Berlim 24 horas

O dia-a-dia de quem mora em Berlim com dicas culturais, gastronômicas e de passeios para todos os gostos e bolsos.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Singapura com Crianças

Data

12 de May, 2014

Share

Singapura normalmente não é o destino para férias, mas funciona como “hub” na Ásia para vários destinos no sudeste asiático. Ou ainda, é ponte para quem sai da Austrália ou Nova Zelândia em direção à Europa. Há muitos vôos que fazem conexão em Singapura. Portanto, quem viaja com criança tende a parar uns dias por ali para descansar antes de seguir viagem.

Reuni algumas dicas específicas para famílias que forem visitar Singapura e querem atividades e locais legais para conhecer com crianças.

Transporte

Para turismo com criança, Singapura pode ser muitíssimo divertida e de quebra os pais podem desfrutar de bons restaurantes e boas compras. A cidade é extremamente segura, e com crianças metrô e táxis são as melhores opções de se locomover.

O preço do táxi em Singapura é bem acessível e o sistema é organizado. Se você está em local turístico, ou shoppings e prédios tanto comerciais como residenciais, é preciso se dirigir para algum ponto de táxi próximo ou chamar um pelo seu celular (aplicativo local ou sms). Não tem essa de sair no meio da rua fazendo sinal para qualquer um. Nas ruas com muito movimento os táxis não podem parar e serão penalizados se o fizerem. Em ruas com pouco trânsito você pode dar sorte de passar algum táxi e então conseguir abordá-lo.

Esqueça aquela ideia de metrô feio, sujo ou desorganizado. Em Singapura o metrô é limpo, tem ar condicionado, é pontual e rápido. Se você perdeu o trem, não se preocupe, em um dos telões mais próximos irá indicar dali quantos minutos o próximo vem. O metrô não cobre toda a cidade, mas está presente em boa parte dela. Então, pode ser uma boa opção. Mas EVITE horários de pico (cedo pela manhã e entre 17h – 19h), pois as principais estações ficam bem cheias e muitas vezes você precisará esperar o próximo trem para conseguir embarcar.

Restaurantes (para ir com as crianças também)

Há muitos restaurantes bons para ir com criança (“Kids Friendly) na cidade, os que selecionei são ótimas opções que juntam comida gostosa, ambiente legal e funciona ir com filhos. Fiz questão de adicionar alguns  que entram na lista “tem que ir” quando você visita a cidade por poucos dias.

Imperdíveis:

Jumbo at Riverside Point: restaurante de comida cingapuriana, mais especificamente frutos do mar. Minha dica para jantar lá é reservar uma mesa na rua com antecedência. O restaurante fica na beira do rio então uma mesa na rua é muito mais convidativo quando vai com crianças.

Não deixe de experimentar o tradicional Chilli Crab, prato típico de Cingapura. Mais infos de comidas locais neste post.

Din Tai Fung Singapore. Foto: divulgação

Din Tai Fung: É uma rede de restaurantes de Taiwan que se estabeleceu em Singapura e seu carro chefe são “Dumplings”. Pra mim, os melhores da cidade. O primeiro estabelecimento foi aberto no shopping Paragon, mas você encontra várias unidades pela cidade. O mais curioso é que a decoração e o conceito é sempre o mesmo. A filosofia deles é que você vai encontrar o mesmo tipo de comida em qualquer restaurante que você for.

Outras sugestões:

Casa Verde: dentro do Jardim Botânico é uma ótima opção para fazer a dobradinha passeio + brunch. Tem café, sucos naturais, comidas rápidas que são ideais para um almoço ou lanche durante o dia.

Boomarang:  Restaurante e café de cozinha australiana na beira do rio, localizado em Robertson Quay. Ótimo para ir com crianças pois tem mesas na rua e cardápio bem variado.

Jamie Oliver Restaurant: localizado no Vivo City Shopping Mall: Não cheguei a conhecer, abriu logo depois que me mudei. Mas tive boas recomendações de amigos, o único porém é que acharam um pouco caro pelo tipo de comida. Vale conferir.

Dempsey Hill é uma antiga vila militar que foi transformada em uma vila de bons restaurantes. Hoje conta também com algumas lojas e outros estabelecimentos. Para um almoço ou brunch em família recomendo três lugares lá:

PS Café: Não deixe de pedir as fritas trufadas (Truffle fries), são as melhores fritas que já comi na vida! Os pratos do dia normalmente são os melhores também.

House: Serve almoço e brunch. Tem grande variedade de opções e também tem um cardápio especial para as crianças. Todas as quintas e sextas-feiras o lugar oferece um chá da tarde que mais parece uma casinha de bonecas retrô. Com comidinhas deliciosas, sanduíches e muitas variedades de bolos e doces.

Jones the Grocer: Ótima comida e o menu é ainda melhor no brunch dos finais de semana. Para quem adora um docinho, não deixe de provar os “slices”, o de gengibre é o meu favorito.

Eat Play Love Cafe: Esse não cheguei a conhecer, mas as amigas mamães que ainda moram em Singapura já recomendaram. Lugar fofo e ótima opção para levar as crianças para brincarem um pouco enquanto você relaxa um pouquinho. Endereço: 28 Aliwal Street, Aliwal Arts Centre, #01-07

Atividades e turismo com crianças

Lugares para visitar e atividades para cansar e divertir a criançada não faltam.
Organizei uma lista com informações e dicas de lugares e atividades para ninguém ficar parado:

Ilha de Sentosa: A apenas 25 minutos do centro, Sentosa é “a ilha da diversão e entretenimento” de Singapura. Tem muitas atrações por lá e muitos hotéis-resorts para quem prefere não ficar no centro.

