Gastronomia

Ótimos restaurantes em hotéis em Berlim

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

17 de January, 2017

Share

Muitas vezes, escolher um hotel com um ótimo restaurante é uma decisão super acertada. Seja para os dias de chuva e frio, ou apenas por cansaço e pura preguiça, ter uma refeição ótima a apenas um elevador de distância é tudo o que a gente quer em algumas viagens. Separamos restaurantes em hotéis em Berlim para essas situações. Mesmo se você não ficar hospedado neles, vale muito a pena a visita para provar uma boa comida na cidade.

Cecconi’s Berlim

Ficar hospedado no Soho House Berlim não é para qualquer um, já que é preciso ser sócio ou ter a reserva aceita pelo staff para dormir por lá. Visitar o prédio, porém, é livre. Comer no Cecconi’s (Torstraße 1, Mitte) é obrigatório para provar o melhor restaurante italiano de Berlim.

Foto: Cecconi´s Berlin
Foto: Cecconi´s Berlin

Situado no lobby do hotel, o Cecconi’s tem uma decoração clássica, com cozinha aberta e forno visível do salão. Os pratos são hits da cozinha italiana. Provamos o gnocchi assado com gorgonzola de entrada. Gratinado e delicioso. O steak tartare trufado tem o tempero perfeito e uma apresentação bem cuidada.  Também comemos o clássico romano Caccio&Pepe e também o Agnolotti del Plin com trufas negras. Ambos feitos com massa fresca, claro. As pizzas também são requisitadas e o menu de almoço custa ao redor de 20 euros. Um pouco acima da média berlinense, porém uma pechincha para algo com a qualidade e o selo Soho House.

Foto: Sarah Galvão
Foto: Sarah Galvão

No verão, o Cecconi’s Berlim tem uma área externa para curtir melhor o restaurante. Depois do banquete, dê uma voltinha no The Store, uma loja multimarcas com guias, roupas e objetos bacanas e descolados também no lobby do hotel.

The Butcher

O The Butcher (Kantstraße 144, Charlottenburg) tem a fama de ser um dos melhores hambúrgueres de Amsterdã. No final de 2016, chegou também em Berlim, no lobby do lindo hotel boutique Sir Savigny. O restaurante, com foco intenso na carne, tem 14 opções de hambúrguer no menu. Mas se você é vegetariano, não se assuste com o nome: uma das coisas mais maravilhosas que provamos por lá não leva carne. O sweet corn fritters é como um bolinho frito de milho crocante e delicioso, com o gosto doce-salgado do milho. Nunca tínhamos provado isso na vida e já viramos fãs.

Foto: The Butcher
Foto: The Butcher

Todos os hambúrgueres são feitos com a carne Prime Aberdeen Angus, com exceção, claro, da opção vegetariana. Desnecessário dizer que são suculentos e rosadinhos. O The Butcher serve fast food premium, perfeito para dias de fome e/ou ressaca. O jardim no verão é uma delícia para beber um drink. No inverno, a sala de vidro com lareira também é bem convidativa.

Foto: Sarah Galvão
Foto: Sarah Galvão

NENI

O NENI (Budapester Str. 40, Tiergarten) fica no terraço do descoladíssimo 25 hours Bikini Berlin. Por isso é, provavelmente, o restaurante com as melhores vistas da cidade. De lá, os olhos chegam até Tiergarten, passando pelo mítico Siegessäule (o obelisco do filme “Asas do Desejo”), a Igreja Memorial Imperador Guilherme e outros ícones da Berlim Ocidental.

Foto: Sarah Sioli Galvão
Foto: Sarah Sioli Galvão

Mas além da beleza, o NENI tem um conceito bacana e uma comida deliciosa. Os donos, uma família de israelenses, incentivam os comensais a dividirem todos os pratos – e assim também bons momentos e as good vibes. O menu é cheio de opções do Oriente Médio, como babaganoush (pasta de berinjela defumada), sabich (pote com berinjela, hummus, ovo e molho de tomate), hamshuka (homus com carne de vaca e cordeiro apimentadas) e kebab. Tudo fresco, saudável e com sabores sírios, turcos, israelenses, libaneses…As sobremesas são outro espetáculo a parte.

Frango com empanada de amêndoas com batata doce frita e hamshuka. Foto: Sarah Sioli Galvão
Frango com empanada de amêndoas com batata doce frita e hamshuka. Foto: Sarah Sioli Galvão

Quem está hospedado no 25 hours Bikini Berlin tem a sorte de ter o NENI como o restaurante de café da manhã. Além de começar o dia namorando Berlim de cima, o buffet é uma mistura do clássico café da manhã alemão (peixes defumados, pastinhas, frios e queijos) com toques do oriente médio, como o delicioso homus NENI.

Michelberger Hotel

Quer recarregar as energias das baladas de Berlim em um hotel ao lado das melhores delas? Ficar em um hotel descolado com decoração minimalista e um jardim interno lindinho? E ainda ter um restaurante com comida fresca e pegada consciente no térreo? Perto do Berghain, de outros clubes míticos de Friedrichshain, a poucos passos do antigo muro e a uma ponte de distância de Kreuzberg, o Michelberger (Warschauer Str. 39-40,Friedrichshain) é um dos hotéis mais animados de Berlim.

Foto: Michelberger Hotel
Foto: Michelberger Hotel

O restaurante é amplo, claro, com mesas comunais e um menu baseado em ingredientes cultivados nas florestas e campos nos subúrbios de Berlim.  As opções vegetarianas e veganas são muitas, como a abóbora com parmesão e trufas ou a salada de repolho grelhados, cersefi (nunca vimos no Brasil), cebola e alcaçuz. Para descobrir novos sabores com certeza! Pratos como a truta defumada e o pato com ameixas também são boas pedidas.

Foto: Michelberger Hotel
Foto: Michelberger Hotel

O brunch é uma perdição, um buffet delicioso com geléias caseiras, salmão, ovos, as pastinhas deliciosas do café da manhã alemão, como a de beterraba, muitos queijos e frios. O difícil vai ser não levantar a todo momento para encher o prato e provar tudo.

Se você conhecer um hotel em Berlim que seja bacanérrimo e que ainda que quebra, tenha um restaurante maravilhoso, conta para a gente!

Foto de destaque: Michelberger Hotel

Quem escreveu

Sarah Galvao

Data

17 de January, 2017

Share

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter