedência.
Sesc Pinheiros. Rua Paes Lemes, 195 – Sala de Múltiplo Uso (3º andar), Pinheiros.

O festival Cidade do Futuro celebra os 465 anos de São Paulo com uma bela programação com o objetivo de mostrar a cidade como o maior hub de inovação da América Latina. A agenda de palestras traz assuntos relacionados à criatividade, inovação, cultura, música e empreendedorismo. É só escolher seu assunto de preferência e se inscrever gratuitamente. Algumas palestras: Futuro da Alimentação, Futuro do Trabalho, Futuro da Cidade, Futuro da Música, Futuro do Bem-Estar entre vários outros.
Cidade do Futuro. Sexta-feira (25.1), das 9 às 18h40. Gratuito mediante inscrição.
Diversos espaços no centro de São Paulo.

Supla irá falar da sua longa trajetória através da leitura de alguns trechos do seu livro “Supla: crônicas e fotos do Charada Brasileiro”.
Encontro com Supla. Sexta (25.01) às 22h. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Consolação

Palestra apresentará uma perspectiva comparada sobre duas pinturas bastante conhecidas, a “Fundação de São Paulo” (1907), de Oscar Pereira da Silva, e a “Fundação de São Vicente” (1900), de Benedito Calixto.
Observando as origens: as fundações de São Paulo e São Vicente. Sexta-feira (25.1), das 14 às 16h. Gratuito – inscrições aqui.
Auditório do Museu do Ipiranga. Av. Nazaré, 268, Ipiranga.

Oficina criativa para quem gosta de street art e arte afro-indígena. A atividade promove um encontro entre Xingu & Nova York traçando uma conexão entre Jean-Michel Basquiat e a arte Xinguana.
Vivência artística: Street Art. Domingo (27.1), das 15 às 18h. Gratuito – inscrições meia-hora antes na Loja Sesc. 
Sesc Pompeia. Rua Clelia, 93.

Para inspirar

Curso para aprender técnicas que ajudam a ter uma atenção plena fazendo a gente a viver mais o momento presente.
Meditação Mindfulness. Dia 26 de janeiro, às 10h. Gratuito – retirar ingresso 1 hora antes.
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista.

Visitas educativas gratuitas apresentando o belo prédio do Theatro Municipal, a passagem aos subterrâneos da construção e ainda a Praça das Artes. As visitas contam toda a história do teatro e mostra cantos que não são normalmente abertos ao público em geral.
Férias no Municipal / Visitas Educativas. Até 31 de janeiro, entre 11 e 17h – as visitas acontecem de hora em hora. Gratuito com ingressos distribuídos com 1h de antecedência. 
Theatro Municipal de São Paulo. Praça Ramos de Azevedo, s/nº

Programação especial Aniversário 465 São Paulo

Quem adora cantar parabéns, na sexta-feira rola o clássico bolo do Bixiga. Para participar basta levar seu bolo, preferencialmente simples com cobertura branca, que junto com os demais vai formar o maior bolo da cidade.

Na data (25.1), o metrô e a CPTM vão ampliar o horário de funcionamento até a 1h da manhã.

Para dançar

Gop Tun: Caio Taborda, Fernando Nascii e Gui Scott. Divulgação
Gop Tun na rua: Caio Taborda, Fernando Nascii e Gui Scott. Divulgação

Algumas das melhores festas de São Paulo dividirão os palcos na programação oficial da Prefeitura. Serão 3 palcos, cada uma dedicada um estilo musical. O palco Festa 1 leva o rap, dancehall, hip hop, soul com a Discopédia, Batekoo e o KL Jay. Já o Festa 2 traz o crème de la crème das festas de música eletrônica: Gop Tun, Millos & Trepanado (Selvagem), ODD e Mamba Negra. Por fim, o Festa 3 reúne as melhores pistas de brasilidades de São Paulo numa só com a Pilantragi, Primavera Te Amo, Desculpa Qualquer Coisa, Santo Forte e Prato do Dia. Se organizar direitinho, todo mundo requebra. #festa
Palcos Festas. Sexta-feira (25.1), das 12 à 0h. Gratuito.
Adjacências do Vale do Anhangabaú.