As praias são todas artificiais, mas nem por isso deixam a desejar. Tem atrações para a família toda como o parque temático Universal Studios, o SEA Aquário Marítimo, parque aquático Wild Wild Wet entre outros. Mais informações sobre a ilha de Sentosa e suas atividades acesse: www.sentosa.com.sg

Nadezhda1906 / Shutterstock.com
Nadezhda1906 / Shutterstock.com

Um dos programas que com certeza vale a vista é o Singapore Cable Car que sai do Mount Faber Park, localizado no Harbour Front próximo do Vivo City Shopping. E atravessa para a ilha de Sentosa.

Singapore Flyer: Se você não tem medo de altura e seu filho não se incomoda em ficar 30 minutos enclausurado olhando a vista, vale o passeio! Crianças até 3 anos de idade não pagam.

Botanical Gardens: O Jardim Botânico de Singapura é como um parque, mas cercado e aberto ao público todos os dias a partir das 5 horas da manhã. Fica na região central da cidade, tem dois restaurantes, conta com um palco que seguido tem atrações e festivais de música e teatro. Há também o Jardim das Orquídeas, mas este é pago. De qualquer maneira, vale a pena a visita, é muito bonito e ideal para muitas fotos.

Gardens by the Bay: Este é um outro Jardim Botânico que abriu a menos de 3 anos em Singapura. É lindíssimo, organizado, e tem muito o que se ver.  Recentemente foi inaugurado o Jardim das Crianças que é diversão garantida. Mas vá preparado: tem parque das águas que é o preferido das criançada.

Shutterstock: Nadezhda1906

Jurong Bird Park: Esse passeio é para aqueles que adoram pássaros, de todos os tipos, cores e tamanhos. Pois é tudo o que você irá ver no Jurong Park. Flamingos e Pinguins também estão lá. O melhor é ficar atento aos horários de alimentação dos animais para conseguir vê-los melhor.

Singapore Zoo: o Zoológico de Cingapura reflete a organização e limpeza da cidade. É grande, espaçoso e muito bonito. Um programa que sempre vai bem, com ou sem crianças a tiracolo.

Stanislav Komogorov / Shutterstock.com
Stanislav Komogorov / Shutterstock.com

Night Safari: é uma das atrações mais legais que Singapura oferece, pois é um passeio no zoológico a noite. Afinal, alguns animais são mais noturnos do que diurnos, certo? Uma dica para este passeio é levar repelente.

Compras para os pequenos

Como o foco deste post são dicas ao visitar Singapura com crianças, vou me deter em dicas de compras para os pequenos também. Segue a lista de onde encontrar o quê:

Paragon Shopping (Orchard Road): No 5o andar só tem lojas de bebês e crianças, café e restaurantes. Você encontra: Armani Junior, Burberry Children, Chateau De Sabre, Fox Kids, Guess Kids, Early Learning Centre, Mothercare entre outros. No 6o andar tem uma Toys ‘R’ Us também.

tristan tan / Shutterstock.com
tristan tan / Shutterstock.com

Ngee Ann City / Takashimaya Shopping (Orchard Road) : no 4o  andar do Takashimaya tem o departamento infantil com roupas e acessórios para bebês e crianças, e também brinquedos. No 4o andar do shopping você encontra a loja The Better Toy Story, que tem brinquedos de madeira e educativos. A loja é linda e encanta até mesmo quem não filhos. Vale a pena conhecer. No 5o andar do shopping tem a Bricks, exclusivamente de Lego. –

Forum Shopping Mall (Orchard Road) Tem lojas infantis e de brinquedos como a Toys ’R’ Us, e também tem alguns locais com atividades para crianças.

Funan Digital Life: é o shopping dos eletrônicos em Singapura. É o melhor lugar para comprar vídeo game, jogos, tablets, computadores e todo tipo de acessórios.
Endereço: 109, North Bridge Road

Zara Kids: Você encontra Zara Kids apenas nestes endereços abaixo:
541 Orchard Road
Marina Bay Sands Shopping
Vivo City Shopping Mall

Para quem está planejando alguma viagem para a Ásia e ainda está em dúvida se inclui Singapura no roteiro, minha recomendação são 2 dias na cidade. Singapura é pequena e dá para aproveitar bastante em um final de semana.

 *Foto destaque:  i359702 – shutterstock.com

Data

12 de May, 2014

Share

Catherine de Souza Nogueira

Catherine saiu de férias para a Europa em 2010 e nunca mais voltou. De lá foi para Cingapura, reencontrou o (atual) marido e ficou por lá. Para ela, uma das maneiras de conhecer a cultura local é através da culinária. Adora conhecer novos restaurantes e feiras gastronômicas. Boa companhia é fundamental para dividir essas experiências. Acredita que a melhor maneira de conhecer bem uma pessoa é viajando com ela. Atualmente mora em Auckland, na Nova Zelândia, e é editora do blog <a href="http://www.aromaspicantes.com.br">Aromas Picantes.</a>

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.