Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Como escolher seu lugar no vôo

Quem escreveu

Renato Salles

Data

20 de January, 2014

Share

Se tem uma coisa que é unânime entre todos os viajantes é que viagens longas de avião são uma tortura. Pelo menos para quem está espremido entre os mortais lá na turma do fundão da classe econômica. Para tentar aliviar um pouco a sensação de lata de sardinha, cada um tem uma técnica, mas acho que elas são meio como receita de chá de avó para curar gripe. Acredita quem quer, usa quem acredita.

Eu, por exemplo, gosto sempre de reservar meu lugar assim que compro a passagem. Como sempre estou acompanhado, tento pegar aqueles lugares no fundo do avião, onda as fileiras das pontas afunilam e são apenas duplas. Pena que algumas companhias agora começaram a cobrar para reservá-los. E tem gente que acha que o fundo do avião chacoalha mais, então prefere evitar. Eu não gosto de ir perto da asa, porque acho o barulho da turbina alto demais.

Quem não gosta de janela (sim, eles existem) geralmente prefere os corredores das fileiras do meio. Parece uma loucura, mas pense que, uma vez que você vai ter que levantar para os outros irem ao banheiro, melhor que seja uma pessoa só, do que duas. É uma boa lógica.

Nossa aventureira Vanessa, que geralmente viaja sozinha, tem uma técnica bem interessante, mas cheia de risco – como ela tanto gosta. A Van faz questão de ser a última pessoa a embarcar. Mas a última mesmo, tipo last call. Assim, enquanto as pessoas estão tentando encontrar a posição que vão encarar pelas próximas horas, ela desfila entre as fileiras para escolher aquela que mais lhe apetece. Se fosse comigo, azarado que só, com certeza eu pegaria o vôo lotado e aquele lugar no meio entre adolescentes e crianças de colo. Mas ela tem dado bastante sorte e geralmente acha aquele assento com um ou dois lugares vagos ao lado.

Se você é que nem eu, mas ainda não tem muita idéia do que fazer para reservar um lugar, dois sites podem dar uma mão. O Seat Expert e o SeatGuru (do TripAdvisor) são grandes catálogos de vôos e aviões. Se você colocar lá o número do teu vôo e a data, ele te diz qual é o avião que você vai voar, mostra o mapa de assentos dele, e ainda indica os melhores – e principalmente os piores – lugares. Ainda dizem quais são os assentos que não reclinam, a posição dos banheiros, saídas de emergência, etc.

*Foto de destaque: Shutterstock – Zastolskiy Victor

Quem escreveu

Renato Salles

Data

20 de January, 2014

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

Comentários

  • Que técnica ninja! Sou azarada também, certeza que não ia funcionar comigo - mas vou ficar de olho na próxima vez que entrar num avião.
    - Paula A.
  • Eu gosto da janela por três motivos: - Eu acho mais confortável para encostar o travesseirinho e dormir - Eu não levanto tanto assim - Na hora da saída, eu saio no meu tempo, espero o avião esvaziar para começar a pegar minhas coisas. Porém como meu joelho está fodido, estou pensando em tentar o corredor da próxima vez. Quem sabe?
    - Daniella Valentin
    • Concordando totalmente com os 3 motivos da janelinha ♡
      - Paula A.
  • Amo janela pq encosto o travesseiro e durmo! Mas nunca, NUNCA, viaje nas poltronas da saída de emergência. A primeira vista parece atraente pq vc estica a perna e tem um espação na sua frente... Mas eh péssimo, principalmente nos voos de longuíssimas distâncias como da Austrália pro Brasil ou Austrália - Europa (em torno de 24 horas de voo): as pessoas resolvem fazer exercícios na sua frente, resolvem ir pra la pra conversar, rir, sacudir bebe chorando e ainda esbarram em vc toda hora! Nunca mais!
    - Michel Auki
  • outra dica é o bom jeitinho brasileiro, pagar uma "conforto" na econômica, logo na divisão de classes e no apagar das luzes aparecer na business. já fiz e deu certo, e já fiz e depois de 6 horas fui 'rebaixado' novamente, mas depois de mais da metade do voo, já ta valendo. kkkk
    - Luiz Felipe
  • bom mesmo é upgrade da klm pra business por 250 eres
    - Luiz Felipe
    • isso ta rolando facil?
      - Lalai Persson
  • Pra mim que sou alto (1.84) as cadeiras do corredor são as melhores. Dá para "roubar"um pouco do espaço do corredor para esticar as pernas. O perigo são as aeromoças desatentas e seus carrinhos de bebida descontrolados :/
    - João Cabral

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.