Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Lugares para fugir do calor: Bruxelas

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

28 de January, 2015

Share

“A capital da Europa” – os belgas enchem o peito ao falar de Bruxelas. De fato, não é apenas por ser a sede da união europeia, a cidade tem ares de uma megalópole em miniatura. É moderna, mas conserva a história, construções e raízes. Os museus, os restaurantes, os bares, podem fazer rapidamente você pensar que está nas vizinhas Paris, Londres ou Amsterdam. Mas lá, você faz tudo isso a pé.

Foto por artjazz/shutterstock
Foto por artjazz/shutterstock

Por que ir?

Para comer a melhor batata frita do mundo. Ou o melhor chocolate. Ou o melhor moules frits (mexilhões). Ou, indiscutivelmente, a melhor cerveja desse globo. Em uma cidade incrivelmente linda e elegante. Além do mais, Bruxelas fica a um pulinho de trem de Londres e de Paris pelo trem ultra-rápido da Eurostar. Amsterdam também é vizinha. Que tal uma pequena turnê pelo inverno europeu?

Foto por Neirfy/Shutterstock
Foto por Neirfy/Shutterstock

O que fazer?

Em Bruxelas, seu principal meio de transporte são seus dois sapatos. Começando ali entre o Grand Place e Bourse. O centro é um lindo museu a céu aberto.

Nossos museus favoritos são o Magritte Museum, inteiramente dedicado ao surrealista belga. O Musical Instrument Museum  é também incrível, e ótimo para olhar a paisagem e tirar umas fotos no restaurante do décimo andar. Atenção que os museus estão fechados de segunda!

Créditos: http://www.worldalldetails.com/

Se você é chegado na atmosfera vintage, Bruxelas é seu lugar para compras! O Mercado de pulgas da rua Place du Jue de Balle  dá para gastar uma boa manhã inteira, e está aberto todos os dias da semana cheio de quinquilharias e antiguidades que você só encontra lá.Outras preciosidades podem ser encontradas em um dos inúmeros brechós e lojas vintage da cidade, como o bom Foxholeshop  (Rue de Renards, 6).

http://abjourney.com/

A mais famosa das lojas para compras são Les Galeries Saint Hubert (Galerie du roi 5), que abriga desde os designs mais renomados a outros não tão famosos assim. A cidade é famosa por chocolates, você vai encontrar uma série de chocolates artesanais esplêndidos no centro. Mas se você for aficionado, vá direto La Maison des Maîtres Chocolatiers (Grand Place 4; 32-2-888-66-20),

Archdaily.com
Archdaily.com

Para um ótimo café ou drinks de fim de tarde, o Café Belga é uma instituição em  Bruxelas e está sempre cheio – um excelente lugar para conhecer locais ou expatriados que batem cartão todo dia. Para ver um showzinho, o jazz L’Archiduc (Rue Antoine Dansaert 6) faz também sucesso entre os locais.

www.bestofbrussels.wordpress.com
www.bestofbrussels.wordpress.com

O Mer du Nord é um café-peixaria. Bom, é isso mesmo que você leu. É um pitstop necessário para comer umas tapas, ostras e tomar uma tacinha de champanhe. A praça Chatelain também é cheia de restaurantes, e na quarta um happy hour bacana lotadérrimo.

As cervejarias, no entanto, já mereceram todo um post à parte nesse blog, que vale a leitura. Um dos templos cervejeiros da cidade é o Delirium Café. O Delirium Café, com mais de 2.000 cervejas diferentes,  fica em um beco chamado Impasse de la Fidélite, que ferve à noite.

Créditos: Delirium
Créditos: Delirium

A cervejaria mais linda é A La Mort Subite, com grandes espelhos, pôsteres de publicidade antigos e sempre uma luz amarelada para dar aquele clima bacana.

Créditos: La Morte Subite
Créditos: La Morte Subite

E por último, mas não menos importante: as fritas. Bom, essas, você pode comer na rua mesmo. Em qualquer esquina, ainda assim será a melhor da sua vida. Só não esqueça de colocar maionese: é desfeita brava. E os pobres belgas já perderam a alcunha da sua mais popular invenção para a França, melhor não fazê-los sofrer mais.

 

* Foto de capa:  Botond Horvath / shutterstock.com

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

28 de January, 2015

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.