Também integrante da programação oficial da prefeitura pra celebrar o aniversário de São Paulo, a Rua XV de Novembro abriga o palco intitulado “Músicos do Futuro”. Nele tocam Leandro Pardí (olha a brasilidade novamente aí), Alma Djem, Inovasamba, entre outros. #festa
Palco Músicos do Futuro. Sexta-feira (25.1), das 12 à 2h. Gratuito.
Rua XV d Novembro, Centro.

Shows

Pabllo Vittar faz participação especial em show no Anhangabaú. Foto by Vanessa Carvalho
Pabllo Vittar faz participação especial em show do Rashid no Anhangabaú. Foto by Vanessa Carvalho

O Itaú Cultural se juntou ao Sesc Av. Paulista para fechar a rua lateral que separa as duas instituições, a Leôncio de Carvalho. Olha que coisa mais linda essa agenda de shows: Zélia Duncan, Rincon Sapiência e Paula Lima. Ainda rolam bate-papo com o filósofo Mario Sergio Cortella e slam, pequena batalha de poesia. Nesse mesmo dia abre a exposição “São Paulo Fora do Tempo”, no Itaú Cultural.
Itaú Cultural & Sesc Av. Paulista. Rua Leôncio de Carvalho x Av. Paulista. Dia 25.1 – a partir das 10h.

Para quem gosta de música clássica, a Orquestra Instituto GPA se apresenta na Catedral da Sé tendo Caetano Veloso, Billy Blanco, Gustav Holst, entre outras obras, no repertório. Ver show na catedral não é qualquer dia que acontece.
Orquestra Instituto GPA. Dia 25.1 – às 10h30.
Catedral da Sé. Praça da Sé.

A prefeitura caprichou na programação de shows que celebram o aniversário de São Paulo. A grande festa acontece no Vale do Anhangabaú levando os estilos mais variados ao palco principal. Tem para todos os gostos: funk, gospel, samba, rap, pop, MPB, punk e rock. Os destaques são Paulinho da Viola, Ludmilla, Rael com Rashid e Pabllo Vittar, Charlie Brown Jr, entre outros.
Shows: Aniversário 465 anos de São Paulo. Sexta-feira (25.1), das 12 à 0h. Gratuito.
Vale do Anhangabaú.

Lenine apresenta “Em Trânsito”, gravado ao vivo no Rio de Janeiro. São 10 faixas entre canções inéditas e releituras. #show
Lenine: Em Trânsito. Sexta-feira (25.1), das 15h30 às 17h. Gratuito.
Sesc Itaquera. Av.Fernando Espírito Santo Alves de Mattos, 1000, Itaquera.

Para apaixonados pela obra de Adoniran Barbosa, o Conjunto João Rubinato faz show especial reinterpretando o álbum “Adoniran em Partitura”, que traz canções inéditas do artista compostas entre 1935 e 1970. #show
Adoniran em Partitura. Sexta-feira (25.1), às 16h. Gratuito – entrada por ordem de chegada.
IMS Paulista. Av. Paulista, 2424, Térreo.

O rapper Thaíde divide o palco com a big band Black Mantra levando suas rimas num show cheio de funk e groove. #show
Black Mantra convida Thaíde. Sexta-feira (25.1), das 16 às 17h. Gratuito.
Sesc Interlagos. Av. Manuel Alves Soares, 1100.

Três mulheres – Dana David, Nina Roots e Dodô – protagonizam formação da banda, que traz o reggae autoral resultado do álbum intitulado “Você & Eu”.
Filosofia Reggae. Sexta-feira (25.1), das 16 às 17h. Gratuito.
Sesc Bom Retiro. Alameda Nothmann, 185, Bom Retiro.

A cantora Paula Lima apresenta novos singles e sucessos de sua carreira com suas canções cheias de suingue.
Paula Lima. Sexta-feira (25.1), das 17 às 18h30. Gratuito.
Sesc Campo Limpo. Rua Nossa Sra. do Bom Conselho, 120.

