Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Nos trilhos do único trem de luxo do Brasil

Quem escreveu

Jo Machado

Data

05 de December, 2016

Share

Como parte da programação da minha estadia no Nomaa Hotel em Curitiba, um passeio em um trem de luxo mudaria meus conceitos sobre esse meio de transporte tão charmoso, mas que infelizmente é tão escasso no Brasil.

20160924_091527
Lírio, o maquinista do passeio entre Curitiba e Morretes. Foto: Jo Machado

Com saída programada para as 9h15 da manhã, o Litorina de Luxo (Copacabana), como o nome já diz, é um trem de luxo cujos vagões foram especialmente reformados e decorados para resgatarem toda aquela atmosfera charmosa, de uma época em que as viagens de trem eram mais presentes no cotidiano do brasileiro.

20160924_091500
Vagão Copacabana. Foto: Jo Machado

E pontualmente às 9h, uma bela composição estaciona e convida a todos para o embarque. No seu interior, uma riqueza de detalhes já anunciava que seria uma viagem diferente, inusitada. E de fato foi, embora as condições climáticas não tenham sido das melhores. Na versão diurna no passeio, a viagem começa com um delicioso café da manhã e, na sequência, algumas bebidas alcóolicas, como espumante e cerveja. Tudo para que se relaxe e aproveite ao máximo o passeio.

trem01

20160924_092302
Um bom café da manhã, em um ambiente super aconchegante, que segue o passeio acompanhado de um delicioso espumante. Foto: Jo Machado

Do aconchego do vagão, através de suas grandes janelas de vidro, é possível avistar túneis, montanhas e desfiladeiros, além do serpentear da centenária estrada de ferro pela deslumbrante região onde se localiza a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil. Passamos por belíssimas paisagens, como a Cascata Véu da Noiva (devido à neblina, infelizmente, não foi possível ver) e a Ponte São João, que é um dos pontos culminantes da viagem. Construída há mais de 130 anos, a ponte tem nada mais nada menos que 110 metros de altura em seu vão livre, o que provoca um certo friozinho na barriga.

20160924_114129
Represa Ipiranga. Foto: Jo Machado
20160924_123915
Ponte São João. Foto: Jo Machado
20160924_122318
Parada no Santuário de Nossa Senhora dos Cadeados.Foto: Jo Machado
20160924_124359
Parada do Parque Estadual do Marumbi: lugar conhecido entre os trilheiros da região. Foto: Jo Machado
20160924_120528
Trilheiros acampam nas ruínas de uma antiga estação. Foto: Jo Machado

Por mais de 3 horas percorremos uma das ferrovias mais importantes do país, considerada também uma das maiores obras da engenharia brasileira, rumo à histórica Morretes. E é na pequena cidade fundada em 1721, parada obrigatória para os comerciantes, e grande produtora de erva-mate, que o passeio deixa o trem e foca em um famoso prato típico da região: o barreado.

20160924_124051
Famosa passagem suspensa onde o trem parece flutuar junto a montanha. Foto: Jo Machado

O barreado é um dos pratos mais tradicionais da culinária paranaense. Sua origem de mais de 300 anos é açoriana, e se tornou muito popular entre os antigos caixeiros viajantes, que precisavam manter a comida preservada em suas longas jornadas continente adentro.

morretes01
Herança açoriana presente na arquitetura do casario de Morretes. Foto: Jo Machado

Servido no consagrado Restaurante Serra Verde Express, do chef Daniel Schmidt, o prato consiste de um ou mais tipos de carne bovina temperada com cebola, alho, toucinho de porco, pimenta-do-reino, louro e cominho, e cozida até desmanchar em uma panela de barro, que é vedada com uma massa feita de farinha de mandioca e água. Para servir, o cozido é misturado à farinha de mandioca, até chegar à consistência que dá nome ao prato. Pode ser servido com arroz e banana-da-terra fatiada. Uma delícia sem precedentes!

barreado
O famoso barreado e sua preparação. Foto: Jo Machado

O passeio todo é uma experiência única no Brasil e já foi eleito pelo The Wall Street Journal como um dos três passeios em trem de luxo mais interessantes do planeta. Então, você deveria colocá-lo imediatamente na sua lista de passeios futuros.

20160924_121928
A bela mata atlântica cortada pelos trilhos. Foto: Jo Machado

Vale lembrar também que a Serra Verde Express, empresa que administra os passeios, disponibiliza passeios temáticos especiais como o Beer Train, um passeio regado à boa cerveja, e o Litorina Noturna de Luxo, com parada especial para jantar no Restaurante Obra Prima, no sopé da Serra do Mar. A empresa também oferece passeios mais tradicionais, sem o conforto do serviço de bordo e guia, em trens mais simples.

Os preços variam entre R$85 por pessoa (para as viagens mais simples) até R$328 no trem de luxo Litorina Curitiba, Foz ou Copacabana.

Aproveito para agradecer o Curitiba Convention & Visitors Bureau e o Nomaa Hotel pelo convite! Foram dias sensacionais!

Quem escreveu

Jo Machado

Data

05 de December, 2016

Share

Jo Machado

O Jo é do tipo que separa pelo menos 30% do tempo das viagens para fazer o turista japonês, com câmera no pescoço e monumentos lotados. Fascinado pelas diferenças culturais, fotografa tudo que vê pela frente, e leva quem estiver junto nas suas experiências. Suas maiores memórias dos lugares são através da culinária, em especial a comidinha despretensiosa de rua. Seu lema de viagem? Leve bons sapatos, para agüentar longas caminhadas e faça uma boa mixtape para ouvir enquanto desbrava novos lugares. Nada é melhor do que associar lindas memórias à boas canções.

Ver todos os posts

Comentários

  • Reportagem e fotos sensacionais , valeu aprendi um pouco mais!!
    - Jorge Tangary da Silva

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.