Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

10 dicas para sobreviver à BlackFriday (S01E03)

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

12 de December, 2013

Share

Bancando a sacoleira ‘de leve’, assumi a cafonice, pus a camisa florida, o chapéu de Mickey e fui para Orlando no Black Friday. Para quem acompanhou o episódio S01E01 e S01E02 da saga, sabe que planejei pouco. Na verdade, fiz tudo errado. Mas rendeu para você, caro leitor, um manual de sobrevivência para se dar bem nesse ‘feriado nacional’.

1-    Se está em busca de mega promoções, leve o gel no bolso e esteja pronta para luta no ringue.

As mega promoções estão nos ‘doorbusters’, alguns chamarizes de lojas para atrair freguês. Tipo . Colocam uma quantidade de produtos a preços bem abaixo do mercado e publicam. Como exemplo, nessa última o Walmart tinha iPad mini por $199 na primeira hora; no BrandsMart USA, uma TV  Sanyo 32-inch LCD HDTV por $99.99. Então nessas lojas, tem fila. Provavelmente um ringue.  Leve o maiô metálico vermelho e o gel para lutar pelo seu novo iPod.

foto (3)

2-    Mas, é  perfeitamente possível ser civilizado

A maior parte das lojas não tinham filas ou acampamentos, como eu aguardava. Então, é perfeitamente possível ir às compras na Black Friday de forma civilizada, sem filas e sendo bem tratado. Principalmente durante a madrugada. Algumas concorridas, como a Coach e a Tommy Hilfiger tinham fila. Mas tenho impressão que eram daquelas pessoas que fazem fila no portão de embarque quarenta minutos antes do vôo, cujo barato mesmo é ficar na fila, não entrar na loja.  (Filomania ainda será reconhecido como transtorno pela OMS).

3-    Esteja disposto a pular o peru

Uma coisa que não sabia é que Black Friday não é mais no dia seguinte, ela começa no próprio Thanksgiving. Começam a abrir as lojas às 6, 7, 8, ou seja, quando muita gente ainda está comendo peru. E vira a noite inteira, até em geral 11h da noite no Black Friday.

E com exceção dos doorbusters, as coisas durante o Thanksgiving são mais tranquilas que no BlackFriday.

foto (1)

4-    Tenha uma lista e um budget previsto

O lençol de  1000 fios está por 49 dólares. Coloca dois no carrinho. É só passar pelo caixa que lembra que já tinha 3 jogos novo e só uma cama. Compra o segundo par de tênis por 50% off e lembra que só tem um par de pés. Você foi acometido pela Síndrome de Orlando (atenção, OMS!). Em uma ilha onde todos os preços estão com 70% de desconto, você enche a mala, casa e a consciência, da mais pura tralha.

Faça a lista e foque, que a tentação é grande. Se tiver já instinto consumista, melhor levar só o cartão de crédito travel card com limite pré-estabelecido.

 5-    Cuidado com os descontos

O desconto mais comum na Black Friday é 60 a 70% do preço original. Mas o pulo do gato das lojas é  terem colocado o preço original dois dias na gôndola apenas para dizer que reduziram moooóoointo.

Faça a conta direitinho, leve um ábaco se precisar de ajuda, mas antes de por no carrinho veja se realmente pagaria esse valor, e que está barato o suficiente levar.

 6-    Evite os truques de quanto mais compra, mais desconto

Outro desconto super comum é: leve o segundo por 50% off. Ou se comprar 50 dólares, pode comprar um kit super ultra ubber premium por um preço menor. Nessa brincadeira, US 150 dólares na LOccitane.(Dica: se você for meu amigo secreto, já sabe o que vai ganhar).

 7-    Saiba seus números e medidas de cor

Nada mais chato que, em uma loja lotada, passar quatro vezes na fila do provador. Se estiver nos EUA, experimente antes uma ou duas lojas e anote seus números antes de sair no dia D.

 8-    Use e abuse da internet, preferencialmente no Cyber Monday.

Na segunda-feira seguinte ao Black Friday existe o Cyber Monday: ofertas para comprar de pijama e no conforto do lar. E pode confiar que a data de entrega é a que chega mesmo, ou seu dinheiro de volta.

 9-    Veja a política de trocas

Nos EUA, é muito fácil trocar ou mesmo pedir uma devolução do valor (refund). Mas preste atenção na política: algumas lojas no Black Friday, apesar de poucas, dizem que todas as ofertas ‘are final’. Isso significa: não dá pra trocar.

Não é porque está 70% off que está mais barato

 10- Nunca, nunca se esqueça da amiga alfândega

Se você comprou um tablet que no Brasil é R$ 1900 por U$ 200 dólares na Black Friday, COMO EU FIZ, guarde o recibo para alfândega acreditar. COMO EU NÃO FIZ.

Foto do destaque: Shutterstock – PEPPERSMINT

Quem escreveu

Vanessa Mathias

Data

12 de December, 2013

Share

Vanessa Mathias

Seu exacerbado entusiasmo pela cultura, fauna e flora dos mais diversos locais, renderam no currículo, além de experiências incríveis, MUITAS dicas úteis adquiridas arduamente em visitas a embaixadas, hospitais, delegacias e atendimento em companhias aéreas. Nas horas vagas, estuda e atua com pesquisa de tendências e inovação para instituições e marcas.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.