De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Festival Música Estranha 2015

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

16 de November, 2015

Share

O Festival Música Estranha chega na sua terceira edição com uma programação bem ampla, que se espalhará pela cidade em lugares tradicionais e outros bem inusitados.
O festival busca sempre por trabalhos de artistas inquietos, que correm riscos, exploram novos caminhos e abordagens musicais, que transitam entre gêneros e linguagens distintas para expandir os limites da criação, interpretação e fruição na música experimental e de concerto. Ou seja, prepare-se para ouvir muita música “estranha”. O festival abraça vários estilos musicais, desde a música de concerto contemporânea, eletrônica, pop experimental, instalações e intervenções sonoras até trabalhos que passeiam entre a performance e poesia.

The Flat Earth Society performing music to the film "The Oyster Princess"
The Flat Earth Society performing music to the film “The Oyster Princess”

Os destaques desta edição são Abraxas, banda do baixista Erza Blumenkranz; a big band belga Flat Earth Society; Os Mulheres Negras, duo formado por André Abujamra e Maurício Pereira; os colombianos Los Pirañas e os DJs holandeses do Classical Music Rave.
Espalhada pela cidade em diferentes espaços que vão desde teatros tradicionais, centros culturais e museus até clubes noturnos, bares, praças ou ciclofaixas, a programação é composta por shows, concertos, intervenções e instalações sonoras, conferências e atividades de formação. Confira a programação completa:
3º Festival Música Estranha
De 25 a 29 de novembro 2015 – São Paulo
25/11, Quarta, 21h
Teatro Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, SP
– FES – Flat Earth Society (Bélgica) – Censura: 12 anos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia) e R$ 6,00 (credencial plena)
26/11, Quinta, 20h
Estúdio Fita Crepe. Rua da Consolação, 2582
– MUSLAB – Muestra Internacional de Música Electroacústica (México)
Ingressos: Entrada gratuita, por ordem de chegada (capacidade 30 lugares)
26/11, Quinta, 21h
Centro Cultural São Paulo– Sala Adoniran Barbosa. Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso
– Daniel Ott e Manos Tsangaris (Alemanha/Suíça) e Ensemble Música Estranha (São Paulo)
INGRESSOS: Grátis – a bilheteria será aberta duas horas antes do início do espetáculo para a retirada de ingressos.
27/11, Sexta, 20h
Praça das Artes, Sala do Conservatório. Av. São Joao, 281, Centro
– FES – Flat Earth Society (Bélgica)– projeção do filme “The OysterPrincess”, 1919, Ernst Lubitsch
– Abstrai Ensemble (Rio de Janeiro)
Ingressos: Gratuito, retirada de senha 1 hora antes do evento
28/11, Sábado, 15h30
Nos Trilhos. Rua Visconde de Parnaíba, 1253
– Oficina para crianças (São Paulo), MUSLAB (México) e Showcases
Ingressos: Gratuito
28/11, Sábado, a partir de 19h30
Nos Trilhos. Rua Visconde de Parnaíba, 1253
– Os Mulheres Negras (São Paulo),  Abraxas (EUA), Los Pirañas (Colômbia) e Classical Music Rave(Holanda)
Ingressos: R$ 20,00
29/11, Domingo, 15h
Ciclofaixa Av. Paulista
– Cyclophonica (Rio de Janeiro) e  TiltedAxes: Música para Guitarras Ambulantes (EUA)
29/11, Domingo, 17h
Mirante Nove de Julho. Rua Carlos Comenale, s/n, atrás do MASP
– Showcases (vencedores do edital, resultado ainda não saiu), DJs Mengel&Berg (Holanda) e Coletivo Capim Novo (São Paulo)
Ingresso: Gratuito
Mais informações e programação: www.musicaestranha.me

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

16 de November, 2015

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.