De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

SP-Arte 2018: Um dos eventos mais importantes do mercado começa essa semana

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

09 de April, 2018

Share

O Festival Internacional de Arte de São Paulo é um dos maiores eventos do mercado de artes do mundo e reúne anualmente obras de mais de 2000 artistas em São Paulo. Foi criado em 2005 e neste ano, em sua 14° edição, traz 131 galerias de 15 países, entre elas White Cube, Stephen Friedman, Houssein Jarouche e Gregor Podnar. Serão cerca de 5 mil obras, de artistas como Banksy, Ai Weiwei e Cícero Dias. Segundo a diretora Fernanda Feitosa, essa edição conta com maior presença de artistas mulheres e afrodescendentes, mostrando um reflexo dos tempos atuais.

Foto: Ênio Cesar
Foto: Ênio Cesar

As galerias são divididas em 3 setores: o geral, este com 107 galerias internacionais e brasileiras; o solo, com projetos de um só artista; e o repertório, que vai expor obras de nomes relevantes dos anos 80. A expectativa é que passem por lá 30 mil pessoas de quarta a domingo, sendo que no primeiro dia o evento é só para convidados. Apesar de ser um evento com forte apelo para colecionadores e curadores, segundo Fernanda, 90% das pessoas que passam por ali não compram, tirando o estigma de que a feira é só pra comprador.
Prototyp&. Foto: Jéssica Mangaba
Prototyp&. Foto: Jéssica Mangaba

Além das exposições, a SP-Arte tem ainda toda uma agenda composta por performances, lançamentos de livros, encontros com autores, debates, design e visitas guiadas. E não se limita somente a Bienal: a cidade inteira é tomada por eventos. Já nessa segunda e terça tem a terceira edição do Gallery Night, onde galerias de Pinheiros, Vila Madalena, Jardins e Itaim funcionam em horário alternativo e fazem performances, visitas guiadas e festas. O evento é dividido por região, sendo que segunda participam as galerias de Pinheiros e Vila Madalena e terça, as dos Jardins e Itaim. A programação completa dá pra ver aqui e as galerias participantes são:
Pinheiros + Vila Madalena
Dia 9/4, das 17h às 22h
Ateliê Fidalga
Ateliê Fonte
Ateliê Vão
Galeria Bolsa de Arte
Choque Cultural
Galeria Eduardo Fernandes
Fortes D’Aloia & Gabriel
Galeria Estação
Galeria Millan
Prototyp&
Periscópio Arte Contemporânea
Galeria Raquel Arnaud
Instituto Tomie Ohtake
Verve Galeria
VIVA Projects
Jardins + Itaim Bibi
Dia 10/4, das 17h às 22h
Adelina Galeria
Almeida e Dale Galeria de Arte
Andrea Rehder Arte Contemporânea
Apartamento 61
Arte 57
Arte Hall Galeria de Arte
ArtEEdições
Baró Galeria
Galeria Base
Galeria Berenice Arvani
Bergamin & Gomide
Carbono Galeria
Casa Nova Arte e Cultura Contemporânea
Casa Triângulo
Choque Cultural Galpão
Consulado Geral de Portugal em São Paulo
Emmathomas Galeria
Galeria Houssein Jarouche
Janaina Torres Galeria
Luciana Brito Galeria
Luis Maluf Art Gallery
Galeria Luisa Strina
Galeria Lume
Galeria Marcelo Guarnieri
Galeria Marília Razuk
Galeria Mario Cohen
Mendes Wood DM
Galeria Nara Roesler
OVO
SIM Galeria
Simões de Assis Galeria de Arte
Galeria Superfície

Galeria Vermelho
Zipper Galeria
Toda a programação do SP-Arte 2018 está aqui.
 
SP-Arte 2018
Dia 11 de abril, apenas para convidados. De 12 a 14, das 13h às 21h; No dia 15, das 11h às 19h
Pavilhão da Bienal. Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 3, Parque Ibirapuera
R$ 45 para um dia ou R$ 80 para 2, a inteira

 
* Foto de capa: Transmutação de Laura Belém. Foto: SP-Arte

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

09 de April, 2018

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.