De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Nasce em São Paulo o Memorial da Imigração Judaica

Quem escreveu

Jo Machado

Data

23 de February, 2016

Share

Amanhã, 24 de fevereiro, São Paulo ganha um enorme presente de preservação cultural e recriação da memória dos judeus que aqui viveram desde muito tempo atrás. Abrigado na mais antiga sinagoga do Estado de São Paulo, o Memorial da Imigração Judaica está localizado no bairro do Bom Retiro, tradicional por suas contínuas levas migratórias, e vai reunir em seu precioso acervo inúmeras raridades. São objetos, vestimentas, fotos,  documentos e livros do século XVII, vindos de diversos países do mundo.
Captura de Tela 2016-02-23 às 12.16.42 memorial_imigracao_judaica-90 copy Captura de Tela 2016-02-23 às 12.17.00 Captura de Tela 2016-02-23 às 12.19.07
Captura de Tela 2016-02-23 às 12.17.57 Captura de Tela 2016-02-23 às 12.17.31 Captura de Tela 2016-02-23 às 12.17.24 Captura de Tela 2016-02-23 às 12.17.15
Dentre as várias peças expostas ao público, o Memorial apresenta preciosidades como o diário de viagem de Henrique Sam Mindlin, da famosa família Mindlin, da Metal Leve, escrito em 1919, quando o menino de apenas 11 anos narra sua viagem de navio de Odessa, na Ucrânia até o Rio de Janeiro.
memorial_imigracao_judaica-14
Outra inestimável raridade é o livro Diálogos de Amor, de 1580, escrito por Leon Yuda Abravanel de Veneza, antepassado do apresentador Silvio Santos. Também estará exposto um documento com mais de 250 anos utilizado pelos imigrantes marroquinos como talismã, que contém frases cabalistas de proteção e saúde em hebraico.
tenyad_maio2015-7
O Memorial, que passa a ser uma nova opção a ser incluída no roteiro histórico-cultural da cidade, conta com diversas atracões espalhadas em cinco andares, com espaços repletos de recursos multimídias de alta tecnologia.  Além de sua mostra permanente que contempla diversas obras, pretende receber exposições temporárias e ações educativas, como visitas escolares guiadas e o envolvimento da comunidade.
tenyad_maio2015-137
Reunindo história, arte e cultura em um só lugar, o Memorial da Imigração Judaica será referência para quem procura cultura e conhecimento.
Sinagoga refeita
Memorial da Imigração Judaica
Rua da Graça, 160 – Bom Retiro
De segunda a sexta das 10h às 17h
Entrada gratuita
 
___________________
Fotos: Divulgação

Quem escreveu

Jo Machado

Data

23 de February, 2016

Share

Jo Machado

O Jo é do tipo que separa pelo menos 30% do tempo das viagens para fazer o turista japonês, com câmera no pescoço e monumentos lotados. Fascinado pelas diferenças culturais, fotografa tudo que vê pela frente, e leva quem estiver junto nas suas experiências. Suas maiores memórias dos lugares são através da culinária, em especial a comidinha despretensiosa de rua. Seu lema de viagem? Leve bons sapatos, para agüentar longas caminhadas e faça uma boa mixtape para ouvir enquanto desbrava novos lugares. Nada é melhor do que associar lindas memórias à boas canções.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.