O hardcore do Dead Fish encontra o punk rock da Deborah Babilônia (Deb and the Metals).
Dead Fish e Deborah Babilônia. Sexta-feira (25.1), às 18h. Gratuito.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha.

Esquenta Carnaval

Bloco Arrianu Suassunga se apresenta no MIS. Foto: Plinio Machado / divulgação
Bloco Arrianu Suassunga se apresenta no MIS. Foto: Plinio Machado / divulgação

O MIS está com a programação do jeito que a gente gosta: com pré-Carnaval! Serão três blocos, sendo um deles infantil, comandando a área externa do museu. São eles: Gente Miúda (das 11 às 13h); Arrianu Suassunga (das 15 às 16h) e Domingo Ela Não Vai (das 17 às 18h30). Além dos blocos, a programação conta com o DJ Simoníssima, mostra de filmes, oficinas de maquiagem, adereços de cabeça e máscara. Ou seja, se a sua preocupação é arrasar nos bloquinhos, já pode ir lá se preparar. A exposição “Quadrinhos” entra na programação especial e tem também entrada gratuita.
MIS – Museu da Imagem e do Som. Av. Europa, 158, Jardim Europa. Dia 25.1 – das 11 à 0h.

O Bloco Agora Vai celebra o aniversário da cidade (e dos 15 anos do bloco) com uma programação super especial na rua a partir das 15h. Tem chorinho (15h), samba de bonecos (16h), sambadêra (17h), aulão de percussão (19h) e o ensaio do bloco (20h).
3ª Festa de Rua – 15 anos do Agora Vai. Sexta-feira (25.1), das 15 às 21h30. Gratuito.
Rua Lopes Oliveira, 365, Barra Funda – próximo à Estação Marechal Deodoro.

Museus

Pinacoteca de São Paulo - Crédito foto: Jaka Zvan - Shutterstock.com
Pinacoteca de São Paulo – Crédito foto: Jaka Zvan – Shutterstock.com

Vários museus ficarão abertos até a meia-noite e terão entrada gratuita por conta da comemoração do aniversário de São Paulo. Pra quem que mesmo é folia, não deixe de conferir, porque não é apenas arte que vai rolar.

A programação do Museu da Imigração abordará temas como arquitetura, patrimônio e a trajetória industrial da cidade.
Oficina “A fotografia e a preservação arquitetônica”. Para participar é necessário ter uma câmera digital e se inscrever por email [email protected]. – Dia 25.1 – das 9 às 13h.
Exibição filme “Entre Vilas” seguida de roda de conversa – Dia 25.1 – às 14h.
Museu da Imigração. Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca.

A Pinacoteca terá programação relacionadas às obras em exposição.
Pocket Show com Zezé Motta apresentando “O Samba Mandou me Chamar”, o álbum mais recente da cantora. O show reinaugura o auditório do museu. – Dia 25.1 – às 18h.
Exposição “Invenção de Origem”, de Lothar Baumgarten, que tratam de tempos e ações que contribuíram para as narrativas sobre a origem da vida.
Exposição “Coleções em Diálogo: Museu Histórico Nacional e Pinacoteca de São Paulo”, com obras diversas do acervo dos dois museus.
Exposição “Rosana Paulino: a Costura da Memória”, mostra individual da artista reconhecida pelo enfrentamento de questões sociais que despontam a posição da mulher negra na sociedade contemporânea.
Pinacoteca de São Paulo. Praça da Luz, 2 – Estação da Luz. Dia 25.1 – das 10 à 0h.

O Museu de Arte Sacra inaugura a mostra “Adagio”, do artista visual Allan Seabra, com esculturas e uma instalação site specific que abordam questões da memória, da infância e do tempo.  Outra exposição que abre as portas também no dia 25 é “O Sagrado na Arte Moderna Brasileira”, que reúne obras de artistas como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Victor Brecheret e Cândido Portinari, como Alex Flemming e Nelson Leirner  (é imperdível ou é imperdível?).
Museu de Arte Sacra. Av. Tiradentes, 676, Luz – Estação Tiradentes. Dia 25 – das 9 à 0h. Gratuito também aos sábados.

