Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Floga e os aeroportos onde praticar yoga

Data

25 de November, 2015

Share

Que os benefícios da yoga são muitos a gente já sabe, ainda mais para quem vai enfrentar uma longa viagem pela frente. Ficar sentado por muitas horas é péssimo para a circulação do sangue e pode causar inchaço e dores pelo corpo. Continuar em movimento antes, durante e depois do voo é essencial para não acumular tensões e chegar ao destino com a mente sã e o corpo são.

Dentre as trendies mais incríveis, que a gente morre de feliz por existirem, está a Floga ou “pre-flight yoga”, que é o ato de praticar yoga antes, durante ou depois de um voo. Devido à grande demanda e à tendência mundial de levar uma vida mais saudável e menos sedentária, alguns aeroportos já possuem mais de uma sala de yoga, como é o caso do Aeroporto Internacional de São Francisco (EUA), que inaugurou o primeiro espaço, localizado entre o Terminal 1 e 2 em 2012, e devido ao sucesso já disponibiliza um outro, próximo ao portão de embarque 69 no Terminal 3. Hoje ambas as salas funcionam 24 horas, sete dias por semana, gratuitamente para yogis do mundo inteiro que estejam decolando ou pousando em São Francisco.

Créditos: popsugar.com
Créditos: popsugar.com
Créditos: zimbio.com
Créditos: zimbio.com
Créditos:burlingtonfreepress.com
Créditos:burlingtonfreepress.com

Seguindo os mesmos passos, o Aeroporto Internacional de Chicago (O’Hare International Airport) também aderiu e resolveu disponibilizar um lugar tranquilo para a prática da yoga no Mezanino do Terminal 3 (próximo ao Urban Garden). A sala espelhada tem piso de bambu reflorestado e, além de tapetes, está equipada com um monitor de vídeo que apresenta tutorial de exercícios ou sons da natureza e outro monitor do lado de fora da sala com informações sobre as chegadas e partidas. E, no mesmo andar, é possível utilizar o vestiário público para a troca de roupa. Tipo… Uau!

Créditos: travelingmom.com
Yoga studio em O’Hare / Chicago – Créditos: travelingmom.com
Créditos: money.cnn_.com
Yoga studio em O’Hare / Chicago – Créditos: money.cnn_.com

No Aeroporto Internacional Fort Worth  em Dallas (EUA), também não é preciso levar tapetes, pois o DFW airport yoga studio (localizado próximo ao portão de embarque D40, no corredor entre o Terminal B e D) coloca-os à disposição. A sala funciona sete dias por semana, gratuitamente, durante o horário de funcionamento do aeroporto. Desde janeiro de 2013, o Burlington International Airport em Vermont (EUA) também oferece aos passageiros um studio, com piso de madeira e cores calmas, desenvolvido em parceria com a Evolution Physical Therapy and Yoga. O espaço fica aberto todos os dias, durante o horário de funcionamento do aeroporto, também com entrada gratuita. E atravessando o Atlântico, o Aeroporto Gatwick, em Londres, acaba de inaugurar uma sala no South Terminal, com tapetes e um vídeo tutorial de 20 minutos, acessível gratuitamente 24/24h.

D F W Facebook
Aeroporto Internacional Fort Worth de Dallas – Créditos: Facebook
Créditos: blog.sleepinginairports.net
Créditos: blog.sleepinginairports.net

As salas, porém, estabelecem algumas regras básicas para que se mantenham agradáveis e proporcionem relaxamento aos viajantes, como, por exemplo: remover os sapatos, não entrar com comidas ou bebidas, desligar o telefone, não deixar malas impedindo a passagem e desinfetar os tapetes.

Na próxima vez que você passar por alguns desses aeroportos, não deixe de dedicar um tempinho para o corpo e a mente… Mal não faz!

* Imagem destacada – Shutterstock.com / Copyright: fizkes

Data

25 de November, 2015

Share

Priscilla Cavalcante

A Priscilla escolheu como mantra a frase de Amyr Klink: "Pior que não terminar uma viagem é nunca partir". Adora mapas e detesta malas. Não perde uma promoção ou um código de desconto e coleciona cartões de fidelidade. Nas horas vagas é diretora de arte, produtora de festas, dj e coletora de lixo nas ruas de Amsterdã. Escreve aqui e no www.almostlocals.com

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.