Os lugares favoritos em São Paulo de Aretha Sadick

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

22 de December, 2017

Share

Patrocínio

Aretha Sadick é carioca da baixada fluminense – Duque de Caxias – radicada em São Paulo há dois anos, transviada e drag queen. É uma multi-artista que usa as artes visuais, performances e música eletrônica como plataformas para falar de suas experiências e questionamentos com o corpo e a pessoa negra na sociedade. Participou de debates, residências artísticas fora do país, desfiles, editoriais e dirige seu programa sobre moda e música na plataforma Drag-se no youtube. Masculinidade e feminilidade e tudo o que está ‘entre’ são elementos para o seu trabalho.

“A minha vivência paulistana está muito ligada ao centro, principalmente por conta do meu trabalho, então… eu indico conhecer os espaços culturais que São Paulo oferece. São lugares mais clássicos pra quem chega na cidade, mas são ótimos pra uma domigueira, para um fim de tarde e para assistir um espetáculo por um preço mais em conta.”

Pensando nisso, Aretha listou seus locais favoritos em São Paulo para o CoP:

Espaços Culturais

Centro Cultural Banco do Brasil

Mais conhecido como CCBB, é um centro cultural no centro de São Paulo, conta com exposições, teatro, cinema e perfomances diversas e na sua maioria gratuitas. Tem como objetivo disseminar a cultura para a população de São Paulo e pelo Brasil. Além do prédio ser lindo. Vale a pena a visita!

CCBB (Centro Cultural Branco do Brasil)
Horário funcionamento: Quarta a segunda, das 9h às 21h.
Endereço:Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Centro Cultural São Paulo – CCSP

É outro centro cultural incrível da cidade. Tem exposições, festivais de cinema, atividades culturais, um café delícia e uma biblioteca que deve ser visitada. Você pode passar horas pelo prédio, que fica na região do Paraíso, com tanta programação e coisas divertidas para se ver e fazer.

Centro Cultural São Paulo.
Horário funcionamento: Terça a sexta-feira, das 10 às 20h; sábado e domingo, até às 18h.
Endereço: 
Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, São Paulo. 

SESC Pompeia

Foto: Divulgação

Um dos maiores Sesc da cidade, tanto na programação quanto no espaço. Tem para todos os gostos, desde shows na choperia a exposições ao ar livre, saraus, festivais e experiências diversas. Um lugar para ser visitado e apreciado na cidade. Sem esquecer de passar na comedoria…

SESC Pompeia 
Horário de funcionamento: Terça a sábado 9h às 22h, domingos e feriados 9h às 20h.
Endereço: Rua Clélia, 93, Pompeia

Aparelha Luzia

Aparelha Luiza. Foto: divulgação no facebook

A Aparelha está localizada entre o metrô Marechal Deodoro e a Santa Cecília, o que permite um fácil acesso. A programação varia entre diurna e noturna, mediante a logística e demanda do espaço. Comandado por Erica Malunguinho, uma travesti negra que mantém viva a programação negra no lugar.

Aparelha Luzia.
Horários: Quartas e quintas 20h as 01h, sexta e sábado 20h as 03h e domingo, das 18h as 01h.
Endereço: Rua Apa, 78 Centro – São Paulo.

Lugares para ir a tarde ou à noite

Peixaria Mitsugi

Peixaria Mitsugi. Foto: Lalai Persson

A Peixaria Mitsugi é o novo must-have da tarde/noite paulistana, pois funciona como peixaria e restaurante durante o dia e à noite acolhe festas alternativas de público variado. Para jantar recomenda-se reserva.

PeixariaMitsugi.
Tel.: (11) 3567-7670

Horários: Terça a quinta, das 8h30 às 17h30, sexta e sábado, das 8h30 às 16h e das 19h30 às 23h.
Endereço: Rua Galvão Bueno 364 Liberdade São Paulo

Pastelaria Yamaguchi

Quem me conhece sabe minha paixão por pastéis. Para quem quer sair da zona central, esta é a melhor pastelaria que já fui em SP, com bons preços, ótimo atendimento e variedade.

Pastelaria Yamaguchi
Horários: Segunda a sábado das 09h45 as 19h.
Av. Jabaquara, 864 – Mirandópolis

Estadão

Clássico pra quem está no início ou final da noite no centro de São Paulo. A pedida é o sanduíche de pernil.

Estadão Bar e Lanches
Horários: Diariamente, aberto 24 horas.
Endereço: Viaduto Nove de Julho, 193 – Centro

Coworking Noturno

Casa Judith

Foto: Divulgação

Tendo à frente dois jovens artistas visuais, Guilherme Alonso e Gui Larrain, o espaço funciona como um coworking. Fica próximo à Estação São Bento. O lugar é frequentado principalmente por jovens produtores, artistas…negrxs e sazonalmente acontece o Retetê na Judith, uma festa/celebração para encontros e reabastecimento financeiro do lugar.

Casa Judith
Telefone: (11) 3228-0826.
Horários:10h as 22h.
Endereço: Rua do Seminário, 199 – cj 73

Galpão 833

Foto: Divulgação

Localizado na Barra Funda, é um espaço que funciona como estúdio e coworking e sazonalmente rolam festas, eventos e lançamentos ligados ou não à Scape Mag, do Adriano Damas. O espaço é comandado por Marcelo Nascimento.

Galpão 833
Telefone: (11) 97060-5798.
Endereço: Av. Rudge, 833 Barra Funda.

Para notívagos

ZIG Club

Foto: I Hate Flash

É um novo “inferninho” paulistano que sedia festas dos próprios donos, como a Kevin, uma festa sexual fetichista, e também de outros coletivos e produtores.

ZIG Club.
Telefone: (11) 97347-8996.
Endereço: Rua Álvaro de Carvalho, 190 Centro.

Sazonal

Mamba Negra

Mamba Negra é uma serpente peçonhenta de hábitos noturnos e libidinosos, com bote rápido e fatal, terreiro eletrônico de paralisergia. Essa é a definição da festa no imaginário dos jovens. É uma festa independente comandada por Carol Schutzer (a.k.a Cashu) e Laura Diaz (a.k.a carneosso). A Mamba traz há quatro anos o espírito de liberdade sexual, de gêneros e de se divertir da maneira como quiser até o sol raiar. Para saber sobre a próxima edição, é só ficar conectado na fanpage da Mamba.

*Foto capa: CCSP

Quem escreveu

Chicken or Pasta

Data

22 de December, 2017

Share

Patrocínio

Chicken or Pasta

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.