Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Uma noite como um estudante da Bauhaus

Quem escreveu

Renato Salles

Data

21 de October, 2013

Share

Nenhum movimento artístico foi tão influente em todos os meios das artes como a Bauhaus. Originado, e nomeado, a partir da universidade alemã da década de 20, ele trouxe seu ‘estilo internacional’ para as artes plásticas, o design gráfico, de móveis e objetos, a arquitetura e o cinema. Nas suas salas de aula estudavam gente como Josef Albers e Marcel Breuer, e entre os professores estavam Wassily Kandinsky e Mies van der Rohe. Em 1926, motivada mudanças políticas no país, a escola transferiu suas instalações para a cidade de Dessau, para um campus projetado pelo grande cabeça da universidade Walter Gropius.

Foto de Ulrich Knebler: http://www.fotocommunity.de/fotograf/ulrich-knebler/5305
Foto de Ulrich Knebler: http://www.fotocommunity.de/fotograf/ulrich-knebler/5305

bauhaus 4

Agora em outubro, foi aberto ao público o prédio chamado de Prellerhaus, que abrigava os dormitórios dos estudantes. Mas aberto no sentido de que você pode alugar e passar a noite lá. E os preços são bem acessíveis. Dependendo da unidade e da época, a noite pode custar módicos 35 euros. Todas foram restauradas, mas aos poucos elas estão recebendo uma decoração inspirada nos trabalhos de seus famosos habitantes. Por enquanto, 3 quartos já estão prontos, mobiliados com as peças de Alfred Arndt, Josef e Anni Albers e Franz Ehrlich. Outros ainda estão por vir. Como numa universidade comum, os banheiros são comunitários, então prepare-se para voltar à vida de estudante.

bauhaus 3

Para entusiastas da arquitetura como eu, esse movimento de resgate e acesso às construções que tanto estudamos e vemos em livros é muito inspirador. Você visitar um prédio e vê-lo em uma visita de algumas horas é incrível. Mas nada supera a possibilidade de você realmente viver o espaço, e por alguns dias se sentir fazendo parte daquela história. E o acesso está cada vez mais fácil. No próprio AirBNB, é possível alugar algumas das grandes mansões do mestre americano Frank Lloyd Wright, e até o apartamento do Frank Gehry em Berlin! Confesso que eu já tenho alguns to-do’s adicionados na minha lista.

Captura de Tela 2013-10-21 às 10.06.15

*Foto destaque: Frans Drewniak

Quem escreveu

Renato Salles

Data

21 de October, 2013

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.