Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Tour de artes pelo Brooklyn

Quem escreveu

Renato Salles

Data

09 de October, 2013

Share

Eu falei na minha bio e é a absoluta verdade, eu adoro trazer de lembrança das minhas viagens alguma coisa que possa ser pendurada na parede. Tanto que já estou ficando sem espaço. Eu adoro visitar grandes galerias e museus, ver exposições de artistas renomados e tal. Mas em qualquer cidade que visito eu fico de olho mesmo é naquelas pequenas galerias, lojinhas com trabalhos de artistas locais e feiras de rua, onde eu me jogo. Acabo sempre saindo com uma sacolinha, ou às vezes até umas sacolonas, e deixo para pensar em como trazer na hora de embarcar. Sempre trago coisas que, além de caber no bolso, contem uma boa história para mim. Mas no fundo eu sempre tenho aquele fio de esperança de ter descoberto um novo Picasso. Sonhar não custa nada, né?

Uma vez em Nova York, eu já estava cansado de tanto bater perna em Manhattan, e uns amigos mais ambientados aproveitaram o domingo gelado e cinza e me convidaram para um passeio de artes no Brooklyn, que estava acontecendo naquele final de semana. Era o A.G.A.S.T (Annual Gowanus Artists Studio Tour), um evento anual que reúne toda a comunidade de artistas e organizações ligadas a arte nos arredores do Gowanus Canal, e se estendendo até Cobble Hill, Carrol Gardens e Park Slope. Os artistas abrem seus estúdios, e os visitantes, entram, conhecem seus trabalhos, conversam, trocam experiências e, porque não, compram peças únicas a preços bem interessantes. Este ano, o A.G.A.S.T acontece em 19 e 20 de outubro, e vai contar com mais de 200 ateliês abertos à visitação.

NY02

Claro que não dá tempo de ver nem metade das coisas, mas não importa. Nós conseguimos visitar só cerca de 10 espaços, mas todos valeram à pena. O passeio pela região também é uma delícia. Cheia de townhouses de tijolo vermelho enfileiradas em ruas muito arborizadas, a área é linda. E como o evento acontece sempre nessa época, você acaba se deparando com as mais diferentes e divertidas decorações de Halloween, que os americanos não vivem sem. Nós ainda experimentamos algumas coisas inusitadas, como uma banquinha de limonada de dois meninos asiáticos, do lado de fora do estúdio da mãe. Claro que no frio que fazia, eles vendiam chá quente, mas eu me senti em um desenho do Charlie Brown por uns minutos. E ali perto ainda comemos um maravilhoso brunch com uovo affogato no Bocca Lupo.

NY01

No fim eu acabei com uma pasta de papelão gigante para carregar de volta para o Brasil. Arrematei um pequeno grande guache da artista Elyse Taylor. Quando entrei no seu estúdio, fiquei tonto com as paredes enormes forradas de trabalhos, um do lado do outro, como se fossem um enorme mosaico coloridíssimo. Além disso, ela é simpaticíssima. Ela nos contou toda sua trajetória, que começou em San Francisco nos anos 60, e continua evoluindo até hoje. Acabei pirando numa série antiga dela, dos anos 80, que estava empilhada e esquecida em um canto, e  de lá escolhi a que seria minha e que agora decora a entrada da minha casa.

ny8

Se você estiver pelas bandas nessa época, não deixe de circular por lá. E se encontrar a Elyse, mande lembranças minhas.

quadro

 

Quem escreveu

Renato Salles

Data

09 de October, 2013

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.