De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos em São Paulo para driblar a crise.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Rapidinhas SP24hrs: a London Eye Paulistana

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

01 de December, 2017

Share

Segundo a coluna da Monica Bergamo, São Paulo deve em breve ganhar sua própria London Eye. Para quem não conhece, A London Eye, que também é conhecida como Millennium Wheel, é uma roda-gigante localizada em Londres e que permite a vista de toda a cidade. O projeto dela surgiu no início da década de 90, quando o jornal The Sunday Times e o Architectture Foundation fizeram uma competição para escolher um projeto de uma nova estrutura em Londres.
Os arquitetos David Marks e Julia Barfield tiveram então a ideia da roda-gigante. Porém o jornal desistiu da competição descartou todos os projetos enviados. Marks e Barfield resolveram bancar a estrutura com dinheiro próprio mas receberam no final patrocínio da British Airways. Ela foi inaugurada na passagem do ano de 99 para 2000 e era considerada a maior do mundo até 2006. Hoje é um dos pontos turísticos mais disputados de toda a Inglaterra.
O projeto de São Paulo contará com os mesmos profissionais do escritório de arquitetura da roda inglesa e terá 150 metros e 32 cabines, sendo que cada uma delas comportará também 32 pessoas. Quatro terrenos na cidade estão em análise para a construção.
 
Foto de capa: London Eye, por Arkadiusz Radek no Unsplash

Quem escreveu

Dani Valentin

Data

01 de December, 2017

Share

Dani Valentin

A Dani gasta todo o seu dinheiro com viagens. Um de seus maiores orgulhos é dizer que já pisou em cinco continentes. É do tipo sem frescura, que prefere localização a luxo e não se importa de compartilhar o banheiro de vez em quando. Adora aprender palavras no idioma do país que vai visitar e não tem vergonha de bancar a turista.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.