O Museu da Casa Brasileira dedica sua programação à música e à arte. Começa às 11h com show de samba de raiz com Chocolatte e a Velha Guarda da Vila Maria. Às 20h rola show da Fizz Jazz. Quem gosta de saber mais sobre a história de São Paulo, pode se jogar nas visitas orientadas ao acerto com o Educativo do museu, que acontece às 18h30 e 21h30. A exposição “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi Prado” mostra as transformações urbanas que aconteceram na primeira metade do século 20.
Museu da Casa Brasileira. Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Europa. Dia 25.1 – das 10 à 0h.

A Casa das Rosas convida para uma conversa sobre a relação de Haroldo de Campos e o romance “Macunaíma”, de Mário de Andrade. Até meia-noite, os visitantes poderão aproveitar as exposições em cartaz no espaço, como “Casa das Rosas: Arquiteturas da Memória”, que conta a história do imóvel, sua preservação, utilização e contexto na cidade de São Paulo. É necessário se inscrever antes. O café é também gratuito. :)
Casa das Rosas. Av. Paulista, 37, Bela Vista. Dia 25.1 – às 10h.

O MASP abrirá também as portas de suas exposições do eixo temático “Histórias afro-atlânticas”, que pautou sua programação em 2018: ‘Rubem Valentim: construções afro-atlânticas’, ‘Sonia Gomes: Ainda assim me levanto’, ‘Lucia Laguna: vizinhança’ e ‘Pedro Figari: Nostalgias africanas’, além da vídeo-instalação ‘Effects of wording – the Mozambique archives series (2014) [Efeitos de redação – série arquivos moçambicanos]’, da portuguesa Catarina Simão.
MASP – Especial 465 anos São Paulo. Dia 25.1 – das 10 às 22h.
Av. Paulista, 1578, Bela Vista.

Tudo junto e misturado

O CCBB deixa toda a sua programação gratuita no aniversário de São Paulo. Tem exposição, música e teatro.
Exposição “Amelia Toledo – Lembrei que esqueci”. Dias 25, 26 e 27.01 – das 10 às 18h. Até 4.2 – horário normal, segunda a sexta, das 10 às 20h.
Edifício Banco do Brasil. Av. Paulista, 1230.
Shows de rap e hip hop com Fabio Brazza e Vulto. Dia 24.1, às 19h; e Fabio Brazza e Negra Li – dia 26.1, às 19h.
Teatro “Carmen, a grande pequena notável” – musical que conta a história a cantora Carmen Miranda. Dia 25.1, às 11h.
CCBB. Rua Álvares Penteado, 112, Centro.

Teatro e dança

Espetáculo Risco, Balé da Cidade. foto: Arthur Costa
Espetáculo Risco, Balé da Cidade. foto: Arthur Costa

O espetáculo de dança “Risco”, do Balé da Cidade”, é poético e visualmente impactante daqueles de assistir sem piscar os olhos. Ele está na programação de aniversário da cidade com entrada gratuita! É pra correr pro Municipal entre um show e outro que rola no Anhangabaú. Simplesmente imperdível!
Risco – Balé da Cidade. Sexta-feira (25.1), às 18h. Duração: 1h – gratuito, convites serão distribuídos com 2h de antecedência.
Theatro Municipal. Praça Ramos de Azevedo, Centro.

Leitura cênica de duas obras, Volpone (15h) e A Semente (18h), para celebrar o aniversário de São Paulo e também os 70 do TBC. As leituras terão contextualizações histórias e de projeções de fotos. Serão 6 horas dedicadas a dois dos maiores diretores do TBC: o polonês Ziembinski e o paulista Flávio Rangel. Parada obrigatória para amantes do teatro.
70 anos de TCB nos 465 anos de São Paulo. Sexta-feira (25.1), às 15 e às 18h. Gratuito, as senhas serão distribuídas 1 hora antes de cada espetáculo.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

*Esse guia é apresentado pela Catho, multinacional de tecnologia, que tem como missão mudar a vida das pessoas por meio do trabalho e carreira.  

Foto capa: Espetáculo Risco, do Balé da Cidade por Arthur Costa

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

22 de January, 2019

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.