De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

7 lindos parques para relaxar em São Paulo

Data

18 de May, 2016

Share

Em princípio, todos os parques servem para relaxar, mas escolhi estes em especial porque, além dos projetos paisagísticos serem muito bonitos, nestes lugares não tem quadras, não pode praticar esportes ou levar cachorros, ou seja, são cantinhos para contemplação da natureza, admirar a paisagem, ouvir o canto dos pássaros, ler um livro embaixo de uma árvore ou reunir os amigos para um piquenique.  Confira a lista:

Pavilhão Japonês

01 pavilhao japones 01
Fechado em novembro passado para as obras, o Pavilhão Japonês reabriu no dia 6 de janeiro. O lugar fica dentro do Parque do Ibirapuera, um verdadeiro recanto oriental com lago de carpas, os belos jardins ornados com obras de arte, as árvores em miniatura (com alguns exemplares com mais de 80 anos) e arranjos florais. O jardim foi inspirado nos tradicionais conceitos japoneses, e reúne variadas plantas e flores típicas. Tem também um local para a prática da cerimônia do chá, um lugar de que exala simplicidade e atmosfera zen, você até esquece que está no Parque do Ibirapuera.
Aberto às quartas, sábados e domingos (inclusive durante o Carnaval).
Sábado às 15h, e domingo às 11h, tem concerto de música clássica japonesa.
R$ 5 a R$ 10 (grátis para crianças até 4 anos e idosos acima de 65 anos). Confira o site aqui.

Jardim Botânico

botanical-garden_photo_caio-pimenta_baixa
Foto: Caio Pimenta

Um oásis dentro de São Paulo, assim defino o Jardim Botânico. Tenho uma predileção por este parque, acho o mais bonito da cidade. Uma das vantagens é a tranquilidade, bem diferente dos outros parques, já que normalmente não lota. Talvez seja por impor algumas regras como não poder praticar esportes, pedalar e pets. A paisagem é linda: entre as atrações tem a estufa de plantas, o Museu Botânico, as pequenas trilhas. Passear em volta do lago das ninfeias e fazer um piquenique com os amigos por ali é tudo de bom. Além disso, é limpo e possui ótima infraestrutura. Vale a pena conhecer.
Avenida Miguel Stéfano, 3687, Saúde
Tel.: (11) 5067-6000
R$ 5 e R$ 2,50.
Diariamente das 9h às 17h e no horário de verão fecha às 18h. Confira o site aqui.

Parque Burle Marx

Palmeiras-Barle-Burle-Marx
Este parque é um dos mais bonitos de São Paulo. Criado pelo renomado arquiteto-paisagista Roberto Burle Marx, o conjunto artístico e paisagístico é composto por uma escultura painel de alto e baixo relevo, jardins, pergolado e xadrez, espelhos d´água e um jardim de aproximadamente 4 mil m² com 15 palmeiras imperiais. O conjunto todo causa grande admiração por sua harmonia e beleza. É um parque para lazer contemplativo, para deitar na grama, ler, descansar à sombra de uma árvore, apreciar as cerca de 89 espécies de Mata Atlântica, as crianças brincarem e fazer piqueniques. Os caminhos circundam o lago e é uma verdadeira experiência sensorial onde você ouve o canto dos pássaros, o ar é mais puro e a temperatura mais amena.
Av. Dona Helena Pereira de Moraes, 200, Panamby,
Tel.: (11) 3746-7631.
Diariamente das 7h às 19h.  Confira o site aqui.

Praça do Pôr do Sol

Praça-do-por-do-sol-Alberto-Pierri
Foto: Alberto Pierri

Tem programa mais romântico que assistir ao entardecer junto à natureza? Não é preciso ir muito longe para ver o astro-rei se esconder entre os arranha-céus. Famílias, casais e grupos de amigos se reúnem na Praça do Pôr do Sol em Pinheiros, principalmente nos finais de semana. Se ainda não conhece, esta é uma boa ocasião para ir com seu amor ou amigos e esquecer todo o estresse de São Paulo.
Praça Coronel Custódio Fernandes, s/nr, Pinheiros

Fundação Oscar Americano

Fachada-Fundação-Oscar-Americano
Museu, salão de chá, sala de concertos, eventos, cursos e um lindo bosque de 75 mil m2 para apreciar a natureza.  A Fundação Oscar Americano alia tudo isso em um só lugar perto do Palácio dos Bandeirantes. Aqui você encontra um  lugar cercado por Mata Atlântica e plantas de várias espécies como jacarandás, sibipirunas, angicos, paus-ferro, paus-brasil e pés de café. Você passeia por alamedas arborizadas e asfaltadas, um passeio fácil, ideal para ir com crianças ou com pessoas com mobilidade reduzida. No bosque, é possível  ver várias obras de arte enquanto ouve o canto dos pássaros.
Av. Morumbi 4077
Tel.: (11) 3742-0077
De terça a domingo, das 10h às 17h30.
R$ 10.  Confira o site aqui.

Parque da Cantareira – Núcleo Pedra Grande

?
Para quem deseja fugir dos parques lotados e ter a sensação que está fora da cidade, uma  excelente opção de passeio é o Parque Estadual da Cantareira, no Núcleo da Pedra Grande. Já fui lá várias vezes fazer piquenique na Lagoa das Carpas e percorrer os 10 km de trilha. Calma! Este percurso é de ida e volta e o acesso é asfaltado. Para quem não está acostumado, pode ficar um pouco cansado, principalmente na subida, mas se for caminhando devagar e apreciando a natureza, você nem percebe quando chegar ao ponto mais alto: a Pedra Grande. Da entrada ao mirante são 6.780 metros. Prepare sua câmera porque se o dia estiver claro, a vista é maravilhosa. Dá para ver vários bairros da zona norte e até o Pico do Jaraguá.
Rua do Horto, 1.799, Horto Florestal.
Abre aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h.
R$ 12 e R$ 6 (meia entrada).
Tel.: (11) 2203-3266.  Confira o site aqui.

Parque Jardim da Luz

Parque da Luz
O parque é o “quintal” da Pinacoteca do Estado e que quintal! A exposição de arte continua além das paredes do museu, o lago em formato de cruz de malta, rodeado por oito belas esculturas que representam as quatro estações do ano. Você pode visitar a Pinacoteca e tomar um café nas mesas que ficam no jardim. É o parque mais antigo da cidade, criado para ser um Jardim Botânico. Caminhar por suas alamedas tranqüilas e bem cuidadas acalma a mente e a alma. O jardim tem uma bela fonte, espelho dá água, uma gruta com cascata, playground, mirante, coreto, ponto de bonde, bancos espalhados onde famílias, crianças e idosos descansam, bosque de leitura com empréstimo de revistas e livros, um espaço com aparelhos de ginásticas, mas a maior surpresa é o aquário subterrâneo com várias espécies de peixes. É proibida a entrada de ambulantes, o que garante mais tranqüilidade. É um parque para contemplar a arte e a natureza. Quando fui era um domingo ensolarado, tinha algum movimento, mas não estava cheio, e havia vigilantes que garantiam a segurança. Não sei como é a freqüência durante a semana mas, sem dúvida, é um lugar que vale a pena conhecer.
Praça da Luz, s/nº – Bom Retiro.
Tel.: (11) 3227-3545.
Diariamente das 9h às 18h. Confira o site aqui.
banner-pb

Data

18 de May, 2016

Share

Passeios Baratos Em SP

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.