De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Cara do Mundo: A realidade dos imigrantes em São Paulo

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

13 de April, 2018

Share

“Eu não sabia o que era racismo até chegar aqui”. Essa foi uma das frases ouvida pelos estudantes da Escola de Jornalismo da Énois, quando mergulharam na vida de refugiados e imigrantes que vivem aqui em São Paulo. Eles quiseram conhecer seus sonhos, histórias e a sua relação com a cidade. Todo esse material coletado virou um documentário, o Cara do Mundo, que tem sessão de lançamento na próxima terça-feira na Galeria Olido.
No total, a turma da Énois acompanhou a vida de 8 imigrantes: a frase acima é da cantora angolana Lenna Bahoule. Além dela, foram entrevistados refugiados sírios, haitianos que fugiram dos terremotos e outros desastres naturais no país, japoneses, chineses, senegalenses, gente de Mali e bolivianos procurando uma qualidade de vida melhor. É estimado hoje que a população imigrante de São Paulo seja de 340 mil, ou seja, a mesma quantidade de habitantes da Islândia.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Segundo o diretor do documentário, Raphael Erichsen, “o resultado traz à tona as relações desenvolvidas a partir de descobertas, o envolvimento com os personagens e a construção de um novo olhar para a questão dos imigrantes na cidade“. Acima de tudo, o filme mostra as semelhanças encontradas pelos habitantes da cidade com os novos vizinhos, da relação de empatia e admiração pelas histórias de vida dos personagens que foram criadas durante essa exploração.
Dá uma olhada no trailer:

Além dessa sessão de lançamento, o filme chega aos cinemas de São Paulo pelo circuito SPCine.
A Énois é uma agência escola formada por jovens principalmente de periferia que produzem reportagens de forma a refletir sobre a existência e as formas de jornalismo do futuro. Já o diretor Raphael Erichsen tem na bagagem os filmes “Ilegal: a vida não espera” e “Radical”, ambos no Netflix.
[UPDATE]: O filme também está disponível aqui no Videocamp, na plataforma é possível não só fazer o download do filme mas também organizar uma sessão.
Sessão lançamento
Cine Olido. Av. São João, 473 – Centro
Dia 17 de abril, às 20H
Entrada franca com retirada na bilheteria uma hora antes da sessão.
Outras sessões:
Dia 18 de abril, às 19:30h
SPCine Três Lagos- CEU Três Lagos. AV. Carlos Barbosa Santos, S/N – Jardim 3 Corações
Entrada franca com retirada na bilheteria uma hora antes da sessão.
Dia 25 de abril, às 19:30h
SPCine Caminho do Mar – CEU Caminho do Mar. Rua Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 5241 – Jabaquara
Entrada franca com retirada na bilheteria uma hora antes da sessão.
Dia 2 de maio, às 19:30
SPCine Perus – CEU Perus. Rua Bernardo José de Lorena, s/n – Perus
Entrada franca com retirada na bilheteria uma hora antes da sessão.
 

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

13 de April, 2018

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.