Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Para curtir as festas juninas no Rio

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

10 de June, 2016

Share

Chegou uma das melhores épocas do ano: a temporada das festas juninas. Ainda bem que elas se estendem pelo mês de julho, e até agosto. Até lá, vou pulando de arraiá em arraiá em busca dos quitutes juninos perfeitos — e, se tiver um forrózinho, melhor ainda. Aqui, fizemos uma seleção com festas tradicionais, a maioria ao ar livre, mas também abrimos exceções para as mais badaladas e novidades irresistíveis, como o arraiá que vai invadir o belíssimo Museu de Arte do Rio, e os que estão resgatando a tradição de festas juninas no Beco das Sardinhas. Partiu quentão!

São João da Feira

Foto: reprodução do www.noticiasaominuto.com.br
Foto: reprodução do www.noticiasaominuto.com.br

Um pouquinho de Nordeste no mais tradicional festejo junino da cidade. Durante o São João, a feira vai abrir mais cedo, às 7h, para os visitantes terem mais tempo de comprar produtos típicos. Acontecem shows no seis palcos do lugar de sexta a domingo, geralmente de forró ou brega, além de apresentações de repentistas e quadrilhas. E dá para provar os quitutes tradicionais nordestinos — alguns deles, a gente só encontra lá, porque o Rio hoje em dia tem sua própria tradição.

São João da Feira. De junho a agosto. Terça a quinta, de 7h às 18h. Sexta de 7h a 21h do domingo (fecha somente no domingo). Grátis de terça a quinta-feira. De sexta-feira a domingo, em torno de R$ 10 (varia de acordo com as atrações musicais)
Centro de Tradições Nordestinas Luiz Gonzaga. Campo de São Cristóvão, s/nº – São Cristóvão – 2580-6946

Festa Junina Paróquia São Francisco Xavier

Os arraiás de igreja estão entre os meus preferidos, porque costumam trazer todas aquelas comidas caprichadas que se tornaram típicas nas festas juninas do Rio: bolo de aipim, cocada, cuscuz de tapioca, salsichão…

Festa Junina Paróquia São Francisco Xavier. Sexta-feira a domingo (10 a 12.06), a partir das 18h. Grátis
Paróquia São Francisco Xavier. Rua São Francisco Xavier, 75 – Tijuca

São João é a Boa

FESTA_JUNINA_foto

O projeto vai percorrer a Grande Tijuca com arraiás ao ar livre. A trilha sonora vai ter forró com o Trio Pé de Serra e apresentações de grupos de pagode. E barraquinhas com milho, canjica, cuscuz, paçoca, cocada… Este fim de semana, a festa é na Praça Saens Peña, na Tijuca. A farra ainda passa pela Praça da Bandeira (17, 18 e 19.06), Praça Edmundo Rego, no Grajaú (25 e 26.06), Praça Afonso Pena, na Tijuca (1, 2 e 3.07), Praça Nobel, no Grajaú (8,9 e 10.07), Praça Xavier de Brito, na Tijuca (15, 16 e 17.07), Praça Barão de Drumond, em Vila Isabel (22, 23 e 24.07) e volta à Praça Saens Peña (30 e 31.07). Confira detalhes aqui.

São João é a Boa. Sábado e  e domingo (11 e 12.06), das 10h às 23h. Grátis
Praça Saens Peña. Rua Conde de Bonfim, s/nº – Tijuca

Pois era Noite de São João

poiseranoite

O projeto realiza arraiás no Beco das Sardinhas, na Zona Portuária: a ideia é reviver as festas juninas que aconteciam por lá nos anos 70. E a primeira edição, na semana passada, ficou lotada. Neste fim de semana, a festa homenageia o Largo de Santa Rita. Além de quadrilha, brincadeiras e comidas típicas, o evento conta com o DJ Doni e o show do grupo o Forró di Muié, com repertório influenciado por sambas, sembas, cirandas, brasilidades e latinidades, que se juntam e se transformam nos tradicionais xotes, baiões, cocos, e rastapés do baile de forró. Lá, provavelmente você vai encontrar ‘ozamigo tudo’.

Nos próximos domingos de junho, a festa homenageia a Rua da Valinha (19.06) e o Pé do Morro do Padre Salsa (26.06).

Pois era Noite de São João. Domingo (12.06), das 10h às 22h. Grátis
Beco das Sardinhas. Largo de Santa Rita, Centro

Arraiá do Multibloco

Além dos anfitriões do Multibloco, os Arcos da Lapa vão receber Trio de Forró, Bloco Vem Cá, Minha Flor e os DJs MA e Marlon Nunes. Foodbikes e barracas com comidinhas juninas vão completar o clima de arraiá.

Arraiá do Multibloco. Sexta-feira (17.06), às 20h. Grátis
Praça Cardeal Câmara, s/nº – Arcos da Lapa

Arraiá do Misturebinha

arraia do misturebinha

A festa é para os pequenos (vai ter espaço até para bebês!), mas quem tem filhos (ou sobrinhos, meu caso) pode curtir o clima junino enquanto as crianças se divertem. Vai ter contação de histórias, recreação, oficina de culinária para os pequenos e quadrilha com pais e filhos.

Arraiá do Misturebinha. Sábado (18.06), das às 19h. Ingressos: grátis para crianças de 12 anos anos, R$ 5 (com flyer original ou 1kg de alimento não perecível) e R$ 10
Casa de Espanha. Rua Maria Eugênia, 300 – Humaitá

Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas do Rio de Janeiro

Quadrilhas profissionais de várias partes do Rio se apresentam nas eliminatórias do concurso estadual. A quadra da Vila Isabel recebe o concurso em seu arraiá nos dias 18 e 19 de junho, no Arraiá Santo Antônio. Entre Grajaú Country Club (25 e 26.06) e o Terreirão do Samba, onde acontece a final, nos dias 30 e 31 de julho.

Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas do Rio de Janeiro. Sábado e domingo (18 e 19.06), às 18h. Grátis
Quadra da Unidos de Vila Isabel. Boulevard Vinte e Oito de Setembro, 382 – Vila Isabel – 2578-0077

Arraiá Pérola da Guanabara

Outro que já virou tradição entre os cariocas. O arraiá de Paquetá atrai um monte de gente para a ilha (é ela a Pérola da Guanabara), em uma festa com clima de cidadezinha de interior.

Arraiá Pérola da Guanabara. Domingo (19.06), das 10h às 22h. Grátis
Praça de São Roque – Ilha de Paquetá. Como ir: pegar a barca na Praça XV, no Centro do Rio. A viagem leva de 50 a 70 minutos. Bilhete: R$ 5,60. Confira os horários aqui.

Eco Arraiá do Sesc Tijuca

Diversas unidades do Sesc vão realizar festas juninas sustentáveis. Haverá barracas com comidas típicas e brincadeiras, animação para crianças, shows de forró e apresentações de quadrilhas.

Eco Arraiá do Sesc Tijuca. Sábado (25.06), das 17h às 23h. Domingo (26.06), das 16h às 22h. Ingressos: R$ 2 (meia-entrada e associados Sesc) e R$ 4
Sesc Tijuca. Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca – 3238-2139 

MAR de Música – Edição de São João

O projeto, uma parceria com o Circo Voador, leva para os pilotis do MAR a festa Forró de Santa, com o DJ Darvyn Orlan e a Banda Mala e Cuia. Não bastasse o local privilegiado para curtir a música, ainda vão rolar barracas de comidas típicas.

MAR de Música – Edição de São João. Sexta-feira (24.06), das 18h às 22h. Grátis
Museu de Arte do Rio – MAR. Praça Mauá, 5 – Centro – 3031-2741

Arraialzinho do Rivalzinho

A rua mais animada do Centro vai fazer uma edição junina, com som a cargo de DJ Yuri Almeida e trio de forró Calça Arriada. O ator Luis Lobianco puxa a Quadrilha do Desbunde. Para fechar com chave de ouro, Katia e Bianca Barbosa, chefs do Rival, preparam comidinhas juninas. Anarriê!

Arraialzinho do Rivalzinho. Sábado (25.06), das 14h às 20h. Grátis
Rivalzinho. Rua Álvaro Alvim, 37 – Cinelândia

Festinha Junina do Olho da Rua

olho da rua

A casa moderninha vai abrir cedo, com atrações para toda a família. Brincadeiras, quitutes juninos e apresentação de quadrilha. A partir das 22h, o DJ Chacon comanda o som. A produção pede: vá fantasiado!

Festinha Junina do Olho da Rua. Sábado (25.06), das 14h às 2h. Ingressos: grátis para crianças de até 12 anos. Com roupa de festa junina: R$ 5 (das 14h às 17h) e R$ 15 (após 17h). Normal: R$ 10 (das 14h às 17h) e R$ 20 (após 17h)
Olho da Rua. Rua Bambina, 6 – Botafogo – 3178-6601

 Arraiá do Gigantes da Lira

gigantes da lira

O bloco infantil leva ao Circo Voador mais uma edição de sua festa junina. Vai ter quadrilha, comidas típicas, barraquinhas de jogos e casamento na roça encenado por palhaços acrobatas. A música ficará a cargo da Banda Gigante, que adiciona trombone, trompete, saxofone e tuba ao forró, interpretando clássicos do gênero em ritmo de marchinha.

Arraiá do Gigantes da Lira. Domingo (26.06), às 16h. Ingressos: R$ 60
Circo Voador. Rua dos Arcos, s/nº – Centro – 2533-0354

Festa Julina da Lauro Müller 

lauro muller

É uma das mais concorridas da Zona Sul do Rio, e tem tudo a que um arraial de rua tem direito: comidas típicas, brincadeiras, quadrilha… É daquelas onde a gente encontra montes de amigos.

Festa Julina da Lauro Müller.  Sexta-feira (01.07), das 17h às 24h. Sábado (02.07), às 15h às 24h. Domingo (03.07), das 15h às 22h. Grátis
Parque General Leandro. Rua Lauro Müller, Botafogo (atrás do Rio Sul).

Festa Julina da Matriz de Nossa Senhora da Glória

Música ao vivo, quadrilha, quitutes, brincadeiras: tem tudo isso nessa festa, com clima de quermesse do interior. Vale chegar cedo: no ano passado eu vi o último pedaço de bolo de aipim ser comprado na minha frente e fiquei com mágoa eterna.

Festa Julina da Matriz de Nossa Senhora da Glória. Sábado (02.07), a partir das 10h. Grátis
Largo do Machado, Catete – 2225-0735

Arraiá do Prata Preta

A festa do Cordão do Prata Preta foi uma das sensações no ano passado e em 2014, com shows de forró e outros ritmos, brincadeiras, atividades para crianças e comilança junina. Vale acompanhar a página do grupo.

Arraiá do Prata Preta. Data ainda não divulgada.
Praça da Harmonia, Gamboa.

Imagem do destaque: reprodução do www.obaoba.com.br

Quem escreveu

Kamille Viola

Data

10 de June, 2016

Share

Kamille Viola

Kamille Viola é jornalista cultural, apaixonada por música, comida e viagens. Adora mostrar cantos menos conhecidos do Rio para quem vem de fora - e quem é da cidade também. É daquele tipo de gente para quem escrever não é uma escolha: é a única opção.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.